Lançada a Rede Irerê de proteção à Ciência

Por Bruno C. Dias, na Abrasco

O canto do Irerê, ave que anima a natureza e alerta a presença de predadores, serviu de inspiração para a criação da Rede Irerê de Proteção à Ciência. Lançada na noite do último dia 16, a Rede, que conta com o apoio da Abrasco, marca um novo momento de fortalecimento e defesa do conhecimento crítico, tendo a abrasquiana Lia Giraldo da Silva Augusto como coordenadora executiva.

(mais…)

Ler Mais

O (quase) consenso da maconha

Parlamentares de esquerda e direita se unem a militantes e pesquisadores pela aprovação do uso medicinal da cannabis

Por Igor Carvalho, Agência Pública

“Essas questões têm que ter mais discussão em casa, na família e na escola. Não podemos ter tabu, temos que quebrar o tabu e discutir o tema. Não tem que liberar e nem proibir, tem que regulamentar e informar, da mesma forma que se faz com o álcool. É uma questão de democracia, ou você confia que as pessoas aprendem e decidem ou não tem jeito.” A frase foi dita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para um seleto grupo de empresários que pagou R$ 1.500 para participar do Cannabis Thinking, um congresso sobre as possibilidades da cannabis medicinal para o mercado brasileiro ocorrido no dia 7 de março em São Paulo.

(mais…)

Ler Mais

Os Karitiana e a Covid-19. Por Íris Morais Araújo

Proponho uma reflexão sobre as ações Karitiana em função da Covid-19. Até a chegada da doença, o grupo realizou medidas preventivas, valendo-se de sua Festa dos Remédios e, ao mesmo tempo, atendendo às recomendações não indígenas no enfrentamento da gripe. Contudo, após a contaminação generalizada e a ocorrência de dois falecimentos em hospitais, os Karitiana decidiram concentrar-se apenas nos seus próprios meios de cura. Procuro desvendar os fundamentos dessa decisão.

(mais…)

Ler Mais

Morte de líder Kumaruara revela desassistência na Resex Tapajós-Arapiuns

Por Tainá Aragão, na Amazônia Real

Na imagem, familiares e amigos fazem a travessia-funeral do corpo do indígena Alberto Castro Bispo, que não recebeu o soro antiofídico após picada de cobra (Foto: Leonardo Milano/Amazônia Real)

Santarém (PA) – “Perdemos mais um Kumaruara por negligência do desgoverno”. A frase em tom de desabafo faz parte da carta-manifesto publicada em 4 de outubro, dia em que morreu o líder Alberto Castro Bispo, 47 anos. O indígena foi picado por uma serpente surucucu e foi a óbito durante a travessia fluvial pelo rio Tapajós por falta do soro antiofídico e assistência médica. A morte causou revolta ao povo Kumaruara, que há anos reivindica acesso à saúde na região da Reserva Extrativista Tapajós- Arapiuns, no Pará, inclusive na pandemia do novo coronavírus.

(mais…)

Ler Mais

Em São Sebastião (SP), pacientes relatam pressão para tomar hidroxicloroquina

Cidade do litoral de São Paulo utiliza medicamentos sem eficácia comprovada contra o coronavírus; protocolo começou restrito e foi ampliado para pessoas com sintomas leves

Por Anna Beatriz Anjos, Julia Dolce, Agência Pública

No início da pandemia, Márcia*, professora em São Sebastião, no litoral paulista, estava desesperada com a possibilidade de contrair a Covid-19. O home office e o isolamento quase total – ela conta que só saía de casa para ir ao mercado – aumentaram a proteção, mas não foram suficientes para afastar o vírus. Em julho, ela começou a apresentar os primeiros sintomas de gripe, como cansaço e o corpo febril. Quando, no quinto dia, parou de sentir qualquer cheiro ou gosto, decidiu entrar em contato com o atendimento médico virtual do município para casos suspeitos de Covid-19, via Whatsapp. 

(mais…)

Ler Mais

O que as doenças falam sobre nós

por Maíra Mathias e Raquel Torres, em Outra Saúde

DIGA-ME O QUE TENS

Saíram os novos dados do Estudo Global de Carga de Doenças (GBD, na sigla em inglês), com informações que vão de 1990 a 2019 e abrangem 204 países. Há poucas boas notícias, então vamos começar por elas: no período, a expectativa de vida saudável – o tanto que uma pessoa pode esperar ter boa saúde – aumentou 6,5 anos. Enfermidades que afetam gestantes e crianças diminuíram 55%. E os esforços para combater doenças neonatais e maternas, além das infecciosas, tiveram resultados particularmente bem-sucedidos nos países de baixa e média renda. 

(mais…)

Ler Mais

Povo de Joinville (SC) pede cloroquina e prefeitura cria centro para juntar “quem quer prescrever” com “quem quer receber”

Segundo secretário de saúde, servidores chegaram a ser agredidos porque se negaram a prescrever remédio sem eficácia comprovada contra Covid; presidente de Sociedade Catarinense de Infectologia fala em “encruzilhada” criada por Ministério da Saúde

Por Anna Beatriz Anjos, em Agência Pública

Era sexta-feira, dia 2 de agosto, quando o motorista Rogério Selonke, de 42 anos, começou a ter dor de cabeça e febre. Ele é morador de Joinville, a cidade mais populosa de Santa Catarina, com 590 mil habitantes. No dia seguinte, Rogério decidiu correr à UPA perto de sua casa, na zona leste do município, para se consultar com um médico. Em plena pandemia, seu pensamento era só um: podia estar com Covid-19. 

(mais…)

Ler Mais

Aldeias na reclusão: Vírus e cerco à vida indígena

Relatos de um mundo sitiado. Latifúndios e missões evangélicas acossam territórios ancestrais. Queimadas tornam a vida insuportável. Covid e dependência das cidades apavoram — mas surgem ações para autonomia na produção de alimentos

Por Angela Pappiani, com relatos de Uraan Suruí (povo Paiter Suruí/RO) e Elly Mairu Karajá (povo Iny Karajá/TO), em Outras Palavras

A pandemia de coronavírus no Brasil já tirou a vida de mais de 160 mil pessoas. Apesar do ritmo de propagação e do número de mortes terem caído, o vírus continua entre nós, segue contaminando muitas pessoas nas cidades e nas aldeias e fazendo vítimas para além do efeito direto da doença, pois o suposto combate à pandemia tem permitido desvios de verbas, corrupção e ações populistas. E agora, com eleições, o uso político da grave crise sanitária e econômica promete trazer personagens e propostas na contramão das necessidades reais da população, da afirmação da democracia e do direito.

(mais…)

Ler Mais

Começa batalha contra as patentes na Organização Mundial do Comércio

por Maíra Mathias e Raquel Torres, em Outra Saúde

BATALHA PELO ACESSO

Começa hoje a reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC) que vai debater a proposta de Índia e África do Sul sobre a quebra temporária das patentes de todas as tecnologias de saúde necessárias ao enfrentamento da pandemia. A ideia será debatida no Conselho TRIPS – sigla para o acordo que protege patentes no comércio internacional, mas prevê exceções em casos específicos. 

(mais…)

Ler Mais