O que está por trás do desmonte bolsonarista da educação?

Dos cortes à censura a temas como gênero, sexualidade e política, as mudanças recentes na educação cumprem uma função econômica essencial. A quem ela favorece?

Por Marília Moschkovich, no blog da Boitempo

O desmonte quase completo da pós-graduação e da educação pública que estamos observando tem dois objetivos e este texto é uma análise que pretende apresentá-los ao leitor ou leitora. Venho colocando publicamente pedaços deste argumento desde 2015 (sim, antes do golpe, quando rolaram os primeiros congelamentos de bolsa e programas de pesquisa ainda na gestão da Dilma), com um pouco mais de dramaticidade a partir de 2016 (quando rolou o golpe e os discursos ficaram mais evidentes) e mais evidência a partir de 2017 e 2018 (quando ficou óbvio que não se trata de um projeto de um partido específico da direita, mas algo muito, muito maior – e as denúncias apresentadas recentemente pelo site The Intercept Brasil só corroboram essa análise).

(mais…)

Ler Mais

“Saúde e educação são prioridades e precisam ser atendidas”, aponta liderança Pataxó em semana de mobilização em Brasília

Por terra, saúde e educação, indígenas e quilombolas realizaram semana de manifestações. No primeiro dia, sofreram agressão da Polícia Militar

por Adi Spezia, em Cimi

Com saúde indígena e a falta de atendimento nas comunidades em situação caótica e as políticas de permanência no ensino superior para indígenas e quilombolas sem data para os editais serem aberto, uma delegação composta por mais de 300 lideranças e estudantes esteve mobilizada em Brasília durante esta semana, de 3 a 7 de junho. O objetivo era dialogar com órgãos do governo sobre estas pautas e dar seguimento às demandas levantadas durante o Acampamento Terra Livre (ATL) 2019, realizado em abril deste ano.

(mais…)

Ler Mais

Audiência pública instruirá procedimentos do MPF contra corte de verbas para educação federal

Evento, realizado em Porto Alegre (RS), reuniu cerca de 80 pessoas nesta sexta-feira (7)

O Ministério Público Federal (MPF) reuniu em audiência pública, nesta sexta-feira (7), em Porto Alegre (RS), membros da instituição que atuam na área de Direitos do Cidadão, representantes das universidades e institutos federais na região Sul, associações nacionais de reitores, docentes, discentes e outras organizações da sociedade civil. Cerca de 80 pessoas estiveram presentes, além dos que acompanharam o debate via TVMPF – o vídeo completo será disponibilizado entre os dias 10 e 11 de junho.

(mais…)

Ler Mais

Justiça da Bahia manda MEC suspender bloqueio nas universidades

Decisão atende ação de diretório estudantil da UnB, e governo pode recorrer. Em maio, houve manifestações em todo o país contra bloqueio.

Por G1

A Justiça Federal da Bahia determinou, na noite desta sexta-feira (7), que o Ministério da Educação suspenda o bloqueio de verbas nas universidades federais. O governo pode recorrer.

A decisão foi tomada pela juíza Renata Almeida de Moura, da 7ª Vara Federal, em Salvador, em resposta a uma ação apresentada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (UnB).

(mais…)

Ler Mais

Após mobilização, MEC garante 4 mil Bolsas Permanência a estudantes indígenas e quilombolas

Cerca de 1200 estudantes não serão contemplados pelo Programa Bolsa Permanência devido aos cortes de recursos. MEC comprometeu-se a incluí-los em outro programa

Por Tiago Miotto/Cimi

Durante semana de mobilização em Brasília, o Ministério da Educação (MEC) garantiu a abertura de quatro mil novas Bolsas Permanência para estudantes indígenas e quilombolas até o dia 29 de junho. O compromisso foi assumido em reunião realizada após uma marcha de estudantes e lideranças até o MEC, na quarta-feira (5).

(mais…)

Ler Mais

MPF firma compromisso com prefeitura de Maués (AM) para combate ao desmatamento e melhorias em saúde e educação

Documento também foi assinado por representantes de outros órgãos durante audiência pública realizada no município no último dia 5

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas firmou termo de compromisso com a Prefeitura do Município de Maués (a 276 quilômetros de Manaus) e outros órgãos para implementação de uma série de medidas de combate ao desmatamento e para melhorias nas áreas de saúde e educação no município.

(mais…)

Ler Mais

Há 50 anos, a educação sexual chegava às escolas alemãs

O primeiro atlas para esclarecimento sexual foi um pequeno escândalo na sociedade da Alemanha Ocidental. Hoje a escola é uma das principais fontes de informação para os jovens, também reparando o que a internet distorce.

DW

“Vamos falar das abelhinhas e as florezinhas”: assim costumava começar a educação sexual na Alemanha Ocidental, até a década de 1960 – se é que ela acontecia. Até que foi dada a partida para uma pequena revolução: em 10 de junho de 1969 chegava às escolas o Sexualkunde-Atlas (Atlas de educação sexual).

(mais…)

Ler Mais

2020 seria o começo do fim da educação básica?

O Fundeb, vital fundo para o ensino público, está em risco: com validade até o próximo ano, pode ser extinto pelo governo Bolsonaro. É preciso discutir (e entender) o financiamento da educação — ou milhares de escolas podem fechar as portas

por Cleo Manhas, em Outras Palavras

Com o sinal vermelho ligado no que diz respeito ao financiamento da Educação, é importante entender de onde vêm os recursos que mantém a política de ensino no país. O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), por exemplo, é um dos mais importantes instrumentos de sustentação da educação básica. Aprovado em 2006, fruto da luta do movimento social, a validade do Fundeb é somente até dezembro de 2020, o que precisa ser revisto com urgência.

(mais…)

Ler Mais

Sem bolsas, restaurantes e obras: os impactos dos bloqueios do MEC

A maior universidade do País, a UFRJ, só consegue se manter até o final de junho. A UFSB, a menor do Brasil, até setembro

Por Thaís Chaves, Carta Capital

3% de um valor parece pouco. Mas não é o caso da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, que recebe 3% do orçamento geral do Ministério da Educação – esses 3% representam a maior quantidade de recursos que uma instituição federal recebe no país. Isto porque apenas 4% dos investimentos totais do MEC são destinados a todos os outros 102 institutos e universidades federais do País.

(mais…)

Ler Mais

MPF realiza audiência pública para debater bloqueio de verbas nos institutos e universidades federais

Evento será realizado no dia 7 de junho, às 14h, em Porto Alegre

Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul

O Ministério Público Federal realiza na sexta-feira (7), a partir das 14h, no auditório da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, audiência pública para discutir o bloqueio de verbas nas instituições de ensino superior da região Sul, compreendendo as universidades federais e institutos federais.

(mais…)

Ler Mais