PF encontra na casa de Anderson Torres minuta para Bolsonaro mudar resultado da eleição

Por Vinicius Sassine e Camila Mattoso, da Folhapress, no Yahoo

A Polícia Federal encontrou na residência de Anderson Torres, ex-ministro da Justiça, uma minuta (proposta) de decreto para o então presidente Jair Bolsonaro (PL) instaurar estado de defesa na sede do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O objetivo, segundo o texto, era reverter o resultado da eleição, em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu vencedor. Tal medida seria inconstitucional.

O documento foi encontrado no armário do ex-ministro durante busca e apreensão realizada na última terça-feira (10). A PF vai investigar as circunstâncias da elaboração da proposta. (mais…)

Ler Mais

O agora ou nunca da demarcação dos territórios indígenas no Brasil

Por Leanderson Lima, na Amazônia Real

Manaus (AM) – Depois de quatros anos sem ter um único centímetro de terra indígena demarcado – cumprindo a promessa de campanha feita pelo agora ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) –, os povos indígenas aguardam pela “canetada presidencial”, para que 13 novas áreas possam ser homologadas no País. Essas informações fazem parte do Relatório do Grupo Técnico de Povos Indígenas, com 129 páginas, que foi produzido durante o processo de transição governamental e entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As lideranças do movimento aguardam a homologação destes territórios ainda para este mês. (mais…)

Ler Mais

Brasília tem clima de carnaval na véspera da posse de Lula

Até quem não votou no presidente está comemorando; em contraste, no Forte Apache (QG do Exército) golpistas estão revoltados e desconsolados

Por Gil, na Ponte

Fazendo questão de ser chamado apenas de Batista do Megafone, o homem de 59 anos, pele negra e olhos apertados, é uma testemunha próxima da história recente da política nacional. Mesmo sem nenhum cargo dentro do poder ou algum tipo de influência nos corredores palacianos, ele acompanhou de perto um dos episódios que ajudam a explicar a volta de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência da República. (mais…)

Ler Mais

Os ouvidos, os olhos e o coração abertos. Por Renata Souza

É preciso estar com Lula para derrotar a extrema direita e reconstruir o Brasil

No Mídia Ninja

Não foi nada fácil. Golpe de 2016, governo Temer, feminicídio político de Marielle Franco, reforma trabalhista, PEC do teto de gastos, eleição de Bolsonaro, elogios à tortura, pandemia, negação da vacina, mais de 690 mil mortos,  orçamento secreto, promoção do armamento de civis, desemprego, racismo de Estado e fome. As eleições foram uma rara oportunidade de frear a escalada autoritária e o campo democrático, apesar das idas e vindas, soube aproveitá-la. (mais…)

Ler Mais

Nota do Cimi Regional Sul acerca de abusos policiais contra indígenas Kaingang

A entidade denuncia estar ocorrendo perseguição e discriminação aos Kaingang da região Norte do Rio Grande do Sul

No Cimi

O Conselho Indigenista Missionário – Cimi, Regional Sul, vem a público para denunciar e se manifestar acerca de fatos bastante preocupantes envolvendo policiais militares e indígenas do Povo Kaingang, ocorridos no município de Faxinalzinho, região Norte do estado do Rio Grande do Sul. (mais…)

Ler Mais

MPF ajuíza ação para que área do “índio do buraco” seja reconhecida como terra pública e tenha destino socioambiental

Segundo o órgão, as normas jurídicas impedem a entrega da área aos fazendeiros da região e quer terra indígena demarcada e protegida

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou na Justiça Federal para obrigar a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) a demarcarem a terra indígena Tanaru, onde vivia o “índio do buraco”, em Corumbiara (RO). O MPF quer que a área tenha destinação socioambiental para ser protegida e preservada. (mais…)

Ler Mais

Presidente da Funai, Marcelo Xavier é exonerado do cargo; órgão vai ser integrado a novo ministério

Por Daniel Biasetto, no Yahoo

Em ritmo de fim de festa, o Diário Oficial da União publica nesta quinta-feira a exoneração do presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Augusto Xavier. No governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva o órgão será integrado ao novo Ministério dos Povos Originários a ser comandado pela líder indígena Sonia Guajajara, perseguida por Xavier assim como outras lideranças durante a gestão de Jair Bolsonaro.

Entre as polêmicas que colecionou no cargo, Xavier não demarcou nenhum centímetro de terra indígena, promessa de campanha de Bolsonaro. Ele ainda pediu a Polícia Federal que abrisse um inquérito para investigar Sonia e outros ativistas da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) por acusações que difamaram o governo federal durante a série na web “Maracá”, em 2020, pela defesa dos povos indígenas e contra violações de direitos cometidas contra esses nativos durante a pandemia da Covid-19. (mais…)

Ler Mais