quilombo

Mostra Cinema dos Quilombos on-line começa nesta quarta (14)

Programação é gratuita e conta com 13 curtas realizados por quilombolas

Redação Brasil de Fato

Começa nesta quarta (14), a segunda Mostra de Cinema dos Quilombos, projeto idealizado pelo cineasta mineiro Cardes Monção Amâncio, coordenador do Cinecipó. A programação, que vai até dia 24 de julho, é totalmente online, gratuita e conta com 13 curtas-metragens. Os filmes estarão disponíveis por 24h, a partir das 9h do primeiro dia, nos sites www.todesplay.com e www.cinemadosquilombos.com.br.

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro quer dividir muitas famílias, diz Daiara Tukano

Em entrevista, a mestre em Direitos Humanos pela Universidade de Brasília (UnB), fala sobre o interesse do presidente na mineração nos territórios indígenas.

Por Leanderson Lima, na Amazônia Real

Manaus (AM) – No dia 27 de maio, o Brasil viu Jair Bolsonaro fazer sua primeira visita como presidente a um território indígena. A cidade escolhida foi São Gabriel da Cachoeira, no norte do Amazonas, onde visitou a Terra Indígena Balaio, e a comunidade Maturacá, na TI Yanomami. Na primeira, quem o recebeu foi Álvaro Tukano, liderança histórica na luta pela demarcação no Alto Rio Negro. A presença do líder Álvaro Tukano, nas fotografias oficiais, chocou muitas pessoas. Bolsonaro é um declarado inimigo dos direitos indígenas.

(mais…)

Ler Mais

Gigante do agronegócio ocupa e viola três cemitérios quilombolas e um indígena no Pará

Pessoas foram proibidas de entrar no local para velar seus parentes; terreno apropriado hoje é ocupado por monocultura

Por Catarina Barbosa, no Brasil de Fato | Belém (PA)

“A minha avó foi enterrada mais ou menos no meio do cemitério. Agora eu não sei mais onde era a sepultura dela, porque plantaram dendê em cima”, diz Raimundo Serrão,  quilombola  da  Comunidade da Balsa, no nordeste do estado do Pará.

A família do homem viveu por muitas e muitas gerações às margens do rio Acará, tanto que seus tataravós e avós estão enterrados em dois dos quatro cemitérios que foram tomados pelo agronegócio do dendê.

(mais…)

Ler Mais

As fascinantes revelações do estudo de bactérias que povos isolados carregam no corpo

Por Margarita Rodríguez, da BBC News Mundo

Há 25 anos, a microbióloga venezuelana María Gloria Domínguez Bello começou a realizar estudos com comunidades indígenas. A experiência foi muito reveladora. E não apenas em termos científicos.

Ao falar sobre suas incursões na selva sul-americana, fica evidente seu entusiasmo e gratidão às populações que permitiram que ela e seus colegas entrassem para ver como vivem. “Temos muito a aprender com eles”, diz ela com admiração.

(mais…)

Ler Mais

Denúncia à CPI da Covid: Pastores convencem indígenas a recusarem vacina.”É a marca da Besta”

Por Wanderley Preite Sobrinho, do UOL em São Paulo

Missionários evangélicos têm espalhado mentiras sobre a vacina contra a covid-19 em aldeias na região Norte do Brasil, segundo requerimento entregue à CPI da Covid ao qual o UOL teve acesso. De acordo com algumas dessas mentiras, a vacina já vem contaminada da China em um plano “diabólico”: usar o imunizante para marcar indígenas com o número da Besta, o 666 citado no livro bíblico do Apocalipse.

(mais…)

Ler Mais

Educação escolar quilombola ganha impulso com experiência no sertão de Pernambuco

Projeto foi impulsionado por meninas quilombolas e quer desenvolver pedagogia para valorizar saberes das comunidades

Redação Brasil de Fato

As comunidades quilombolas do município de Mirandiba, no Sertão de Pernambuco, iniciaram nesta quinta-feira (17) junto à prefeitura o processo de implementação das diretrizes curriculares da educação escolar quilombola. O município de 15 mil habitantes conta com 15 comunidades quilombolas, muitas ainda não reconhecidas pelo poder público. 

(mais…)

Ler Mais

Realizadores negros e indígenas promovem mostra de cinema online e gratuita

Moã Mostra de Cinemas Negros e Indígenas acontece de 14 a 20 de junho; confira programação

Redação Brasil de Fato

A Moã Mostra de Cinemas Negros e Indígenas acontece de 14 a 20 de junho, com programação totalmente online e gratuita. O objetivo do evento é compartilhar memórias e perspectivas de mundos possíveis de realizadores negros e indígenas e suas tecnologias ancestrais.

(mais…)

Ler Mais

Trincheiras indígenas: viagens de um contador de histórias

Mestiço, criado na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, local de conflitos, só assumiu sua identidade aos 25. Artista, encontrou-se na literatura e é autor premiado. Vive em SP, onde diz cumprir uma missão – mas sonha voltar a sua terra. Relato de Cristino Wapichana a Angela Pappiani, na coluna Trincheiras Indígenas nas Cidades

Por Angela Pappiani, no Outras Palavras

Cristino Pereira dos Santos nasceu no município de Normandia, no estado de Roraima, nos extensos campos do lavrado que se estendem até a divisa com a Venezuela e Guiana. Essa é mais uma região de fronteira onde as populações indígenas desconhecem os limites entre os países, onde mantiveram suas aldeias e formas tradicionais de ocupação ao longo de séculos. Nos últimos 50 anos, principalmente, com o movimento de ocupação incentivado por governos e forças militares e que beneficiou a regularização de terras em nome de fazendeiros, grandes companhias, grileiros, mineradoras e garimpeiros, essas populações enfrentaram, e ainda enfrentam, conflitos e perdas irreparáveis. A disputa pelas terras planas e irrigadas dessa fronteira norte mobilizou principalmente os grandes produtores de arroz que se recusaram a sair mesmo depois da homologação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em 2005, numa briga que dividiu muitas comunidades indígenas, principalmente onde casamentos e interesses econômicos marcavam as famílias.

(mais…)

Ler Mais

Povo Baniwa realiza ritual milenar do Kariamã

Por Juliana Albuquerque Baré, da FOIRN

Uma das tradições milenares do povo Baniwa, o Kariamã continua sendo realizado na região do Rio Negro, no Amazonas. Nos dias 29 e 30 de maio, o ritual sagrado do Kariamã Masculino foi realizado na comunidade Ucuqui Cachoeira, no rio Uarana – Alto Içana, sendo conduzido por três anciões: Abel Fontes, Hilário Fontes e o pajé Dário Fontes. Esse rito de passagem tem como objetivo o repasse de conhecimentos culturais e mitológicos.

(mais…)

Ler Mais