Comitê lança 2° edição do Dossiê Vidas em Luta

Lançamentos ocorrerão em Brasília e Cidade de Goiás na próxima semana

Por Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos

Na próxima segunda-feira (10), às 18h, em Brasília (DF), a rede de 34 organizações que compõem o Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos (CBDDH) fará a primeira de uma série de três eventos para lançar o Dossiê Vidas em Luta 2: Criminalização e violência contra defensoras e defensores de direitos humanos no Brasil em 2017.

(mais…)

Ler Mais

“Se fiz algo de errado foi ajudar a colocar a terra na mão do trabalhador”

Sucessor de Dorothy Stang na luta pela reforma agrária, o padre Amaro Lopes concede entrevista pela primeira vez desde que foi preso, em março. Ele é acusado de cinco crimes pelo Ministério Público. As denúncias são encampadas pelo presidente do Sindicato Rural de Anapu

Por Daniel Camargos, Repórter Brasil

Padre Amaro Lopes de Souza, de 51 anos, ficou 92 dias preso entre março e junho deste ano. Principal escudeiro da missionária norte-americana Dorothy Stang – assassinada em 2005 quando tinha 73 anos –, sucedeu a religiosa como referência para os trabalhadores rurais sem terra que tentam a posse de áreas públicas em Anapu, às margens da rodovia Transamazônica, no Pará.

(mais…)

Ler Mais

O Museu de Favela do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho #RedeFavelaSustentável

Perfil da Rede Favela Sustentável*

por Paula Peña, em RioOnWatch

Situado em um morro entre Ipanema e Copacabana, as favelas do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho têm vista para alguns dos bairros mais emblemáticos (e caros) da “Cidade Maravilhosa”. Para muitos visitantes, esse morro é o primeiro vislumbre de uma realidade distinta da paisagem mais visitada da Zona Sul do Rio, caracterizada por praias ensolaradas e hotéis luxuosos. Cerca de 20.000 moradores do Rio chamam de lar as comunidades do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho. A história dessas comunidades remonta à chegada de ex-escravos de Minas Gerais (que se estabeleceram no Cantagalo) e do Nordeste brasileiro (que se instalaram no Pavão-Pavãozinho) em 1907, servindo às áreas abaixo: isso foi na mesma época do início da urbanização de Copacabana. (mais…)

Ler Mais

A burrice como opção

Por Editorial da Ponte Jornalismo

O desprezo pela inteligência é uma característica marcante das políticas de segurança pública do Brasil. Se abraçamos o triste recorde de país com o maior número absoluto de homicídios no mundo, não foi por falta de estudos, pesquisas e análises a respeito da questão da violência no Brasil. Embora não faltem estudos, contudo, falta quem preste atenção neles. (mais…)

Ler Mais

Participantes de audiência pública alertam para tempo de combate e resistência

Por Pedro Calvi,  CDHM

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) fez, nesta quarta-feira (21), uma audiência pública para avaliar os rumos e perspectivas da democracia brasileira e dos direitos humanos para 2019, a partir da posse do novo presidente eleito. O debate avaliou ideias para a assegurar a continuação do exercício democrático num cenário de possíveis crises, sejam políticas, econômicas ou sociais. (mais…)

Ler Mais

Amazônia está próxima de atingir percentual irreversível de desmatamento

Relatório mostra que 20% da floresta foi destruída desde 1970. Índice deve se agravar no governo Bolsonaro (PSL)

Júlia Dolce, Brasil de Fato

O último relatório “Planeta Vivo”, do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, em inglês), divulgado na semana passada, mostrou que a área da Floresta Amazônica foi reduzida em 20% nos últimos 50 anos devido ao desmatamento. Segundo o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Mudanças Climáticas, a porcentagem de desmatamento entre 20% e 25% do bioma representa um ponto de inflexão. Ou seja, a partir deste ponto, o dano à floresta se torna irreversível. (mais…)

Ler Mais

MPF recomenda à UFG e aos IFs em Goiás que impeçam assédio moral a professores

Recomendações reforçam que ensino e aprendizagem devem ser efetivamente plurais, em ambiente de liberdade de ideias e de respeito à diversidade do país

Ministério Público Federal em Goiás

O Ministério Público Federal (MPF) em Goiás expediu recomendação, nesta segunda-feira (5), à Universidade Federal de Goiás (UFG), ao Instituto Federal de Goiás (IFG) e ao Instituto Federal Goiano (IF Goiano), para que se abstenham de qualquer atuação ou sanção arbitrária em relação a professores, que represente violação aos princípios constitucionais e demais normas que regem a educação nacional – em especial quanto à liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber – e ao pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas. Além disso, que adotem as medidas cabíveis e necessárias para que não haja qualquer forma de assédio moral contra esses profissionais por parte de servidores, outros professores, estudantes, familiares ou responsáveis. (mais…)

Ler Mais

Senado adia votação de projeto que pune movimentos sociais como terroristas. Por Leonardo Sakamoto

No Blog do Sakamoto

Se o relatório do senador Magno Malta (PR-ES), sugerindo a ampliação do escopo da Lei Antiterrorismo, for aprovado será possível prender quem tentar ”coagir” o governo e autoridade a fazer ou deixar de fazer algo por motivação política, ideológica ou social. Ou seja, punir a participação popular, incluindo manifestações de rua. (mais…)

Ler Mais

Entenda a Lei Antiterror, que pode ser ampliada para atingir MST e MTST

Após Dilma aprovar texto com vetos e ressalva a movimentos sociais, mudanças na legislação estão na mira de Magno Malta, aliado de Bolsonaro

por Redação da Carta Capital

Logo após ser eleito, Jair Bolsonaro insistiu que tratará como terroristas organizações como o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) e o Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). (mais…)

Ler Mais

Nota Pública da CPT: Nós somos CNBB. Nós somos CIMI

Felizes vocês se forem insultados e perseguidos e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim” (Mt 5, 11).

Nós, Conselheiros e Conselheiras, Coordenação Executiva Nacional e Diretoria da Comissão Pastoral da Terra (CPT), em reunião do Conselho Nacional, queremos MANIFESTAR nosso REPÚDIO às afirmações do Sr. Jair Bolsonaro que, em vídeo que circula nas redes sociais, ofende a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Conselho Indigenista Missionário (CIMI), chamando estes dois Organismos de “banda podre da Igreja Católica”. (mais…)

Ler Mais