‘Se a substância é carcinogênica, não existe um limite de exposição que não vá causar câncer’

Portal EPSJV/Fiocruz 

Em decisão inédita, a Justiça americana condenou a Monsanto a indenizar o jardineiro Dewayne Johnson em US$ 289 milhões pelo aparecimento de um câncer, que estaria relacionado ao uso do herbicida Roundup, que tem como princípio ativo o controverso glifosato, um dos agrotóxicos mais usado no Brasil. O processo é um de cinco mil casos similares em andamento nos EUA. Apesar de a Monsanto negar que a substância esteja ligada à doença, a Agência Internacional de Estudo em Câncer (Iarc, na sigla em inglês) já havia classificado em 2015 a substância como “provavelmente carcinogênico para seres humanos”. Em entrevista ao Portal EPSJV, a toxicologista do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e integrante do grupo de trabalho ‘Saúde e Ambiente’ da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Márcia Sarpa, fala como essa decisão impacta nosso país, que em 2009 se tornou o maior consumidor mundial de agrotóxicos, com mais de um milhão de toneladas, o que equivale a um consumo médio de 5,2 kg de veneno agrícola por habitante. A exemplo do estudo da Iarc, o Inca comprova em pesquisa que está para ser publicada até o fim deste ano que pacientes com exposição ocupacional a agrotóxicos têm mais chances de desenvolverem linfomas não-Hodgkin, o mesmo que afetou o jardineiro americano. (mais…)

Ler Mais

Lia Giraldo: “É um programa perdulário, ineficaz e perigoso”

O Brasil está fazendo tudo errado no combate a doenças transmitidas por mosquitos? Entrevista com Lia Giraldo

Por Antonio Martins, do Outras Palavras, para o Outra Saúde

Inspecionar as casas, mandar as pessoas olharem seus vasos de planta e ficarem de olho nos vizinhos, passar carro com fumacê, perseguir cada gota de água parada. Há 30 anos o Brasil quer controlar a multiplicação do Aedes aegypti, e há 30 anos falha. Não só a epidemia de dengue volta a cada ano como outras doenças passam a ameaçar:  zika e chikungunya se tornaram grandes problemas, e a febre amarela volta a assustar em termos nacionais, inclusive com o espectro da sua versão urbana pairando sobre alguns municípios. (mais…)

Ler Mais

SE – Vigilância Sanitária investiga suposta intoxicação por agrotóxicos

A Vigilância Sanitária Estadual iniciou nessa segunda-feira, 13, as investigações de um caso de intoxicação em alunos e professores de uma escola municipal de Tomar do Geru, que supostamente foi causada por agrotóxicos.

por Verlane Estácio, no Infonet

No último dia 8, 10 pessoas, entre professores e alunos, foram encaminhados ao posto de saúde do município com enjoos, ânsia de vômito e tontura. A principal hipótese é de que eles tinha sido vítimas de intoxicação por agrotóxicos, já que a unidade escolar é localizada em uma área com plantação de laranja. (mais…)

Ler Mais

No Pará, famílias expulsas pela Vale agora brigam contra a Hydro

Para apostar na agricultura tradicional, comunidade do Tauá enfrentou a vigilância de drones, destruição das casas e poluição tóxica

Por Jessica Mota, da Agência Pública

O visitante desavisado que pega a PA-483 em Barcarena, ilha próxima a Belém do Pará, nem imagina o que se esconde por trás da floresta que margeia a estrada. A rodovia de duas mãos e duas pistas, sem acostamento, é rota de caminhões que vão e voltam dos portos de escoamento de multinacionais que exportam grãos, bois e alumina – substância-base do alumínio –, produções de muito peso na balança comercial brasileira. (mais…)

Ler Mais

América Latina e a busca de um modelo econômico pós-extrativista. Entrevista especial com Dário Bossi

Por: Patricia Fachin, no IHU

“Muitos pensam que não é um problema para um país depender economicamente dos recursos naturais que tem à disposição em seu território”, diz Dário Bossi à IHU On-Line. Entretanto, adverte, a pauta extrativista que visa à exploração de bens naturais propicia ao país “um desenvolvimento instável, fortemente dependente das flutuações dos preços internacionais das matérias-primas, de visão curta e sem futuro, pela finitude dos recursos à disposição”. (mais…)

Ler Mais

Glifosato já é proibido em espaços públicos em Portugal

A condenação da Monsanto/Bayer nos EUA voltou a colocar o glifosato na mira das autoridades. Em Portugal, a proposta do Bloco para proibir o seu uso em espaços públicos foi chumbada em 2016 pela direita e o PCP, mas o governo retomou-a meses depois.

Em Esquerda.net

A sentença histórica de um tribunal norte-americano, que condenou a Bayer/Monsanto a indemnizar o jardineiro Dewayne Johnson em 289 milhões de dólares, veio relembrar os perigos do glifosato para a saúde pública. O tribunal de São Francisco deu como provado que a exposição continuada ao herbicida Roundup e a falta de informação ao público sobre a perigosidade do seu uso estiveram na origem do linfoma de não-Hodgkin de que o jardineiro padece, agora em fase terminal. (mais…)

Ler Mais

O mercúrio nas veias da Amazônia

Por Sucena Shkrada Resk*, Blog Cidadãos do Mundo

Quem dera que falar sobre “mercúrio” fosse um assunto somente de interesse da pauta astronômica? Voltando à realidade do planeta Terra, se trata dos impactos da contaminação pelo metal, altamente letal, um tema ainda subnotificado, que mexe em uma ferida aberta, em especial, na região amazônica, que vem se agravando ao longo dos anos e confirmado por exames e pesquisas realizadas em peixes, ribeirinhos e em povos indígenas. São populações que fazem parte desse ecossistema que sofre pressão de garimpos e, inclusive, de efeitos indiretos de hidrelétricas. O comprometimento com esta pauta ainda é incipiente na agenda das políticas públicas e, com isso, os problemas de saúde ambiental e de direitos humanos que representa podem ser muito maiores, pois estão interligados com outras agendas do mercado comercial e industrial internacionais. (mais…)

Ler Mais

França anuncia “guerra” contra agrotóxico da Monsanto

O ministro da Transição Ecológica, Nicolas Hulot, lidera os protestos contra o glifosato. O presidente Macron promete erradicar o produto até 2021

por Radio France Internationale, na Carta Capital

A condenação da Monsanto a pagar uma multa milionária a um americano que desenvolveu um câncer devido ao glifosato reacendeu o debate na França contra esse agrotóxico. O ministro da Transição Ecológica, Nicolas Hulot, evocou “o começo de uma guerra” contra a substância, que poderá ser utilizada até 2021 nas plantações francesas, segundo anúncio pelo atual governo. (mais…)

Ler Mais

MPF e MPPA apresentam novo texto com proposta de acordo para governo do Pará e Hydro

A minuta do acordo já foi enviada às partes. Acordo trata de medidas emergenciais e não implica retorno das atividades

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) apresentaram proposta de acordo para a implantação de medidas emergenciais relativas aos vazamentos na planta industrial da Hydro Alunorte em Barcarena (PA), ocorridos em fevereiro de 2018. O principal objetivo é a implantação de medidas com base nos princípios da precaução e prevenção, que permitam avaliar, indicar providências e cessar os danos socioambientais provocados pela atividade industrial da Hydro Alunorte, em decorrência dos vazamentos e de irregularidades verificadas a partir de fevereiro de 2018.  (mais…)

Ler Mais

Quilombolas marcham por Justiça e contra a mineração exploratória em Minas Gerais

Estudantes de Araçoais, norte do estado, denunciam a contaminação das águas e prisão ilegal de líder quilombola

por Juca Guimarães, em Brasil de Fato

A Marcha Lula Livre, que segue para Brasília, com o objetivo de garantir o registro da candidatura de Lula à eleição para a Presidência é uma inciativa de diversos movimentos sociais. Muitos dos marchantes também denunciam casos de prisões injustas, assim como a do ex-presidente. (mais…)

Ler Mais