PL do Veneno e o fim do sistema de regulação tríplice. Entrevista especial com Aline do Monte Gurgel

IHU On-Line

Apesar de o Ministério da Saúde registrar anualmente entre 12 e 14 mil intoxicações por agrotóxicos, e a notificação de casos de intoxicação exógena ser obrigatória no país, “há um grande sub-registro de casos”, informa a pesquisadora da Fiocruz Aline do Monte Gurgel à IHU On-Line. Segundo ela, “estimativas apontam que, para cada caso notificado, 50 outros deixam de ser informados nos sistemas de informação em saúde. Praticamente todos os casos notificados são de intoxicações agudas, porque é mais fácil estabelecer uma relação causal nessas situações, onde os sinais de intoxicação surgem pouco tempo depois da exposição. Os casos crônicos, onde os sinais de intoxicação demoram mais tempo para aparecer, dificilmente são diagnosticados e notificados, dificultando precisar o número de ocorrências no país”. (mais…)

Ler Mais

Monsanto é condenada a pagar multa milionária por herbicida com glifosato

Júri da Califórnia condena Monsanto a indenizar homem que afirma ter contraído câncer após uso de produto com glifosato. Esse pode ser primeiro de muitos processos que empresa comprada pela Bayer tem pela frente.

Na DW

Um júri da Califórnia condenou nesta sexta-feira (10/08) a companhia Monsanto a pagar 289 milhões de dólares em indenizações a um homem que afirma ter contraído câncer devido à exposição a um herbicida da empresa que contém glifosato. (mais…)

Ler Mais

Composto do Agente Laranja começa a contaminar o Mato Grosso

Produtores de soja e milho transgênicos na Bacia do Juruena substituem glifosato pelo herbicida 2,4-D, que deve ter seu uso quintuplicado nos próximos anos

Por Igor Carvalho, no De Olho nos Ruralistas

Após reinado absoluto do glifosato na agricultura nacional, as pragas criaram resistência e seguem agindo nas lavouras. Por conta disso, fazendeiros do Mato Grosso iniciaram a migração de agrotóxico e estão utilizando o herbicida 2,4-D em plantações de soja e milho, realidade constatada nos municípios de Campo Novo do Parecis, Sapezal e Campos de Júlio, na Bacia do Juruena, oeste do estado, por uma pesquisa do Núcleo de Estudos Ambientais e de Saúde do Trabalhador (Neast), vinculado ao Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). (mais…)

Ler Mais

Indústrias dos agrotóxicos e transgênicos comandam evento da CTNBio

Executivos da Monsanto e de outras empresas, além de defensores dessas tecnologias, dominam programação de encontro nacional que deveria ser um espaço para o debate aberto à cidadania

por Cida de Oliveira, da RBA

São Paulo – Em ano de grande avanço do Pacote do Veneno na Câmara, a indústria do setor domina também um evento que deveria ser espaço para o debate cidadão de novas tecnologias voltadas à agricultura, à saúde e a ciência como um todo – temas de grande interesse da sociedade brasileira: o 9º Encontro Nacional de Comissões Internas de Biossegurança (ENCIbio), em conjunto com o 8º Encontro Bienal de Biossegurança (EBBio), nos dias 1 e 2 de outubro, em Vitória (ES), poucos dias antes das eleições 2018. (mais…)

Ler Mais

MPF e MPRJ obtêm decisão liminar para redução de escória acumulada ao lado do Rio Paraíba do Sul (RJ)

A cada mês, CSN e metalúrgica Harsco terão que limitar a quantidade de escória recebida a 100% do volume removido no mês anterior

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

Em ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), a Justiça Federal concedeu liminar para determinar a redução da escória depositada ao lado do Rio Paraíba do Sul, no pátio da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), pela empresa metalúrgica Harsco. O acúmulo desse subproduto da fundição de minério para purificar metais chegou a atingir mais de 20 metros de altura. Pela liminar, a CSN e a Harsco deverão, de imediato, limitar a quantidade de escória recebida mensalmente a 100% do volume removido do pátio no mês anterior. (mais…)

Ler Mais

A preservação das abelhas em pauta

Por Rodrigo de Medeiros Silva

Na Estação Terras Baixas-ETB, Campus Universitário em Capão do Leão-RS, neste dia 09 de agosto, pela terceira vez reuniram-se pesquisadores e advogados ambientalistas preocupados com a preservação das abelhas ameaçadas e vitimadas pelos agrotóxicos e pela transgenia. O modelo do agronegócio vem prejudicando criadores de abelhas e o meio ambiente como um todo, dada a função delas no ecossistema para a garantia da vida. (mais…)

Ler Mais

Justiça suspende registro do glifosato, agrotóxico mais utilizado no Brasil

Outras duas substâncias também foram suspensas até que a Anvisa conclua os procedimentos de reavaliação toxicológica, com prazo máximo até o dia 31 de dezembro

Em Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

Uma decisão judicial concedeu na sexta-feira, 3, uma tutela antecipada para que a União suspenda em 30 dias o registro de todos os agrotóxicos à base de glifosato (o mais utilizado pela agricultura brasileira, sobretudo nas lavouras de soja), abamectina e tiram. Essa decisão se aplicará até que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conclua os procedimentos de reavaliação toxicológica (iniciada há dez anos) até o dia 31 de dezembro. (mais…)

Ler Mais

MP vai à Justiça contra escória da CSN às margens do Paraíba do Sul

Material é subproduto da indústria siderúrgica e se acumula há décadas

Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF), em parceria com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), foi à Justiça em busca de uma solução para a enorme pilha de escória depositada pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) em área no município de Volta Redonda (RJ), a poucos metros do Rio Paraíba do Sul. Uma ação civil pública foi ajuizada após denúncia de diversas entidades ambientais tornadas públicas em junho. Elas alertaram para o risco de uma possível contaminação que impactaria o abastecimento de água não apenas em municípios do sul fluminense, como também na região metropolitana. Também relataram a ocorrência de problemas respiratórios entre moradores da região. (mais…)

Ler Mais

A pedido do MPF, Justiça determina suspensão de registro de produtos que contenham herbicidas

Substâncias são nocivas à saúde humana e a reavaliação dos registros dos agrotóxicos é adiada há anos

A Justiça Federal do DF acolheu pedido do Ministério Público Federal (MPF/DF) e determinou que todos os produtos que possuam como ingredientes ativos abamectina, glifosato ou tiram tenham os registros suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em até 30 dias. A decisão liminar proibiu ainda que a agência reguladora conceda novos registros de agrotóxicos que contenham essas substâncias. (mais…)

Ler Mais

Mortandade de abelhas ameaça agroextrativismo no oeste do Pará

Declínio de polinizadores causa diminuição direta na produção de frutos e sementes, diz pesquisador

Bob Barbosa, Brasil de Fato

A mortandade das abelhas no Planalto Santareno tem efeitos que vão além do prejuízo causado aos produtores de mel, pela perda de suas colmeias, afetadas pelos agrotóxicos e pelo desmatamento crescente na região. O Planalto Santareno engloba grandes áreas dos municípios de Belterra, Mojuí dos Campos e Santarém, no Pará. (mais…)

Ler Mais