SOS Vila Autódromo! Tropa de Choque retorna à Comunidade com toda força

Cerianne Robertson e Meg Healy – RioOnWatch

Nesta segunda-feira, dia 22 de fevereiro, a Tropa de Choque e a Guarda Municipal se implantaram novamente na Vila Autódromo, desta vez para reposicionar o muro de madeira que tinham erguido no dia 13 de janeiro. No mesmo dia, a suspensão da ordem de demolição da Associação de Moradores chegou ao fim. Moradores enviaram mensagens de SOS nas mídias sociais para alertar os defensores da probabilidade de novas demolições e intimidações nos próximos dias. (mais…)

Ler Mais

Jogos Olímpicos no Brasil: A cidade na vitrine e os cidadãos do lado de fora. Entrevista especial com Sandra Quintela

“Todo o processo que envolve a promoção desses eventos aprofunda e acelera uma reorganização da cidade que busca garantir o que chamamos de ‘cidade mercadoria’, um produto que se deseja vender e não um lugar onde se realiza a cidadania”, explica a economista

Por Leslie Chaves – IHU On-Line

A promoção de megaeventos esportivos no país tem gerado uma série de protestos e controvérsias, principalmente em função da falta de transparência na gestão dos processos de preparação das cidades-sedes e da administração dos recursos públicos, que poderiam ser destinados a atender demandas sociais, mas acabam sendo canalizados para o financiamento de grandes obras de infraestrutura. (mais…)

Ler Mais

Prefeito Eduardo Paes promete que Vila Autódromo permanecerá e afirma que urbanização das favelas foi um sucesso

Cerianne Robertson – RioOnWatch

Na terça-feira, 16 de janeiro, o Prefeito Eduardo Paes recebeu perguntas de um grupo de aproximadamente 80 pessoas no OsteRio, evento organizado pela revista virtual Vozerio e o Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (IETS).

O tom do encontro foi amigável, porém muitas perguntas foram críticas. A discussão abrangeu tópicos desde a Vila Autódromo e o legado das Olimpíadas para as favelas do Rio, tanto quanto a violência urbana, os investimentos da cidade em museus e a escolha do prefeito para o candidato que o sucederá, Pedro Paulo, que nega acusações de violência doméstica contra sua esposa. (mais…)

Ler Mais

Megaeventos e a mercantilização das metrópoles brasileiras. Entrevista especial com Orlando Alves dos Santos Junior

“Esses megaeventos estão associados a projetos de reestruturação das cidades nas quais eles são realizados, e os gastos efetivamente empregados não correspondem às necessidades requeridas estritamente pelos jogos em questão”, afirma o sociólogo

Por Leslie Chaves e Patricia Fachin – IHU On-Line

“A questão da metrópole no Brasil foi banalizada pelo fato de os governos estaduais poderem criar metrópoles sob quaisquer critérios”, diz Orlando Alves dos Santos Junior à IHU On-Line ao comentar a situação dos aglomerados metropolitanos no país. Para resolver essa questão, “é preciso, em primeiro lugar, definir o que se entende por aglomerado metropolitano”, dado que a metrópole “configura uma centralidade e tem uma dinâmica econômica, social e política diferenciadas”. (mais…)

Ler Mais