Quem foi Alfredo Stroessner, ditador homenageado por Bolsonaro?

Mais de 18 mil pessoas foram torturadas e mais de 400 foram executadas ou desapareceram no stroessnismo

por Giovanna Galvani, em CartaCapital

Reverenciado por Jair Bolsonaro na posse do novo diretor-geral da Usina Itaipu-Binacional, em Foz do Iguaçu (PR) nesta terça-feira 26, o general paraguaio Alfredo Stroessner entra no rol dos repressores publicamente citados – e admirados – pelo presidente brasileiro. Bolsonaro o definiu como “um homem de visão, um estatista” pela atuação do ditador na construção da Usina. Foi no governo de Stroessner que as relações entre ambos países se estreitaram – devido, em grande parte, à existência de governos autoritários de militares dos dois lados.

(mais…)

Ler Mais

“O problema da violência sexual é político, não moral”. Entrevista com Rita Segato

IHU On-Line

“A notícia de uma agressão sexual se instala como um espetáculo nos meios de comunicação e isso tem que mudar”, disse a antropóloga Rita Segato, uma das grandes intelectuais latino-americanas, ao analisar o tratamento dado, na televisão, à denúncia de estupro de Thelma Fardin contra Juan Darthés. Também chamou a atenção sobre o risco de que se produza um efeito imitação como ocorre com as notícias de suicídios, e sobre a necessidade de superar o lugar de vítima da atriz. “Não quero somente consolar uma vítima que chora. O ponto é como educamos a sociedade para entender o problema da violência sexual como um problema político e não moral”, destacou Segato

(mais…)

Ler Mais

Menina denuncia padrasto por estupro após palestra sobre violência sexual, no ES

Padrasto, suspeito de cometer o crime, foi preso pela Polícia Civil. Caso aconteceu em Vila Velha, na Grande Vitória. Criança comentou sobre o ocorrido com uma professora.

Por André Rodrigues, G1 ES

Uma menina de onze anos, moradora de Vila Velha, na Grande Vitória, denunciou o próprio padrasto por maus tratos e abuso sexual. A vítima conseguiu contar sobre o que vinha passando a uma professora, após assistir a uma palestra sobre violência sexual na escola pública onde estuda. O homem foi preso. (mais…)

Ler Mais

Mais de 70% das notificações de violência sexual no Brasil, entre 2009 e 2013, foram estupros

Por CSP, no Informe Ensp

De acordo com dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), mais de 70% das notificações de violência sexual no Brasil, entre 2009 e 2013, foram estupros. Analisar a evolução das notificações foi o objetivo de um artigo publicado no Cadernos de Saúde Pública, publicação científica da ENSP. (mais…)

Ler Mais

Bolsonaro pediu fim da lei que garante atendimento a vítimas de estupro

No projeto de 2013, candidato do PSL e outros 12 deputados argumentaram que lei teria como finalidade preparar terreno para a legalização do aborto no Brasil

por Bela Megale, em Época

O candidato à presidência pelo PSL Jair Bolsonaro é um dos autores do Projeto de Lei que pediu a revogação do atendimento obrigatório às vítimas de estupro. Na proposta, ele e outros 12 deputados, boa parte da bancada evangélica e todos homens, defendem o fim da lei que obriga a rede pública de saúde a prestar socorro a qualquer pessoa que sofreu violência sexual. (mais…)

Ler Mais

Aliado a Bolsonaro, presidente da Anvisa tentou dificultar atendimento a vítimas de estupro

William Dib somou-se à bancada evangélica em cruzada para derrubar lei que prevê atenção hospitalar obrigatória a mulheres que sofrem violência sexual

Por João Peres, em O Joio e o Trigo

O novo presidente da Anvisa, William Dib, é autor de uma proposta que tenta dificultar o atendimento hospitalar a vítimas de violência sexual. Ao lado de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e Marco Feliciano (PSC-SP), o ex-deputado federal pelo PSDB paulista tentou a revogação da Lei 12.845. (mais…)

Ler Mais

Vaticano: a guerra secreta contra Francisco

Bispos resistem à apuração da pedofilia. Papa enfrenta-a — mas seu poder é limitado e suas dificuldades são exploradas pelos conservadores na igreja e sociedade. Encontro em fevereiro pode ser decisivo

Marco Politi, entrevistado por Elena Llorente | Tradução: Inês Castilho, em Outras Palavras

O escritor e especialista em Igreja Católica Marco Politi afirma que pela primeira vez estão juntos uma oposição teológica conservadora e ambientes políticos conservadores. “Os detratores do Papa servem-se dos escândalos de pedofilia para debilitá-lo. Antes era um ataque à Igreja, agora é um ataque à credibilidade deste Papa”, sustenta.  (mais…)

Ler Mais

‘Há um pacto de silêncio’: casos de estupro na USP são subestimados

Acusação de 2012 voltou a julgamento. Alunas e professoras relembram que a violência sexual ainda persiste na universidade

por Giovanna Costanti, Carta Capital

Na manhã da quinta-feira 2, um grupo composto em maioria por mulheres se agrupava no corredor do segundo andar do Tribunal de Justiça de São Paulo, na Praça da Sé. A movimentação já era esperada, vide as duas viaturas e alguma meia dúzia de policiais militares a postos nas entradas. (mais…)

Ler Mais

Mulheres respondem a funk com apologia ao estupro: “É crime”

Uma das faixas mais ouvidas no Brasil, música de MC Diguinho causa polêmica, reação feminina e debate sobre a cultura do estupro

por Tory Oliveira — CartaCapital

“Só surubinha de leve com essas filhas da puta, taca a bebida, depois taca a pica e abandona na rua”, canta MC Diguinho no funk “Surubinha de Leve”, uma das faixas mais ouvidas no Brasil nas plataformas de streaming. Um clipe da música, lançada há quatro meses, está previsto para ser divulgado na quarta-feira 17. (mais…)

Ler Mais