Professores, estudantes, pais, lideranças, anciãos, mulheres realizam a Oficina ‘Saberes Indígenas na Escola’ na aldeia São José

Por Associação União das Aldeias Apinajé-Pempxà

A Oficina “Saberes Indígenas na Escola” foi realizada nos dias 16 e 17 de novembro de 2018 na Escola Estadual Indígena Mãtyk na aldeia São José, TI Apinajé no município de Tocantinópolis e teve importante participação de lideranças, professores e estudantes indígenas universitários vindos de outras aldeias Apinajé. Participaram ainda professores da UFT de Araguaína, Porto Nacional e Tocantinópolis, além de pesquisadores e acadêmicos indígena Panhĩ e não indígenas da UFT e UFG. (mais…)

Ler Mais

Negros e negras brasileiros que deveriam ser mais estudados nas escolas

“Parece que os negros não têm passado, presente e futuro no Brasil. Parece que sua história começou com a escravidão, sendo o antes e o depois dela propositalmente desconhecidos.”

Quem afirma é o antropólogo Kabengele Munanga, professor do Centro de Estudos Africanos da Faculdade de Filosofia, Letras, Ciências e Humanidades da USP. Não à toa, o Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, é baseado na história envolta em mistérios e lendas de Zumbi dos Palmares, escravo que liderou um quilombo em Alagoas no século 17. (mais…)

Ler Mais

Virada da Consciência Negra celebra a resistência com muita arte e cultura em SP

Evento conta com atrações musicais, artísticas e esportivas em 150 pontos da capital paulista, a partir deste domingo (18) e até quarta-feira (21)

Na RBA

Entre os dias 18 e 21 de novembro, a cidade de São Paulo será palco da primeira Virada Cultural da Consciência Negra em homenagem a um dos principais símbolos da resistência à escravidão, Zumbi dos Palmares. Os eventos, organizados pela Faculdade Zumbi dos Palmares e ONG Afrobras, serão realizados em 150 pontos da capital paulistana com diversas atividades gratuitas, relacionadas à música, dança, teatro, moda, beleza, cinema, mostras de artes visuais e competições esportivas. (mais…)

Ler Mais

Do Estado Novo ao golpe de 1945

Saiba como se inaugura o contraditório Estado Novo no Brasil, que completou 81 anos neste último sábado (10)

Por Jullyana Luporini, na Página do MST

No dia 10 de Novembro de 1937, um pronunciamento na rádio nacional realizado pelo presidente Getúlio Vargas inaugurou um obscuro e contraditório período na política brasileira: o Estado Novo. Com o Senado e a Câmara dos Deputados cercados pelo Exército a oposição dentro do Congresso Nacional foi praticamente nula, limitando-se a oposição do Ministro da Agricultura, Odilon Braga, que pediu demissão do cargo. Os oitenta deputados vão, um a um, saudar o novo ditador do Brasil.

(mais…)

Ler Mais

A nova face de Luzia e do povo de Lagoa Santa

por Peter Moon, em Agência FAPESP

A história do povoamento das Américas acaba de ganhar uma nova interpretação. O maior e mais abrangente estudo já feito a partir de DNA fóssil, extraído dos mais antigos restos humanos achados no continente, confirmou a existência de um único contingente populacional ancestral de todas as etnias ameríndias, passadas e presentes.  (mais…)

Ler Mais

O sujeito oculto: ao vencedor as batatas. Por Mauro Luis Iasi

Uma pergunta assombra os cérebros inquietos que procuram compreender o cenário que se abre com a eleição de Bolsonaro: como isso foi possível?

No blog da Boitempo

Uma pergunta assombra os cérebros inquietos que procuram compreender o cenário que se abre com a eleição de Bolsonaro: como isso foi possível? É compreensível, uma vez que essas pessoas se pautam pela razão e o bom senso e imaginam que os acontecimentos se definem por uma certa razoabilidade. Infelizmente, o que a história nos comprova é que na luta de classes, como na guerra, a primeira vítima é a razão. (mais…)

Ler Mais

Isso que ainda não terminou de acabar

Uma exposição rememora em São Paulo o que ocorreu no Brasil durante a ditadura militar e lembra que não se deve jamais considerar a liberdade como algo garantido

Por Estrella de Diego, no El País

Em maio de 1968, estudantes parisienses procuravam a praia debaixo dos paralelepípedos, seguindo o desafio da Internacional Situacionista, e acabavam dando de cara com a polícia entrando na Sorbonne, profanando o pacto de inviolabilidade nas universidades. Paris ardia e, embora alguns argumentem que o maio de 68 —que completou cinquenta anos— foi um blefe, uma pose avant la lettre, é claro que o mundo nunca voltaria a ser como antes. (mais…)

Ler Mais

Uma pastoral de risco

Pedro Calvi, CDHM

Há 30 anos era criada na Paraíba, a Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2. Hoje, no mesmo estado, essa CPT contabiliza 320 assentamentos da reforma agrária onde vivem 17 mil famílias, num total de 98 mil pessoas. Mas, nesse caminho, mulheres e homens trabalhadores rurais foram vítimas de violência, despejos e até assassinatos. Nos últimos anos, 29 foram mortos na Paraíba em conflitos agrários. Essa trajetória de lutas, vitórias e perdas também aconteceu nos outros três estados que formam a CPT Nordeste 2: Alagoas, Rio Grande do Norte e Pernambuco. (mais…)

Ler Mais

Pela primeira vez, MPF denuncia membros da Justiça e do Ministério Público Militar por atuação na ditadura

Procurador e juiz endossaram versão oficial sobre morte de Olavo Hanssen, submetido a intensas sessões de tortura; delegado também é alvo de acusação

O Ministério Público Federal denunciou três autoridades do regime militar pela morte do militante político Olavo Hanssen em maio de 1970 e pela omissão nas investigações sobre o crime. O ex-delegado Josecir Cuoco é acusado por homicídio duplamente qualificado, enquanto o procurador da Justiça Militar aposentado Durval Ayrton Moura de Araújo e o juiz da Auditoria Militar aposentado Nelson da Silva Machado Guimarães devem responder por prevaricação. Esta é a primeira denúncia do MPF contra membros do Ministério Público e do Judiciário que atuaram para legitimar as práticas da ditadura.

(mais…)

Ler Mais