A pandemia assola as periferias do mundo

Depois de debelada na China, e de castigar Europa e EUA, covid-19 cresce entre os 4 bilhões sem acesso à riqueza global. América Latina e África estão na trilha. E mais: os deputados que invadem hospitais

por Maíra Mathias e Raquel Torres, em Outra Saúde

MAIS PERTO DO TOPO

Entre quarta e quinta-feira, o Brasil registrou 1.473 mortes pelo novo coronavírus (mais um recorde), levando o total de óbitos a 34.021. O número de casos conhecidos subiu para 614.941. Com isso, o país superou a Itália em número absoluto de mortes e ocupa a terceira posição no ranking global. Em segundo lugar está o Reino Unido, que se aproxima dos 40 mil – e a não ser que aconteça algum descontrole rápido e repentino por lá, é uma questão de (pouco) tempo até que o Brasil chegue à segunda posição, abaixo dos Estados Unidos, que hoje têm 108 mil mortes.

(mais…)

Ler Mais

Trabalhadores da Andrade Gutierrez com Covid-19 fizeram quarentena na boleia de um caminhão

Empreiteira enviou contaminados para cidades sem estrutura para casos graves; caso chegou à imprensa como incêndio “ameaçador” contra funcionários, ateado por moradores de um povoado no norte baiano; CPT e a comunidade contam que no galpão não tinha ninguém

Por Caio de Freitas Paes, em De Olho no Genocídio

No último dia 28 de maio, uma revolta camponesa na divisa entre Bahia e Piauí ganhou o noticiário da grande imprensa. Os moradores do pequeno povoado de Angico, em Campo Alegre de Lourdes (BA), foram descritos como agressivos, criminosos. Com descrições como esta: “moradores ateiam fogo em alojamento de trabalhadores contaminados”. Ou esta: “usaram armas para ameaçar os trabalhadores”.

(mais…)

Ler Mais

Alerta: profissionais da saúde contaminam-se no Vale do Javari, região de povos isolados

Um enfermeiro, dois técnicos de enfermagem e um agente que atuam em Atalaia do Norte (AM) testaram positivo para Covid-19; suspeita é de contágio a partir de um pescador; trata-se da maior região no mundo de indígenas sem contato

Por Maria Fernanda Ribeiro, em De Olho no Genocídio

A contaminação de quatro profissionais de saúde do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Vale do Javari, no Oeste do Amazonas, acendeu o alerta para o avanço da pandemia do coronavírus na maior região de indígenas isolados do mundo. De acordo com informações da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), um enfermeiro, dois técnicos de enfermagem e um agente de combate a endemias não-indígenas, que atuam no Polo Base Médio Javari, na região do município de Atalaia do Norte, teriam sido contaminados após um pescador com sintomas ter acessado a região.

(mais…)

Ler Mais

Carta-denúncia Mineração e pandemia: essencial é a vida!

CPT

Diversos movimentos e organizações sociais, entre elas a CPT, assinam Carta-denúncia sobre a continuidade dos trabalhos de mineradoras em plena pandemia do COVID-19, colocando em risco a vida de diversas comunidades camponesas e de povos tradicionais. “As organizações abaixo listadas, compondo a Articulação em Defesa da Vida no Enfrentamento ao modelo mineral do Norte da Bahia, vêm por meio desta carta denunciar a situação e exigir que os poderes públicos adotem medidas para garantir os direitos dos/as trabalhadores/as do setor minerário, sobretudo o direito ao isolamento social com manutenção integral de seus salários, bem como de toda a população que sofre com risco de contaminação em função dos fatos já expostos, seja na cidade ou no campo. Destaca-se ainda a necessidade de que sejam realizadas ações de proteção dos povos e comunidades tradicionais que estão sob ameaça de contaminação em função das atividades minerárias”. Confira o documento na íntegra:

(mais…)

Ler Mais

OIT: 55 millones de indígenas afectados por alta vulnerabilidad al COVID-19

Se requieren medidas urgentes para enfrentar las consecuencias de la pandemia entre los pueblos indígenas, afectados en forma desproporcionada por la pobreza y la informalidad. Un análisis de OIT destaca que es necesario afrontar la emergencia sanitaria y también “una marginación centenaria”.

Servindi

Un análisis de la Organización Internacional del Trabajo (OIT) advierte que 55 millones de mujeres y hombres indígenas que viven en América Latina y el Caribe tienen alta vulnerabilidad frente al COVID-19 por factores que se arrastran desde antes de la crisis actual.

(mais…)

Ler Mais

Mortes por covid-19 entre indígenas precisam virar assunto para a Corte Interamericana de Direitos Humanos

Conforme o mais recente levantamento da Apib, 178 indígenas morreram em decorrência da covid-19. São 1.809 contaminados distribuídos em 78 povos

No Cimi

Estudo da Fundação Oswaldo Cruz, divulgado essa semana, mostra que 48% de mortes por covid-19 em pacientes internados estão entre os indígenas. Neste quesito, é a maior taxa de mortalidade do país – superando as populações parda (40%), negra (36%), amarela (34%) e branca (28%). Vivemos um contexto absolutamente sombrio, sobretudo com a flexibilização da quarentena, e a pandemia pode gerar no Brasil uma situação de genocídio pela completa falta de um plano de ação para enfrentar uma situação cada vez mais dramática.

(mais…)

Ler Mais

A Suécia já não tem tanta certeza

por Maíra Mathias e Raquel Torres, em Outra Saúde

Aconteceu ontem, bem cedinho. Anders Tegnell, o epidemiologista-chefe da Agência de Saúde Pública da Suécia, admitiu, pela primeira vez, que a resposta do país ao coronavírus “tem potencial para melhorar”. A Suécia, como sabemos, não fechou quase nada e contou com a “colaboração” dos cidadãos para botar em marcha sua própria versão de isolamento social. Assim, as escolas infantis permaneceram abertas, viagens domésticas continuaram normais, restaurantes, bares e até cinemas seguiram funcionando (embora em uma configuração mais espaçada)… Encontros de até 50 pessoas eram permitidos. 

(mais…)

Ler Mais

A quarentena, o Fascista e a violência contra as mulheres

Artigo lembra a importância da iniciativa do MST contra o vírus e violências

Por Coletivo Nacional de Gênero do MST
Da Página do MST

Não morrer dos vírus nem dos covardes!

A quarentena, deveria ser uma condição possível a todas/os com foco em salvar as vidas das pessoas de forma geral, no entanto, a necessidade dela mostra duas questões prementes de serem enfrentadas. A primeira delas é que o isolamento social se tornou um direito apenas de um setor da sociedade com emprego formal e condições econômicas, não sendo a realidade de mais de 40% da população que vivem em trabalho informal. As parcas ações estatais aprovadas não foram suficientes para garantir a permanência da classe trabalhadora em casa.

(mais…)

Ler Mais

Covid-19: MPF abre inquérito para investigar execução orçamentária de combate à pandemia

Levantamento mostra que Ministério da Saúde usou apenas 6,8% dos recursos disponíveis para ações diretas de enfrentamento

O Ministério Público Federal (MPF) determinou a instauração de Inquérito Civil Público para apurar a utilização do orçamento destinado ao combate ao novo coronavírus pelo Ministério da Saúde. Segundo dados obtidos em sites da própria pasta, até 27 de maio apenas 6,8% dos recursos disponíveis foram gastos e os repasses aos estados e municípios foram drasticamente reduzidos a partir da segunda quinzena de abril. O MPF solicitou ainda informações ao Ministério da Saúde e ao Conselho Nacional de Saúde, ao Conselho Nacional dos Secretários da Fazenda e do DF, à Frente Nacional de Prefeitos e à Confederação Nacional de Municípios e Instituição Fiscal Independente. Os órgãos têm dez dias para prestar informações, a partir do recebimento dos ofícios.

(mais…)

Ler Mais