Alfabetizar é emancipar

“Que valores? Que ideologia? Que transformação?”, essas questões são apontadas por Djacira Araújo, do setor de educação, ao pensar a leitura e escrita como instrumentos de emancipação

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Da Página do MST

Sem educação não há Reforma Agrária Popular. A construção desse princípio é um dos desafios debatidos cotidianamente pelos trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra, que ainda convivem com os altos de índices de analfabetismo e o não acesso à educação de qualidade no campo. (mais…)

Ler Mais

A utopia contra a escola racista, excludente e com partido

Primeira entrevistada do programa “Entre Vistas”, da TVT, a secretária da Educação de Minas Gerais é intransigente na defesa da educação pública e da democracia, contra os retrocessos

Na RBA

São Paulo – Racismo, discriminação, inclusão social, o partido por trás da ideologia da Escola sem Partido, reforma do ensino médio, privatização e Emenda Constitucional (EC) 95/2016, que congela investimentos federais e prejudica o setor. Tudo isso, entre outros temas, foi abordado na noite de ontem (14) pela secretária estadual da Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo, durante entrevista no primeiro programa Entre Vistas, da TVT. (mais…)

Ler Mais

“Sim, Eu Posso” alfabetiza 233 trabalhadores Sem Terra no extremo sul da Bahia

O método cubano “Sim, Eu Posso” tem sido um instrumento importante de alfabetização de jovens e adultos, assentados e acampados de Reforma Agrária em toda a Bahia. No extremo sul do estado, o processo de escolarização toma grandes proporções, erradicando o analfabetismo em 11 áreas do MST

Coletivo de Comunicação do MST na Bahia

Fruto desse processo, no sábado, dia 18 de novembro, às 15h, o Assentamento Paulo Kageyama, localizado em Eunápolis, será palco da formatura de 29 turmas, que resultou na alfabetização de 233 trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra. (mais…)

Ler Mais

‘Escola Sem Partido’ sofre nova derrota em comissão na Câmara de BH

Projeto de lei que busca instituir o “Programa Escola Sem Partido” sofre nova derrota na câmara e é rejeitado pela comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor

Por Lúcia Fontes, O Tempo

Pela segunda vez consecutiva, o projeto de lei que busca instituir o “Programa Escola Sem Partido” em Belo Horizonte, recebeu parecer contrário da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de BH. No início do mês, a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo também votou contra a proposta. (mais…)

Ler Mais

“Com educação e cultura é possível mudar essa realidade”, explica dirigente do MST

Fala aconteceu durante o 19º Encontro Estadual dos Educadores e Educadoras do MST na Bahia

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Da Página do MST

Neste último sábado (28), durante o 19º Encontro Estadual dos Educadores e Educadoras do MST, foi abordada a questão das “Incidências do Agronegócio na Educação e Cultura”, com a proposta de mostrar como o capital tem agido de forma “sorrateira” ao se apropriar de políticas públicas e como tem “influenciado”, direta e indireta, a vida do povo brasileiro, especialmente dos camponeses. (mais…)

Ler Mais

Após recomendação do MPF, Seduc convoca professores indígenas aprovados em concurso público

Professores e técnicos convocados são indígenas de várias etnias de Rondônia

Ministério Público Federal em Rondônia

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc) publicou ontem, 30 de outubro, convocações para perícia médica e posse dos indígenas aprovados no concurso público para professor nível “A” (educação infantil e do 1º ao 5º ano), professor nível “B” (Ciências da Sociedade Intercultural – 6º ao 9º ano e ensino médio), professor nível especial (sabedor indígena) e técnico educacional nível 1. (mais…)

Ler Mais

Programa de Arqueologia e Antropologia da Ufopa forma mais dois alunos indígenas

Rosa Rodrigues, Ufopa

Um dia para ficar na história da Universidade Federal do Oeste do Pará. Na última sexta-feira, 27 de outubro de 2017, a Ufopa formou mais dois alunos indígenas do Programa de Arqueologia e Antropologia (PAA). Em cerimônia de gabinete no Instituto de Ciências da Sociedade (ICS), foi outorgado grau a João Tapajós como o primeiro antropólogo dos povos do Baixo Tapajós, e a Jaime Wai Wai como o primeiro arqueólogo indígena da Ufopa e do Brasil, o que coloca a Universidade em uma posição de destaque no cenário nacional. (mais…)

Ler Mais

Sucateamento da Uerj é visto como ataque a polo de pensamento progressista

Com aulas e atividades novamente paralisadas, universidade chega a ponto crítico frente aos cortes orçamentários. Desmonte significa enfraquecer centro de referência em elaboração de políticas públicas

Por Maurício Thuswohl, para a RBA

Rio de Janeiro – A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) está agonizando. Novamente com suas aulas e demais atividades paralisadas desde o dia 3 de outubro, a universidade – que este ano já figurou em dois rankings de excelência elaborados pela revista US News & World Report como a quinta melhor do Brasil e a décima primeira melhor da América Latina – sofre nos últimos anos com severos cortes orçamentários que agora chegam a um ponto crítico. Com déficit estimado somente para este ano em mais de R$ 500 milhões, se tornou impossível para a Uerj pagar salários e bolsas e manter projetos de pesquisa e o funcionamento de serviços básicos como segurança, limpeza e manutenção. (mais…)

Ler Mais

Conselho Universitário da UFPR aprova moção contra projeto estadual sobre Escola sem Partido

O Conselho Universitário (Coun) da Universidade Federal do Paraná aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (26), moção em que manifesta preocupação com a proposta de estabelecer no sistema de ensino do Estado o Programa Escola sem Partido. A proposta é objeto do projeto de lei 606/2016, em tramitação na Assembleia Legislativa do Paraná.

“Como entidade de pesquisa, extensão e ensino, inclusive na formação de outros níveis educacionais, devemos ter como fundamento básico a defesa da liberdade de cátedra, de pesquisa e de concepções científicas, que dão vida à pluralidade tão necessária à criação e difusão do conhecimento”, afirma o texto aprovado pelo Coun. (mais…)

Ler Mais