Argentina pune torcedor do país que constrangeu mulher de 15 anos na Rússia: Copa acaba para ele!

Em vídeo, homem argentino de 50 anos aparece conversando com jovem russa, pedindo que ela repita palavras ofensivas em espanhol; torcedor teve seu FAN ID suspenso

No Opera Mundi

O Ministério de Segurança da Argentina baniu a entrada de um torcedor do país nos jogos da seleção nacional na Copa do Mundo na Rússia após ele ter gravado um vídeo ofendendo uma mulher russa de 15 anos de idade. (mais…)

Ler Mais

Mulheres russas reagem a vídeo machista gravado por brasileiros na Copa do Mundo

Por Ricardo Senra. na BBC Brasil

As reações a um vídeo que mostra um grupo de torcedores brasileiros expondo uma mulher russa a constrangimentos extrapolaram redes sociais e sites de notícias brasileiros e já aparecem em blogs e na imprensa russa.

Enquanto o assunto ganha relevância entre os moradores de Moscou, a BBC News Brasil foi até a rua Nickolskaya, onde o vídeo original teria sido gravado, e perguntou a mulheres russas de diferentes idades qual seria sua reação se estivessem na pele da mulher retratada, mas soubessem o que estava sendo dito. (mais…)

Ler Mais

OAB: “A naturalização com a qual esses homens desrespeitam a estrangeira prova o quanto estamos doentes como sociedade”

Tania Pacheco

Os Conselhos e Comissões da Ordem dos Advogados do Brasil lançaram nota manifestando seu repúdio ao que classificam como “grotescas e vergonhosas” atitudes de grupos de brasileiros que fizeram vídeos aproveitando-se da ingenuidade de moças russas e de seu desconhecimento da língua portuguesa.

Para a OAB, “Além do machismo alarmante, o que causa asco e vergonha é a violência moral, cometida por homens que deveriam saber os limites de seus atos, estando, dentre eles, um colega advogado do Estado de Pernambuco.” (mais…)

Ler Mais

Kabengele Munanga: “É preciso unir as lutas, sem abrir mão das especificidades”

Por Tatiana Mendonça, do A Tarde, no Geledes

Kabengele Munanga anda apressado pelas ruas de Cachoeira, como se tivesse sempre um destino certo, a ponto de ser preciso perguntar que idade tem. Conta que no próximo dia 22 faz 78 anos. “Portanto, já pode botar assim”. Desde 2014, quando se tornou professor visitante sênior da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), ele vive na cidade. Gosta de quando ouve estranhos cumprimentado-o com um “boa tarde, pai”.  Antes disso, passou mais de 30 anos dando aulas na Universidade de São Paulo (USP), onde se aposentou. Foi lá também que concluiu seu doutorado em antropologia, após deixar contra a vontade seu país de nascença, o Congo, exilado do regime militar. (mais…)

Ler Mais

Jurista denuncia e brasileiros de vídeo podem responder por crime na Rússia

Por Luiza Oliveira, do UOL, em Moscou

Os brasileiros que aparecem em vídeos gravados na Rússia que causaram indignação podem responder por crime no país da Copa do Mundo. A jurista russa Alyona Popova fez uma denúncia e escreveu uma petição contra os atos machistas por violência e humilhação pública à honra e à dignidade de outra pessoa.

Dessa forma, o Ministério de Assuntos Interiores deve começar a investigar o caso de acordo com a petição e com os relatos já publicados na imprensa. A petição ajuda a promover a opinião pública sobre o caso e a encontrar soluções para o problema. (mais…)

Ler Mais

Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia

O Ministério em questão sequer se informou corretamente. Há pelo menos outro caso igualmente grave denunciado e documentado em vídeo. (TP)   

Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

O Ministério do Turismo condenou hoje (19), em Brasília, a atitude de um grupo de brasileiros registrados, em vídeo, assediando uma mulher durante as comemorações da Copa do Mundo, na Rússia.

No vídeo que circulou nas redes sociais e foi veiculado pela imprensa de vários países, homens vestindo a camisa da Seleção Brasileira aparecem ao lado de uma mulher não identificada. Parecendo não compreender o sentido sexista das frases que o grupo grita, em coro e em português, a moça apenas tenta repetir as palavras sugeridas pelos brasileiros. (mais…)

Ler Mais

Afinal, agimos ou continuamos a colecionar motivos para termos vergonha de ser brasileirxs?

Tania Pacheco

Desde a manhã de ontem, domingo, circulam nas redes sociais vídeos mostrando jovens brasileiros do sexo masculino (e não é por acaso que não utilizo a palavra homens) aparentemente brincando com mocinhas russas. A “aparência” termina em poucos segundos.

No primeiro, postado como denúncia no Twitter bem cedo, um grupo sorridente envolve uma jovem e a incentiva a cantar um estribilho com alusões grosseiras a um órgão do corpo feminino. No segundo, moçoilos pretensamente simpáticos induzem três moças – elas também sorrindo, ingenuamente – a tentar repetir, em português, uma declaração grosseira de que gostariam de fazer sexo com eles. No final, um deles grita,  ‘chancelando’ o feito e como que se orgulhando da grande vitória que conseguiram para nós: “Brasil, Brasil, Brasil!”. (mais…)

Ler Mais

Alunos racistas são legalmente criminosos. Mas e a universidade, como fica?

Tania Pacheco

A Pontifícia Universidade do Rio de Janeiro (PUC-Rio) anunciou para os próximos dias os resultados dos trabalhos da Comissão Disciplinar que investiga os episódios de racismo do último fim de semana, durante os Jogos Jurídicos Estaduais, realizados em Petrópolis. Se existe ainda alguém que ignora o assunto, nos dois dias do evento, a chamada “Atlética” do curso de Direito da PUC e seus torcedores praticaram atos de racismo contra atletas de outras universidades – a UCP, UERJ e UFF. Jogaram cascas de banana, chamaram atletas de macaca, dançaram como animais, pretensamente imitando estudantes negros das outras faculdades. Tudo edificante. Tudo como se deve esperar de jovens universitários inteligentes, estudiosos, decentes e sadios. Tudo de acordo com nossas expectativas em relação a pessoas que têm como sonho vir a praticar a Justiça. (mais…)

Ler Mais