Ação do MPF resulta em condenação por crime de trabalho escravo em Trairão (PA)

Trabalhadores estavam em situação desumana para habitação. Não havia instalação sanitária nem água potável para o consumo e as refeições eram feitas em local aberto

Ministério Público Federal no Pará

A Justiça Federal no Pará condenou o proprietário rural Miguel Cirilo dos Santos a dois anos de reclusão, em regime aberto, por submeter cinco trabalhadores a condições similares à escravidão, na Fazenda Sobrado, localizada no município de Trairão, sudoeste paraense.

(mais…)

Ler Mais

Da vida em êxtase das socialites Levinsohn à violência no campo no oeste da Bahia

Camponês foi baleado no dia 31 por um dos seguranças da Fazenda Estrondo, localizada em terras públicas em Formosa do Rio Preto; na outra ponta societária do empreendimento agropecuário, festas no Copacabana Palace e ações beneficentes

Por Igor Carvalho, em De Olho nos Ruralistas

A celebração é um “get together à beira da piscina”, conforme as palavras da colunista social Hildegard Angel, em seu blog:

(mais…)

Ler Mais

Combate ao trabalho escravo: seminário marca 10 anos do projeto Ação Integrada

Acontece em Cuiabá, nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro, o Seminário ‘Novos Caminhos para a Erradicação do Trabalho Escravo’. O evento é organizado pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT), Ministério da Economia (ex-Ministério do Trabalho) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em comemoração aos 10 anos do projeto ‘Ação Integrada de Qualificação e Reinserção de Egressos do Trabalho Escravo’ (PAI), considerado referência mundial no enfrentamento ao problema

por MPT-MT / CPT

Por meio do projeto, que proporciona a inclusão social de trabalhadores resgatados de condições análogas às de escravo ou que se encontram vulneráveis socialmente a essa exploração, as vítimas conseguem a elevação da sua escolaridade, qualificação profissional e inserção no mercado formal de trabalho, de modo a ampliar a possibilidade de uma vida digna, fora do ciclo de exploração do trabalho escravo.

(mais…)

Ler Mais

Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo mobiliza a sociedade em Araguaína (TO)

Ações organizadas pela Comissão Pastoral da Terra buscam chamar atenção para a problemática em âmbito estadual e nacional

CPT

Organizações da sociedade civil e entidades públicas realizam, entre os dias 28 de janeiro a 8 de fevereiro, atividades em memória à Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Todo mês de janeiro, desde 2010, diversos eventos são organizados no Tocantins e em outros estados brasileiros para chamar atenção sobre o problema e cobrar avanços na erradicação do trabalho escravo contemporâneo.

(mais…)

Ler Mais

Solidariedade e respeito às vítimas da Vale em Brumadinho. Por Jorge Luiz Souto Maior

Em seu blog

Ainda não se tem a contagem final do número de vítimas do rompimento de três barragens da Vale S/A, na cidade de Brumadinho, MG, ocorrido na tarde do dia 25 de janeiro de 2019, mas já se pode dizer que, além de uma enorme tragédia, principalmente no aspecto da quantidade de pessoas atingidas, sem esquecer do impacto ambiental, que também afeta a vida de pessoas, se trata de um dos maiores acidentes do trabalho verificados na história do Brasil e é, sobretudo, desse aspecto que pretendo tratar neste texto.O noticiário e as manifestações sobre o fato não abordam o tema sob esse ângulo, talvez partindo da consideração, plenamente correta, de que vidas são vidas e que não é o caso de se fazer qualquer distinção quando se trata de externar consternação pela dor humana, não importando, pois, a condição social da vítima.

(mais…)

Ler Mais

Brumadinho pode ser maior acidente de trabalho do Brasil

O resgate desesperado de uma mulher enlameada, helicópteros carregando corpos constantemente e famílias desesperadas em busca de famíliares desaparecidos

por Felipe Souza e João Fellet, em BBC News Brasil

As imagens após o rompimento de três barragens da Vale em Brumadinho (MG) na sexta-feira são registros do maior acidente de trabalho da história do Brasil, e que poderá se tornar o segundo acidente industrial – denominação para desastres de larga escala causados por atividades empresariais – mais mortífero do século 21 em todo o mundo, segundo especialistas e rankings compilados pela BBC News Brasil.

(mais…)

Ler Mais

CPT participa de simpósio “Trabalho Escravo e a Dignidade Humana”

Realizado na cidade de São Paulo, o simpósio “Trabalho Escravo e a Dignidade Humana” faz parte das programações decorrentes do Dia Nacional de combate ao Trabalho Escravo, dia 28 de janeiro

CPT

A iniciativa da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) reúne representantes de organizações e instituições que atuam no combate ao trabalho escravo, como a Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública da União, Missão Paz, Organização Internacional do Trabalho, entre outras.

(mais…)

Ler Mais

MPF denuncia criminalmente produtor rural que ameaçou procuradores da República por atuação no tema indígena

Discurso de ódio em redes sociais soma-se à afirmação pessoal de que usaria seu avião para “jogar uma bomba” sobre a sede do MPF em Dourados (MS)

MPF/MS

O Ministério Público Federal em Dourados (MS) denunciou um produtor rural, no curso de processo, pelo crime de coação, que ocorre quando a pessoa usa de violência ou grave ameaça para favorecer interesse próprio contra autoridade que atua em processo judicial. A pena prevista é de um a quatro anos de prisão e multa, além da pena correspondente à violência.

(mais…)

Ler Mais

Como a Vale espiona ativistas, sindicatos e críticos

Ex-gerente de segurança aciona o Ministério Público e sustenta: empresa promove escutas, suborna servidores públicos e infiltra agentes para calar movimentos que a criticam

Por Marina Amaral, na Publica / Outras Palavras
(Publicado 13/09/2013 – Atualizado 25/01/2019)

“Tem que deixar o buraco do rato, não pode encurralar, isso eu aprendi no Exército”. A frase crua expressa a revolta de André Luis Costa de Almeida, 40 anos, ao explicar por que decidiu revelar o que sabe sobre a área de vigilância e inteligência da Vale S.A, onde trabalhou durante oito anos – nos dois primeiros como terceirizado e depois como funcionário do Departamento de Segurança Empresarial. Ele era responsável pelo serviço de inteligência e gestor de contratos da Vale com empresas terceirizadas da área, quando foi demitido, em março de 2012.

(mais…)

Ler Mais

Comissão Global da OIT pede mudanças fundamentais em relação à saúde no trabalho

Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS)

A Comissão Global da OIT sobre o Futuro do Trabalho pede por mudanças fundamentais nas formas de se trabalhar nesta nova onda de globalização, rápido desenvolvimento tecnológico, transição demográfica e mudança climática, segundo seu novo relatório, Work for a Brighter Future, publicado nesta terça-feira (22). O documento pondera maneiras de garantir um futuro melhor para todas as pessoas em um momento de transformação sem precedentes e desafios excepcionais no mundo do trabalho.

(mais…)

Ler Mais