Os poderes do Estado brasileiro e a superação da violência

A reflexão sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2018, “Fraternidade e Superação da Violência”, é de grande importância pela sua atualidade e pertinência política

Por Cleber César Buzatto, secretário executivo do Cimi

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou a Campanha da Fraternidade (CF) 2018, nesta quarta-feira de cinzas, fazendo um forte apelo à superação da violência. Estivemos presentes no ato de lançamento da CF, realizado na sede provisória da Conferência, em Brasília, onde testemunhamos e nos somamos às pertinentes e fundamentadas palavras de Carlos Moura, secretário executivo da Comissão Brasileira Justiça e Paz, acerca do intenso processo de violações de direitos e assassinatos que assolam as populações mais vulneráveis de nosso país, especialmente, a juventude negra e pobre.

(mais…)

Ler Mais

Nota do Cimi: Polícia Militar agride e tortura famílias Kaingang no Rio Grande do Sul

Comissão Guarani Yvyrupa – CGY

O Conselho Indigenista Missionário vem a público manifestar seu repúdio à ação violenta da Polícia Militar em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, praticada contra 12 famílias do Povo Kaingang, no dia 15 de fevereiro. Segundo depoimento de lideranças indígenas, prestados ao Ministério Público Federal de Passo Fundo, as famílias decidiram – como forma de chamar a atenção das autoridades federais para a necessidade de demarcação de suas terras – ocupar uma área de domínio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), portanto área federal, próximo ao trevo do município de Marau, na BR-285. (mais…)

Ler Mais

#90AnosDePedro | Queriam que Pedro se calasse – A Intimação que recebeu

Por Antônio Canuto*, na CPT

Pedro se tornou uma pedra no sapato de muitos na Igreja que não suportavam sua firmeza e audácia em denunciar as mazelas tanto da sociedade, como da própria Igreja. No momento em que completa 90 de vida é importante conhecer como o Vaticano tentou calar a voz deste profeta. A ação pastoral de Pedro Casaldáliga à frente da Prelazia de São Félix do Araguaia (MT) centrou-se  nos pobres. Ação que se alicerçava na própria prática de Jesus que afirmou ter vindo para anunciar a Boa Nova aos Pobres. (mais…)

Ler Mais

TJ AM intensifica preparativos para atendimento do Justiça Itinerante na Terra Indígena Waimiri-Atroari marcada para o dia 26

Profissionais do TJAM estiveram nesta sexta-feira (16) na terra indígena, realizando os últimos preparativos para o desenvolvimento das atividades do Justiça Itinerante.

TJ AM

A partir do dia 26 de fevereiro, profissionais dos Tribunais de Justiça do Amazonas (TJAM) e de Roraima (TJRR), além de equipe do Judiciário do Rio de Janeiro (TJRJ), darão início a um atendimento inédito destinado à população indígena da etnia Waimiri-Atroari, cujo território localiza-se na divisa entre os Estados do Amazonas e Roraima. Nesta sexta-feira (16), o juiz Alexandre Novaes, coordenador do programa Justiça Itinerante do TJAM, e representantes das Divisões de Tecnologia da Informação, do Cerimonial e de Divulgação e Imprensa da Corte Estadual, estiveram na terra indígena (Km 258 da rodovia BR-174 – Manaus/Boa Vista) para reunir-se com os índios e ajustar os detalhes logísticos e operacionais do atendimento que se estenderá até o dia 3 de março na localidade. (mais…)

Ler Mais

MPF recomenda anulação de licenças e planos de manejo florestal incidentes sobre áreas de proteção federais no AM

Documento aponta que Ipaam cancele licenças de planos de manejo florestal que coincidam com terras indígenas e unidades federais de proteção

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) a anulação de todas as licenças ambientais e autorizações para extração de madeira, para utilização de créditos do sistema de Documento de Origem Florestal (DOF) e para planos de manejo florestal em áreas com incidência total ou parcial sobre unidades de conservação federais de proteção integral ou terras indígenas localizadas no estado. (mais…)

Ler Mais

Em São Félix do Pedro do Araguaia, por Ruben Siqueira

Da CPT Bahia / Nacional

Foi realização de um sonho estar pela primeira vez em São Félix do Araguaia, depois de tantos anos na CPT (34). Rever Pedro Casaldáliga, respirar o ar de tanta caminhada, de peões, indígenas, camponeses e agentes de pastoral de uma pequena e imensa igreja de Cristo, luminosa, provada no martírio sua fidelidade a Jesus do Evangelho, como poucas a concretizar a Boa-Notícia aos pobres e oprimidos. Sou imensamente grato à Campanha Nacional de Combate ao Trabalho Escravo por fazer um primeiro encontro nacional da CPT aqui e me convidar para assessorá-lo, com o tema “CPT – missão, história, espiritualidade e Teologia da Libertação”. Não poderia ter lugar melhor! (mais…)

Ler Mais

Projeto “Sim, Eu Posso!” atende 1,8 mil indígenas no Maranhão e tem lista de espera

Pelo menos 320 pessoas aguardam novas vagas no programa de alfabetização, que utiliza método cubano

Por Cristiane Sampaio*
Do Brasil de Fato | Enviada especial ao Maranhão / MST

A Jornada de Alfabetização no Maranhão tem, entre os grupos atendidos, um segmento especial: o dos indígenas. Na região central do estado, cerca de 1,8 mil deles tomam assento em uma das turmas do Projeto Sim, Eu Posso nos municípios de Jenipapo dos Vieiras e Itaipava do Grajaú. Um público que, mesmo após meio século de violência e exploração, resiste à exclusão social, abraçando a possibilidade de mergulhar no universo da língua portuguesa. (mais…)

Ler Mais

O que esperar do Congresso Nacional para a causa indígena

O feriado de Carnaval acabou e o Congresso Nacional volta à pauta retrógrada e de retirada de direitos. O ano de 2018 promete ser de lutas no campo político para os povos indígenas

Por Gilberto Vieira dos Santos*, do Congresso em Foco, no Cimi

A julgar pelas proposições legislativas que tramitam no Congresso Nacional, mormente na Câmara dos Deputados, o ano de 2018 promete ser de lutas no campo político e que demandará a costumeira resistência dos povos indígenas e de seus aliados frente às ameaças de um Parlamento conservador – com hegemonia dos parlamentares de perfil retrógrado. (mais…)

Ler Mais