Por que Glenn teve que dar aula aos jornalistas sobre o que é jornalismo?

Tiago Tristão Artero, no Portal Pensar a Educação Pensar o Brasil

A atuação dos jornalistas no programa de entrevistas na data de 02 de setembro gerou incômodo aos que, minimamente, conhecem o ofício do jornalismo e a própria Constituição. Muitas das vezes, as perguntas elaboradas denotavam uma defesa pelo descumprimento das leis por parte de promotores e juízes e o ataque ao exercício do jornalismo. É o obscurantismo escrachado e naturalizado numa evidente glamourização da ignorância e isso nos impele a apoiarmos as manifestações pela democracia no dia 07 de setembro.

(mais…)

Ler Mais

CDHM pede ao Itamaraty informações sobre situação de brasileiro preso na Rússia

Pedro Calvi, CDHM

O casal Robson Oliveira e Simone Barros, de Nova Iguaçu (RJ) , foi para a Rússia trabalhar na casa da família do jogador Fernando, que jogava no time russo Spartak. O casal levava na bagagem medicamento para dores crônicas, que seria encomenda da família. Porém, esse tipo de remédio é considerado entorpecente, e o porte, tráfico de drogas na Rússia. Por causa disso, Robson foi preso e permanece detido na cidade de Kashira, a 110 quilômetros de Moscou, aguardando julgamento.

(mais…)

Ler Mais

Comportamento do governo é “obscurantista e autoritário”, diz ex-diretor do Inpe

Ao BdF, Ricardo Galvão fala sobre Amazônia, ciência nacional, ingerência estrangeira e a postura do governo

José Eduardo Bernardes*, Brasil de Fato

Até julho deste ano, Ricardo Galvão foi diretor do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), orgão responsável por divulgar os dados relativos ao desmatamento na Floresta Amazônica. Naquele mês, dados disponibilizados pelo instituto mostraram um aumento histórico do desmatamento no país e geraram críticas do presidente Jair Bolsonaro, que chegou a afirmar que as informações eram mentirosas e acusar Galvão de estar a serviço de ONGs estrangeiras.

(mais…)

Ler Mais

MPF lança plataforma digital com informações sobre territórios e comunidades tradicionais

Construída de forma coletiva, ferramenta visa orientar atuação institucional e definição de políticas públicas

Procuradoria-Geral da República

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou oficialmente a Plataforma de Territórios Tradicionais durante a 4ª oficina do projeto, realizada na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, nesta terça-feira (27). Desenvolvida em parceria com o Conselho Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais (CNPCT) e com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), a ferramenta utiliza georreferenciamento para reunir e disponibilizar informações de diversas fontes sobre as áreas habitadas por povos e comunidades tradicionais de todo o Brasil. O objetivo é realizar um diagnóstico da ocupação de territórios e das necessidades desses grupos, a fim de orientar a atuação dos órgãos públicos e a definição de políticas que atendam essas comunidades.

(mais…)

Ler Mais

MPF abre investigação no Pará sobre contratação de sistema privado para monitorar o desmatamento

Ibama deve explicar porque abriu licitação para contratar um serviço que já existe no Inpe

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação no Pará sobre a intenção anunciada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) de contratar um sistema de monitoramento de alta resolução espacial, para geração de alertas diários de desmatamento, sendo que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mantém serviço similar e cientificamente reconhecido.

(mais…)

Ler Mais

MAB pede cumprimento de lei que assegura direitos de populações atingidas por barragens

Da Redação Sul21*

A Coordenação Estadual do Movimento de Atingidos por Barragens do Rio Grande do Sul (MAB-RS) reuniu-se, dia 12 de agosto, com o Secretário Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior e com o diretor do Departamento de Energia, Eberson Thimmig Silveira, para tratar de um conjunto de pautas de interesse das populações atingidas e ameaçadas por barragens. Segundo o MAB, após a construção das barragens, as regiões afetadas, como o Alto Uruguai Gaúcho, convivem com inúmeros passivos sociais, econômicos, culturais e ambientais, na contramão do discurso de desenvolvimento prometido.

(mais…)

Ler Mais

Para Greenwald, Moro e Dallagnol obstruem a Justiça ao dizer que apagaram mensagens

Em audiência no Senado, fundador do “Intercept Brasil” afirma que Moro cria clima de “ameaça à imprensa livre” com suposta investigação contra o jornalista

Por Tiago Pereira, da RBA 

Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado realizada nesta quinta-feira (11), o jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, veículo que vem divulgando conversas mostrando indícios de conluio entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores da Operação Lava Jato, ressaltou que a autenticidade do material vem sendo comprovada por veículos como Folha de S.PauloVejaBandNews e Correio Braziliense. Ele desafiou o atual ministro da Justiça e Segurança Pública e o procurador Deltan Dallagnol a explicitar qualquer adulteração, e os acusou de eliminar provas para evitar prestar esclarecimentos.

(mais…)

Ler Mais

Tariq Ali: “Você olha para Sergio Moro e não vê a cara da Justiça”

Escritor paquistanês diz que Moro é “enganador e corrupto” e conta sobre “Em defesa de Julian Assange”, livro que reúne textos de Noam Chomsky, Chelsea Manning, entre outros

Por Natalia Viana, Agência Pública

Defender Julian Assange é defender o direito que as pessoas têm de saber como estão sendo governadas. É essa a opinião de Tariq Ali, intelectual e escritor paquistanês que lança em agosto o livro “Em Defesa de Julian Assange” (In defence of Julian Assange), que reúne textos de Noam Chomsky, Daniel Ellsberg, Chelsea Manning, Ai Weiwei e Slavoj Žižek, entre outros autores, analisando a situação do australiano fundador do Wikileaks. A autora desta entrevista também colaborou para o livro, que está em pré-venda, em inglês, no site da editora ER Books. Toda a renda será revertida para a organização Courage Foundation, que auxilia Assange e apoia pessoas que vazam informações.

(mais…)

Ler Mais

Em audiência pública promovida pelo MPF, pescadores artesanais lamentam publicação de decreto com profundos impactos socioeconômicos

Classe alega ainda que norma foi editada sem nenhuma consulta prévia, sem embasamento científico e sem que houvesse tempo para as adequações dos integrantes da cadeia de pesca às novas exigências

Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul

Com o objetivo de ouvir os pescadores artesanais profissionais a respeito do Decreto 15.166/2019, que regulamenta a atividade pesqueira em Mato Grosso do Sul, o Ministério Público Federal (MPF) promoveu, nesta segunda-feira (8), a audiência pública “Impactos da legislação estadual de pesca sobre a atividade tradicional dos pescadores profissionais artesanais de Mato Grosso do Sul”.

(mais…)

Ler Mais