Homenagem revisita obra militante do ‘operário da fotografia’ João Zinclar

O fotógrafo João Zinclar (1956–2013), o “operário da fotografia”, como gostava de se apresentar, terá sua obra revista em homenagem que ocorrerá nesta sexta-feira, dia 19 de janeiro, às 19h30, no Sindimetal Campinas, em São Paulo. Hoje, completam-se cinco anos da morte de Zinclar

Carta Campinas com informações da organização do evento / CPT

Durante o evento, o público poderá conhecer parte do seu rico acervo, que hoje se encontra no Museu da Imagem e do Som (MIS) de Campinas. Haverá, ainda, projeção do filme depoimento por ele prestado ao setor de História Oral do MIS, editado por Carlos Tavares e Sônia Oliveira, e uma rodada de depoimentos de pessoas que trabalharam e conviveram com o fotógrafo, e analisaram sua obra. (mais…)

Ler Mais

Especial FAMA 2018 Impactos da Mineração: Qual o papel dos minérios em nossas vidas?

Na Pulsar Brasil

Tente pensar quais objetos no seu campo de visão podem ter origem na mineração. Celular, computadores, carros e construção civil, a mineração está presente em nossas vidas das mais diversas formas. Ao longo do tempo, o conhecimento sobre os bens minerais e o que poderia ser realizado a partir deles foi de grande importância para o mundo. Mas e hoje? Qual o papel da mineração em nossas vidas? Confira a reportagem e conheça mais sobre o impacto da mineração em nossas vidas. (mais…)

Ler Mais

Lago de água podre e peixes doentes: conheça os impactos de megaprojetos no rio Xingu

Em seminário sobre impactos de Belo Monte e Belo Sun, ribeirinhos expõem resultados das alterações ambientais na região

Lilian Campelo, Brasil de Fato

Quais os efeitos sociais, ambientais e políticos que o projeto Volta Grande, da mineradora canadense Belo Sun, somados aos impactos da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, poderão trazer para a população que vive na região do rio Xingu, no Pará? Esse foi o debate do seminário “As Veias Abertas do Xingu”, realizado em Belém na última semana.  (mais…)

Ler Mais

Conflitos agrários no Pará: organizações sociais e religiosas se reúnem com Incra, Ministério da Justiça e PF em Brasília

Representações de organizações sociais e religiosas, que estiveram em Marabá (PA), em novembro de 2017, estarão em Brasília nesta sexta-feira (19) para reuniões sobre as investigações do Massacre de Pau D´Arco e a iminência de novos conflitos no Pará.

Por CBDDH/CPT

Representações do Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos (CBDDH), organizações da sociedade civil e religiosas participam de três reuniões, em Brasília, nesta sexta-feira (19), para tratar de questões referentes à violência no campo no sul, sudeste e sudoeste do Pará e à iminência de novos conflitos no estado. Essas representações integraram uma Missão Ecumênica no Pará, em novembro de 2017, quando visitaram diversas áreas em conflitos, incluindo o Acampamento Jane Júlia – onde, em maio de 2017, dez trabalhadores rurais foram executados por policiais civis e militares. As audiências são desdobramentos das visitas realizadas à região. Leia aqui o documento final da Missão. (mais…)

Ler Mais

Especial FAMA 2018 Impactos da Mineração: Novas regras da mineração

Em Pulsar Brasil

Como o novo código de mineração altera a regulação do setor e contribui ainda mais para manter os lucros e vantagens do setor? Onde minérios e Congresso encontram-se? O militante do Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM), Jarbas Vieira, explica a estreita relação da política com os empresários da mineração e o impacto que as novas regras de regulamentação do setor podem gerar. (mais…)

Ler Mais

Fórum de Comunidades Tradicionais lança Rede Nhandereko de turismo de base comunitária

Por Vanessa Cancian, da Comunicação Popular FCT*

A construção de uma nova lógica do turismo pautado pelo protagonismo de caiçaras, indígenas e quilombolas, em um território disputado pela especulação imobiliária em que convivem diferentes propostas de desenvolvimento é o principal desafio da Rede Nhandereko de turismo de base comunitária – TBC. O movimento do TBC se fortalece no território, sobretudo, pela valorização da identidade cultural das comunidades envolvidas na Rede. (mais…)

Ler Mais

Comunidades tradicionais do Tapajós lançam Protocolo de Consulta contra as violações de direitos

Pela CPT Itaituba

O lançamento aconteceu no dia 13 de janeiro na Comunidade de Pimental, em Trairão, no Pará, e contou com cerca de 200 participantes, entre eles, povos indígenas da etnia Apiaka, ribeirinhos e agricultores e agricultoras de assentamentos próximo da Comunidade. Também estiveram presentes representantes do Ministério Público Federal-MPF e Ministério Público Estadual-MPE. (mais…)

Ler Mais

Especial FAMA 2018 Impactos da Mineração: Os riscos das barragens

Pulsar Brasil

O Brasil possui atualmente 839 barragens, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA). Os estados de Minas Gerais e São Paulo lideram a lista com mais barragens de contenção rejeitos no país. Elas são mais econômicas e rentáveis para as mineradoras, porém podem ser responsáveis por danos incalculáveis para o meio ambiente e para a população, como a tragédia da cidade de Mariana. O rompimento da barragem do Fundão, no distrito de Bento Rodrigues,  é considerado o maior crime ambiental da história brasileira. (mais…)

Ler Mais

Especial FAMA 2018 Impactos da Mineração: A exploração de urânio na Bahia

Pulsar Brasil

Os riscos de contaminação do meio ambiente e da população relacionados à exploração do urânio estão entre os principais impactos da atividade. A exposição à radiação do mineral pode provocar doenças como o câncer, por exemplo. Em Caetité, cidade a cerca de 640 quilômetros de Salvador, na Bahia, está localizada a única mina de urânio em atividade no Brasil. A consequência desta exploração é o que você descobre nesta reportagem. (mais…)

Ler Mais

Capitalismo no campo dizima os cerrados e atiça os conflitos agrários, por Frei Gilvander Moreira[1]

No Brasil, os agronegociantes seguem invadindo de forma obsessiva os Cerrados com “uma prática agrária/agrícola energívora, ou seja, voraz consumidora de energia, que vê a planura das imensas chapadas como uma bênção da natureza, pois seus tratores, não tendo que subir e descer, poupam energia, um dos insumos mais importantes que, para eles, significa menor custo em dinheiro e, logo, maiores lucros acumulados” (PORTO GONÇALVES, 2014, p. 93). (mais…)

Ler Mais