MPF debate futuro do Cais do Valongo e da preservação da memória da cultura negra no Brasil

Audiência pública contou com participação do Ministro da Cultura, Iphan e demais autoridades envolvidas

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

Cerca de 240 pessoas e mais de 30 organizações da sociedade civil lotaram o auditório da Procuradoria da República no Rio de Janeiro para participar da audiência pública: “Cais do Valongo, patrimônio cultural da humanidade. O que foi feito?”. O evento foi convocado pelos procuradores da República Sergio Gardenghi Suiama e Jaime Mitropoulos no âmbito do inquérito civil n. 1.30.001.002779/2017-50, instaurado para acompanhar as ações de proteção e promoção do sítio arqueológico do Cais do Valongo, reconhecido como patrimônio cultural mundial pela Unesco em julho de 2017.

(mais…)

Ler Mais

Carta-denúncia elaborada por comunidades tradicionais do município de Abaetetuba, Pará

“Nós, Povos e Comunidades Tradicionais do Rio Guajará de Beja, Tauerazinho, Tauerá de Beja, Pirocaba e Ramal do Maranhão, município de Abaetetuba, no Estado do Pará, vimos, através desta, denunciar irregularidades cometidas por empresas privadas, Poder público e especuladores nos nossos Territórios, violando os direitos que nos são garantidos pela Constituição Federal e Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT).  (mais…)

Ler Mais

Ameaçado, casal resiste à milícia de madeireiros na Amazônia

Casal de agricultores sofre graves ameaças por tentar romper dependência de projeto de assentamento no Pará com milícia de madeireiros, que faturam até R$ 4,5 milhões com exploração ilegal de madeira na reserva ambiental

Por Thais Borges e Mauricio Torres, pela Mongabay, no Repórter Brasil

“Daqui eu só saio morta. E espero que não seja pelo disparo da arma de nenhum pistoleiro”. A frase que a agricultora Osvalinda Marcelino Pereira pronunciou diante do procurador da República Paulo de Tarso Oliveira condensa um histórico de violência, expropriações e mortes anunciadas no campo, tão comuns na Amazônia brasileira. Era a primeira vez que um procurador colocava os pés no assentamento Areia, localizado nas proximidades da BR-163, entre os municípios de Trairão e Itaituba, no oeste do Pará. A visita do procurador e de uma rede de apoiadores havia sido motivada pela mais recente ameaça feita ao casal Osvalinda e Daniel Pereira: em 20 de maio, ao sair para colher frutas, eles encontraram no quintal duas covas, cavadas a 100 metros de casa. (mais…)

Ler Mais

Caso Samarco: Nota de Esclarecimento sobre audiência judicial de conciliação ocorrida nesta quarta-feira(8)

O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP-MG), o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MP-ES), a Defensoria Pública da União (DPU), a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DP-MG) e a Defensoria Pública do Espírito Santo (DP-ES) emitem nota de esclarecimento sobre a homologação do acordo ocorrida nesta quarta-feira(8).

No MPF

As seis Instituições que subscrevem esta Nota, surpresas com a inserção realizada pelo Juízo Federal da 12ª Vara de Belo Horizonte, quando da audiência judicial de conciliação realizada na data de ontem, criando condições que não haviam sido previstas nos acordos que firmaram com as empresas Vale S/A, BHP Billiton Brasil Ltda. e Samarco Mineração S/A, vêm esclarecer: (mais…)

Ler Mais

Justiça suspende registro do glifosato, agrotóxico mais utilizado no Brasil

Outras duas substâncias também foram suspensas até que a Anvisa conclua os procedimentos de reavaliação toxicológica, com prazo máximo até o dia 31 de dezembro

Em Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

Uma decisão judicial concedeu na sexta-feira, 3, uma tutela antecipada para que a União suspenda em 30 dias o registro de todos os agrotóxicos à base de glifosato (o mais utilizado pela agricultura brasileira, sobretudo nas lavouras de soja), abamectina e tiram. Essa decisão se aplicará até que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conclua os procedimentos de reavaliação toxicológica (iniciada há dez anos) até o dia 31 de dezembro. (mais…)

Ler Mais

“Todos os instrumentos da economia verde obedecem à mesma lógica perversa da financeirização”

Por Gabriel Brito, do Correio da Cidadania

O debate ambiental tem tudo para ser escamoteado ou repetir velhas tergiversações sobre desenvolvimento e sustentabilidade no cenário eleitoral que começa a se aquecer. Mais ainda no que tange a chamada economia verde, conceito ainda novo para o público. Colunista do Correio da Cidadania, a economista e ativista socioambiental Amyra el Khalili acaba de lançar o e-book Commodities Ambientais em Missão de Paz – novo modelo econômico para América Latina e Caribe. Como até o título sugere, não se trata de um debate de fácil apreensão. Nesta entrevista, tratamos de trazer tais conceitos à luz.   (mais…)

Ler Mais

O Homem e o Rio: Histórias de Índios e Quilombolas do Baixo São Francisco

Agência FAPESP

O saguão principal do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP receberá a exposição “O Homem e o Rio: Histórias de Índios e Quilombolas do Baixo São Francisco”, projeto da jornalista Michele Amorim Becker, da Universidade Federal de Sergipe (UFS). A exposição ficará em cartaz de 9 de agosto a 6 de setembro de 2018, em São Paulo. (mais…)

Ler Mais

Pastorais do Campo reunidas em Luziânia (GO) discutem linhas de ação em conjunto

“Mudarei o sertão em açude, terra seca em olho d’água, assim falou o Senhor das andanças para dar a seu povo a esperança”, com esse refrão o grupo de 50 agentes das Pastorais do Campo iniciou as atividades de sábado (4), no III Encontro Nacional da Articulação das Pastorais do Campo, que começou nesta sexta (3) e foi até domingo (5), no centro de formação Vicente Cañas, em Luziânia (GO). 

por Osnilda Lima, Coletivo de Comunicação das Pastorais do Campo / CPT

A Bíblia e uma vela foram introduzidas no espaço, assim precedidas por uma bacia com água e um ramo verde, a terra e uma enxada foram também colocadas no espaço central, no auditório, onde o encontro está sendo realizado. Em seguida foi proclamada a leitura do livro do Êxodo, 3, 7-10 em que Moisés é chamado a libertar o povo que vivia sob a escravidão no Egito. Nessa passagem constata-se como Deus que ouve os clamores dos oprimidos e desce para libertá-los ao chamar Moisés, ressaltou frei Luciano Bernardi, agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT-BA). (mais…)

Ler Mais

Agentes das pastorais do campo se reúnem para debater o atual contexto politico

Na ocasião serão pensadas estratégias de articulação e enfrentamento conjunto. Será elaborado também um posicionamento político frente ao processo eleitoral.

Por Ingrid Campos, do Coletivo de comunicação das Pastorais do Campo, na CPT

Iniciou, na tarde de ontem (03/08), o III Encontro Nacional da Articulação das Pastorais do Campo, no Centro de Formação Vicente Cañas, em Luziânia (GO). O encontro, que será encerrado no domingo (05/08), reúne cerca de 50 agentes de pastoral de todo o Brasil, ligados às pastorais do campo, vinculadas à CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Participam agentes de pastoral da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), Cáritas Brasileira, Serviço Pastoral do Migrante (SPM), Pastoral da Juventude Rural (PJR) e Conselho Indigenista Missionário (CIMI). (mais…)

Ler Mais

Samarco tenta apagar marcas do crime no Rio Doce

Tapumes, demolição e alagamentos são estratégias utilizadas pela Renova

Amélia Gomes, Brasil de Fato

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, está prestes a completar três anos, em 5 de novembro de 2018. Desde a tragédia, os atingidos pelo maior crime socioambiental do país lutam para ter seus direitos e ressarcimentos garantidos. No entanto, a reparação em pouco ou quase nada avançou.  (mais…)

Ler Mais