Número de alertas de garimpo recua 73% na Terra Indígena Yanomami nos quatro primeiros meses do ano

Funai

O número de alertas de garimpo na Terra Indígena Yanomami (TIY) caiu de 378 entre janeiro e abril do ano passado para 102 nos quatro primeiros meses de 2024, o que representa uma redução de 73%. Os dados são do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).  O recuo é resultado da presença constante do Governo Federal no território, por meio da Casa de Governo, responsável por coordenar as operações federais na região. A Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) integra a estrutura. A autarquia é encarregada de articular e orientar a política indigenista. (mais…)

Ler Mais

Sem barreira jurídica, portaria da TI Tupinambá de Olivença depende apenas de decisão do governo Lula

Em Brasília, povo Tupinambá espera ser recebido pelo ministro da Justiça Ricardo Lewandowski, responsável pela publicação de portarias declaratórias

POR MAIARA DOURADO E TIAGO MIOTTO, DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO CIMI

Há mais de 15 anos, o povo Tupinambá aguarda que a demarcação da Terra Indígena (TI) Tupinambá de Olivença avance. O último andamento significativo foi a publicação do Relatório Circunstanciado de Identificação e Delimitação (RCID) da TI, em 2009. A emissão da portaria declaratória, próxima etapa do processo demarcatório, depende apenas da vontade política do governo Lula e do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski. (mais…)

Ler Mais

Povo Tupinambá realizou ato na Praça dos Três Poderes nesta quarta-feira (12)

O ato teve início às 13h30 e buscava a derrubada da Lei do Marco Temporal e a demarcação da TI Tupinambá de Olivença

Cimi

Mais de 40 lideranças indígenas do povo Tupinambá, do sul da Bahia, realizam na tarde desta quarta-feira (12/6), na Praça dos Três Poderes, ato em reivindicação à inconstitucionalidade da Lei 14.701, conhecida como Lei do Marco Temporal. (mais…)

Ler Mais

Hidrelétrica Bem Querer seria uma das menos eficientes do país, aponta estudo

Análise consta em publicação do Fórum de Energias Renováveis de Roraima, que avalia riscos e incertezas do projeto

Fabrício Araújo, Jornalista do ISA

O Fórum de Energias Renováveis de Roraima lançou uma publicação que analisa os riscos e incertezas na construção da Hidrelétrica Bem Querer, com destaque para o diagnóstico de que o projeto seria um dos menos eficientes no país. (mais…)

Ler Mais

Yanomami: Governo Federal destrói pistas de pouso usadas na logística do garimpo ilegal na região de Alto Alegre (RR)

Na Funai

Seis das onze pistas de pouso irregulares identificadas já foram destruídas na região de Alto Alegre, no estado de Roraima, desde o último dia 6. A operação, coordenada pela Casa de Governo, visa a desmontar a logística do garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami (TIY). Instituída em Boa Vista (RR) para centralizar as ações do Governo Federal no território, a Casa de Governo é composta por 31 órgãos federais. Cabe à Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) orientar as ações em relação à política indigenista. (mais…)

Ler Mais

À Corte Interamericana, indígenas denunciam a inconstitucionalidade do marco temporal e da Lei 14.701

A 167º Sessão da Corte IDH buscou ouvir povos e comunidades tradicionais que têm seus direitos negligenciados em nome do desenvolvimento; o evento foi realizado em Brasília e Manaus

POR ADI SPEZIA, DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO CIMI E LIGIA APEL, DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO CIMI REGIONAL NORTE 1

“Esse termo ‘mudanças climáticas’ eu chamo mesmo de ‘vingança da terra’, de ‘vingança do mundo’. Nós, Yanomami, chamamos de transformação do mundo, tornar o mundo ruim já que os napëpë (brancos) causam a revolta da Terra”. É como Davi Kopenawa, o xamã Yanomami, define as mudanças climáticas que vêm, nos últimos anos, evidenciando suas transformações no mundo. (mais…)

Ler Mais