Do Prouni ao Ministério da Justiça: Quem é Sheila de Carvalho

A advogada e ativista do movimento negro será figura central na pasta comandada por Flávio Dino

Por Igor Carvalho, no Brasil de Fato

No dia 16 de dezembro, quando foi anunciada presidenta do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare) e assessora especial do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, Sheila de Carvalho confirmou a ascensão projetada com políticas públicas implementadas há mais de uma década no país. (mais…)

Ler Mais

Assembleia do MST traz estudo e debate sobre a luta antirracista e a Reforma Agrária Popular

Encontro aconteceu neste domingo (27) e contou com participação de militantes de todas as regiões do país

Da Página do MST

Um domingo de luta, alegria e reflexão sobre a questão racial no Brasil em diferentes níveis. Este foi o tom da Assembleia Pretxs: Plenária das pretas e pretos do MST, realizada no último domingo (27). Apresentada por Rosa Negra e Gerson e organizada pelo Coletivo Terra, Raça e Classe, a assembleia foi importante espaço de diálogo sobre luta, resistência e as demandas do povo preto para o próximo período. (mais…)

Ler Mais

No Brasil, bandido bom é bandido preto. Por Ynaê Lopes dos Santos*

Usar foto de mãos negras segurando arma para ilustrar crime cometido por um homem branco não foi um simples lapso de um jornal. Foi o racismo a todo vapor, naturalizando a ideia de que a criminalidade é coisa de preto

em DW

Na última sexta-feira (25/11), uma tragédia se abateu sob o Brasil. Na cidade de Aracruz, no estado do Espirito Santo, um jovem invadiu duas escolas (uma pública e outra particular) e, armado, atirou em professores e estudantes. Até o momento, quatro pessoas morreram, e cinco permanecem internadas. O assassino em questão é um jovem de 16 anos, filho de um policial militar, que utilizou armas e o carro de seu pai para cometer o crime. (mais…)

Ler Mais

Cimi Regional Sul repudia agressões racistas feitas contra a liderança indígena Joziléia Kaingang

Alvo de ataques racistas, Joziléia Kaingang tem sido questionada sobre sua identidade étnica e sobre o lugar de protagonismo que povos indígenas ocupam em espaços de liderança

O Conselho Indigenista Missionário – Cimi, Regional Sul solidariza-se com a companheira Joziléia Daniza Jagso Inácio Jacodsen Schild, mulher indígena da etnia Kaingang, antropóloga, integrante da Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (ANMIGA) e da Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul (ARPINSUL). (mais…)

Ler Mais

Precisamos aquilombar o Brasil. Por Ynaê Lopes dos Santos*

Não basta ter consciência racial no mês de novembro, é preciso transbordá-la para todos os dias do ano. Zumbi morreu, mas seu quilombo continuou existindo. O Brasil também é um Palmares que resiste

em DW

Nós, criados no universo do “era uma vez”, temos o infeliz costume de imaginar que as histórias acabam com “e foram felizes para sempre”, mesmo quando essa felicidade está longe de corresponder à realidade. De certa forma, isso também se aplica a quando estudamos importantes episódios ou personagens de nossa história. (mais…)

Ler Mais

Mês da Consciência Negra: INCQS/Fiocruz promove evento ‘Racismo, trabalho e saúde mental’ (23/11)

Penélope Toledo (INCQS/Fiocruz)

Com o objetivo de discutir como o racismo e o racismo estrutural impactam a saúde da população negra no seu ambiente de trabalho o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz) promoverá a mesa-redonda Racismo, trabalho e saúde mental nesta quarta-feira (23/11), às 10h, de forma exclusivamente online. O evento será transmitido pelo canal do INCQS/Fiocruz no YouTube, contará com tradução em libras, é gratuito, aberto ao público geral e não querer inscrição prévia. (mais…)

Ler Mais

Perspectivas democráticas e os desafios da questão racial na luta pela Reforma Agrária Popular

Por Rosa Negra, Mara Santos e Gladys Oliveira*, na Página do MST

“Viemos cobrar a miscigenação forçada”

“Cobrança” – Aracy Cachoeira.

Esses dias pós celebração da vitória do último pleito eleitoral temos vivido uma sensação de alívio, análises projetivas, sorrisos firmes e a convicção que se fortalece sobre estar do lado certo da história, agora do lado de quem venceu respeitando as regras do jogo. E isso é próprio de quem defende “a alegria como uma trincheira”, como aprendemos nos versos de Benedetti e de tantos outros e outros poetas que nos ensinaram a querer a vida pela vida e nada mais. Não há dúvidas de que é preciso comemorar, extravasar, enaltecer essa vitória, mas, precisamos nos atentar que esse não deve ser o ponto final e sim o ponto de partida. Sem reforma agrária e com racismo não tem democracia. Não basta uma vitória nas eleições, ela precisa se efetivar em um projeto popular. (mais…)

Ler Mais