Insegurança e adoecimento psicológico atingem servidores públicos federais

Escalada de ofensas e constrangimentos por parte do governo causam fenômeno coletivo no funcionalismo

Nara Lacerda, Brasil de Fato

Servidores públicos federais enfrentam uma onda de adoecimentos psicológicos frente a determinadas declarações e ações do governo federal. Diferentemente do assédio moral, o chamado assédio institucional não está direcionado a indivíduos ou pequenos grupos e já passa a ser alvo de estudo e análise por parte de especialistas em saúde do trabalho, juristas e representantes das categorias.

(mais…)

Ler Mais

OIT: insuficiência de empregos remunerados afeta quase meio bilhão de pessoas

Quase meio bilhão de pessoas no mundo trabalham menos horas remuneradas do que gostariam ou não têm suficiente acesso ao trabalho assalariado, segundo o novo relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

ONU Brasil

O desemprego global permaneceu praticamente estável nos últimos nove anos, mas a desaceleração do crescimento econômico global significa que, embora a força de trabalho global aumente, não estão sendo criados novos empregos suficientes para absorver os que entram no mercado de trabalho.

(mais…)

Ler Mais

Incluir emprego informal no Censo brasileiro é manipulação para mostrar governo eficaz, diz especialista

Por Maria Emilia Alencar,da RFI, no IHU

O Brasil se prepara para realizar o Censo 2020. Antes mesmo de começar, o ritual que acontece a cada dez anos já é marcado por polêmicas. Além dos cortes no orçamento da operação, a mudança nos critérios de avaliação de algumas categorias é contestada por especialistas, que temem o uso político dos dados coletados.

(mais…)

Ler Mais

Extinção do Ministério do Trabalho: o que mudou após um ano?

Fenômeno mundial, precarização encontra terreno fértil no enfraquecimento da fiscalização, segundo especialistas

Nara Lacerda, Brasil de Fato

O fim do Ministério do Trabalho coloca o Brasil em uma posição de maior fragilidade frente a tendência de precarização dos empregos que vem sendo observada em todo o mundo e desequilibra a balança dos direitos e deveres de trabalhadores e patrões. 

(mais…)

Ler Mais

Pai de Blairo Maggi escravizou trabalhadores nos anos 80, diz relatório da PF

Trabalhador relatou ter sido açoitado com um chicote de couro em fazenda pertencente à Agropecuária Maggi, de André Maggi, precursora da Amaggi; relatório de 1988 foi classificado como “confidencial”

Por Lázaro Thor Borges, em De Olho nos Ruralistas

André Antônio Maggi, pai do ex-ministro Blairo Maggi (PP), sempre foi visto como um benfeitor, um líder no campo, um verdadeiro herói mato-grossense. Seu nome está registrado em avenidas, ruas, terminais rodoviários e outras instalações públicas em Mato Grosso. Para exaltar sua figura, em abril de 2019 foi lançada a primeira biografia sobre sua história, durante um evento de gala em um shopping de Cuiabá.

(mais…)

Ler Mais

A mutação do mundo do trabalho e a proteção dos trabalhadores – 60% dos empregos serão automatizados. Entrevista especial com Yuri Lima

Por: Por João Vitor Santos, em IHU On-Line

Um levantamento feito pelos pesquisadores do Laboratório do Futuro do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia – COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ indica que, nas próximas duas décadas, as atividades realizadas por aproximadamente 60% dos trabalhadores brasileiros serão automatizadas. “Considerando os municípios com mais de 10.000 trabalhadores, o impacto varia entre 56% (Caxias-MA) e 81% (Nova Serrana-MG), sendo a média e a mediana do índice 69%. Todos os municípios do país tendem a ter algum impacto, mas a diversidade entre os casos de cada um dificulta uma análise generalizada”, diz o engenheiro Yuri Lima ao comentar o estudo. De acordo com o pesquisador, esta e outras pesquisas realizadas pelo Instituto do Futuro sugerem que o impacto da automação “tende a se concentrar sobre os trabalhadores mais vulneráveis (menor renda, jovens e menor nível de formação), que terão mais dificuldades para se requalificar”. Para reduzir os efeitos negativos desse processo, aconselha, “será preciso uma atuação conjunta de atores sociais como governos, empresas, sindicatos e instituições de ensino”. E acrescenta: “Não devemos encarar com medo a projeção apresentada, mas sim como uma preocupação que não pode ser ignorada”.

(mais…)

Ler Mais

Trabalhador percorre 100 km a pé para denunciar escravidão e 17 são resgatados de fazendas no MS

Uma força-tarefa realizada entre os dias 2 e 6 de dezembro resgatou 17 trabalhadores de seis fazendas na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, em situação análoga à escravidão. O resgate aconteceu após um deles ter percorrido 100 quilômetros a pé, de Porto Murtinho ao Ministério Público Estadual em Bela Vista, e realizar a denúncia.

Mídia Max com informações do MPT-MS / CPT

De acordo com o trabalhador, ele estaria há dois meses prestando serviços na carvoaria de uma fazenda próxima a Porto Murtinho, e teria recebido apenas R$ 100 pelo trabalho. E após ser agredido deixou o local e percorreu mais de 100 quilômetros até o MP-MS em Bela Vista para reclamar seus direitos. Em depoimento ele ainda afirmou que não sabe ler nem escrever.

(mais…)

Ler Mais

Negros são 82% dos resgatados do trabalho escravo no Brasil

Maioria dos 2.043 negros e pardos encontrados em situação análoga à escravidão entre 2016 e 2018 é de jovens, nordestinos e sem escolaridade. Para especialistas, dados revelam a marginalização das populações negras.

Por Daniela Penha, em Repórter Brasil / CPT

Uma família de homens e mulheres negras. Nenhum dos quatro filhos conseguiu terminar o ensino médio. Cresceram na roça e começaram a trabalhar ainda crianças. João (nome fictício), de 26 anos, deixou a escola na sexta série, por volta dos 12 anos. Desde então, trabalha cortando cana ou colhendo café.  Em agosto de 2018, foi um dos 18 trabalhadores resgatados em situação análoga à de escravo em uma fazenda de café em Minas Gerais. 

(mais…)

Ler Mais

Ataque aos trabalhadores públicos. Por Elaine Tavares

No Palavras Insurgentes

A proposta do ministro Paulo Guedes para o serviço público é a volta aos tempos dos coronéis. Ou seja: para ser um servidor público haverá de ter QI, o famoso “quem indica”. Todo o processo de luta que os trabalhadores travaram para garantir um serviço público livre das ingerências dos governantes de plantão irá para o ralo com a reforma que está em curso.

(mais…)

Ler Mais

A conexão entre Aspirina, chocolate Bis e trabalho escravo

Por Marques Casara, no Brasil de Fato

Carnaúba é um tipo de palmeira que só existe no Brasil, principalmente nos estados do Piauí e do Ceará. De suas folhas é extraída uma cera usada em várias aplicações da indústria farmacêutica e dos setores de cosméticos e alimentos. A cera de carnaúba é um dos melhores produtos conhecidos, por exemplo, para conter umidade. 

(mais…)

Ler Mais