Negros são 82% dos resgatados do trabalho escravo no Brasil

Maioria dos 2.043 negros e pardos encontrados em situação análoga à escravidão entre 2016 e 2018 é de jovens, nordestinos e sem escolaridade. Para especialistas, dados revelam a marginalização das populações negras.

Por Daniela Penha, em Repórter Brasil / CPT

Uma família de homens e mulheres negras. Nenhum dos quatro filhos conseguiu terminar o ensino médio. Cresceram na roça e começaram a trabalhar ainda crianças. João (nome fictício), de 26 anos, deixou a escola na sexta série, por volta dos 12 anos. Desde então, trabalha cortando cana ou colhendo café.  Em agosto de 2018, foi um dos 18 trabalhadores resgatados em situação análoga à de escravo em uma fazenda de café em Minas Gerais. 

(mais…)

Ler Mais

Ataque aos trabalhadores públicos. Por Elaine Tavares

No Palavras Insurgentes

A proposta do ministro Paulo Guedes para o serviço público é a volta aos tempos dos coronéis. Ou seja: para ser um servidor público haverá de ter QI, o famoso “quem indica”. Todo o processo de luta que os trabalhadores travaram para garantir um serviço público livre das ingerências dos governantes de plantão irá para o ralo com a reforma que está em curso.

(mais…)

Ler Mais

A conexão entre Aspirina, chocolate Bis e trabalho escravo

Por Marques Casara, no Brasil de Fato

Carnaúba é um tipo de palmeira que só existe no Brasil, principalmente nos estados do Piauí e do Ceará. De suas folhas é extraída uma cera usada em várias aplicações da indústria farmacêutica e dos setores de cosméticos e alimentos. A cera de carnaúba é um dos melhores produtos conhecidos, por exemplo, para conter umidade. 

(mais…)

Ler Mais

FUP e sindicatos enviam comunicado de greve à Petrobrás e subsidiárias

A FUP [Federação Única dos Petroleiros] e seus sindicatos filiados enviaram nesta terça-feira, 22, comunicado à Petrobrás, às subsidiárias e à Araucária Nitrogenados (ANSA) notificando os gestores sobre o início da greve dos  petroleiros, a partir da zero hora do dia 26/10, conforme deliberação das assembleias.

Diante da intransigência da Petrobrás em negociar os pontos apresentados pela FUP para melhoria da proposta de Acordo Coletivo, encaminhados à empresa e ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) no dia 26/09, não resta outra alternativa aos petroleiros se não o exercício do direito legítimo de greve.

(mais…)

Ler Mais

Incertezas e precarização são os efeitos mais visíveis na saúde mental dos trabalhadores. Entrevista especial com Daniel Viana Abs da Cruz

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

As transformações geradas pela Revolução 4.0 no mundo do trabalho não têm como consequência apenas a diminuição de postos de trabalho, mas também suscitam questões sobre a saúde mental tanto dos trabalhadores que já foram substituídos por máquinas, quanto daqueles que ainda nem ingressaram no mercado, como jovens e adolescentes. “Como se sente e se percebe um adolescente hoje ao acessar um mundo do trabalho que constantemente diz que só há espaço para vencedores, e que o vencedor é o mais veloz, o mais conectado, o mais empreendedor (com inglês fluente, conhecimento em finanças, e big data) e o mais hábil com suas emoções (suporta a tudo e a todos, com felicidade, gentileza e gratidão)? Como é para um adolescente perceber um mundo do trabalho que gera um imaginário de riqueza aos 20 anos, mas que muitas vezes só trabalhos precarizados, quando existem, consegue oferecer? Penso que essas questões precisam ser feitas para atendermos melhor nossa infância e adolescência hoje”, afirma o psicólogo Daniel Viana Abs da Cruz à IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais

Festival sobre o Combate ao Trabalho Escravo é realizado em escola do campo no MT

Na última sexta-feira, dia 20 de setembro, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Mato grosso realizou, em parceria com a Escola Estadual José de Lima Barros, o Festival de Combate ao Trabalho Escravo, na zona rural do município de Nossa Senhora do Livramento, na Baixada Cuiabana, a cerca de 40 quilômetros da capital Cuiabá. 

por Assessoria de Comunicação da CPT com informações da CPT Mato Grosso

O festival marcou o encerramento das atividades nesta escola da Campanha “De Olho Aberto para Não Virar Escravo”. As ações da Campanha já são desenvolvidas pela CPT no Mato Grosso há mais de 15 anos.

(mais…)

Ler Mais

MPF denuncia João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira por trabalho escravo na fazenda Brasil Verde (PA)

Denúncia cumpre sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos que condenou o Brasil pela impunidade no caso dos 85 trabalhadores mantidos em condições análogas à escravidão

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia criminal à Justiça Federal em Redenção (PA) contra João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira pelos crimes previstos nos artigos 149, 207 e 203 do Código Penal, cometidos contra 85 trabalhadores rurais que foram resgatados na fazenda de Quagliato, no município de Sapucaia (PA), em 15 de março de 2000. Pelo número de vítimas e pela gravidade dos crimes, os acusados podem ser condenados até à pena máxima de prisão prevista nas leis brasileiras, de 30 anos de reclusão.

(mais…)

Ler Mais

Trabalho escravo: fiscalização resgata 59 trabalhadores em Minas

Por Luciano Nascimento, em Agência Brasil

Operação de fiscalização resgatou 59 trabalhadores em condição de trabalho análoga à escravidão no final de agosto, no interior de Minas Gerais. A informação foi divulgada ontem (3) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A fiscalização foi feita em conjunto por auditores-fiscais do trabalho e agentes da Polícia Rodoviária Federal, no período de 19 a 28 de agosto. 

(mais…)

Ler Mais

MPF oferece denúncia por trabalho escravo no Sertão de PE

Treze menores, incluindo uma menina de três e outra de cinco anos de idade, estavam entre as pessoas submetidas a condições análogas às de escravo, na produção de farinha de mandioca

Procuradoria da República em Pernambuco

O Ministério Público Federal (MPF) em Salgueiro/Ouricuri (PE) denunciou os responsáveis por três estabelecimentos de produção de farinha de mandioca, na zona rural de Ipubi, no Sertão pernambucano, por submeterem trabalhadores a condições análogas às de escravo. O autor da ação é o procurador da República Marcos de Jesus.

(mais…)

Ler Mais