Marcos Pontes é confrontado pela oposição sobre a remoção de quilombolas de Alcântara

Projeto de ampliação da Base de Alcântara (MA) pode afetar cerca de 350 famílias

Cristiane Sampaio, Brasil de Fato

Em audiência na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (4), em Brasília (DF), o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, foi duramente confrontado por parlamentares da oposição a respeito do projeto do governo relacionado à Base de Alcântara, no Maranhão.  A questão tem como panorama a situação de cerca de 350 famílias quilombolas que estariam ameaçadas de remoção, segundo denúncia apresentada pelo jornal Folha de S. Paulo em 11 de outubro.

(mais…)

Ler Mais

MPF e secretarias da Segurança e da Mulher e Diversidade Humana definem plano de ação em defesa de comunidade quilombola, no Sertão da PB

Denúncias de intimidações e ameaças serão investigadas em inquérito policial e Ministério Público se reunirá com quilombo ainda nesta semana

Procuradoria da República na Paraíba

O enfrentamento à violência contra as comunidades quilombolas foi a pauta de uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira (2) entre o secretário estadual da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, a secretária estadual da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, e o procurador da República na Paraíba, José Godoy Bezerra de Souza. O caso discutido ocorreu na cidade de Manaíra, no Sertão paraibano, onde houve denúncias de que integrantes da comunidade remanescente de quilombo ‘Fonseca’ estariam sendo ameaçados. Além dos representantes das secretarias de Estado e do Ministério Público Federal, também participaram da reunião, na sede da Secretaria de Segurança, o delegado-geral de Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, e a delegada-geral adjunta, Cassandra Duarte.

(mais…)

Ler Mais

Maior comunidade quilombola do RN, Capoeiras mantém forte suas raízes e tradições

Comunidade localizada no município de Macaíba foi formada no século XIX por negros libertos do interior do estado

Da Redação Brasil de Fato

Segundo a Fundação Cultural Palmares, há 60 comunidades quilombolas no Rio Grande do Norte. Dessas, pelo menos 22 comunidades já se reconheceram como tal e 20 estão em processo de regularização e reconhecimento pelo INCRA. Capoeiras é considerada a maior comunidade quilombola do estado e está localizada na área rural de Macaíba, há 65 km de Natal. Atualmente, conta com 350 famílias em seu território. É forte a ideia que todos compartilham de um mesmo traço genealógico, resultando na compreensão que seus habitantes pertencem a uma mesma família, no que fortalece o sentido de comunidade e identidade.

(mais…)

Ler Mais

MPF cobra desfecho de investigações de crimes contra quilombolas

Ofícios foram expedidos a secretarias de Segurança Pública e Ministérios Públicos Estaduais que apuram a morte de 20 quilombolas

Procuradoria-Geral da República

A Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF) requisitou, nessa quarta-feira (20), informações sobre o andamento das investigações da morte de 20 quilombolas. Os crimes ocorreram entre 2013 e 2017 e, segundo a Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), os responsáveis permanecem impunes. Os ofícios foram expedidos a secretarias de Segurança Pública e Ministérios Públicos Estaduais responsáveis pelas apurações de cada caso.

(mais…)

Ler Mais

Coletiva Popular une e empodera mulheres pretas em Quintais do Bosque das Caboclas, em Campo Grande

por Carla Souza, em RioOnWatch

No dia 5 de outubro, foi realizado em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, um mutirão no quintal de Hellen Andrews, que fica no Bosque das Caboclasuma comunidade na Estrada dos Caboclos que se desenvolveu a partir de uma ocupação urbana. Esse mutirão, que contou com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), construiu uma cisterna ecológica que aproveitará a água da chuva para vários fins. O quintal de Dona Hellen é um dos três quintais do Bosque das Caboclas selecionados em um edital do Fundo Casa para projetos de reparo em moradias devido às chuvas. O Bosque das Caboclas concentra um subgrupo de um coletivo feminino, a Coletiva Popular de Mulheres da Zona Oeste (CPMZO), que visa utilizar os espaços de moradia para reunir mulheres locais e debater diversos assuntos e suas necessidades.

(mais…)

Ler Mais

A Amazônia também é negra

Floresta abriga cerca de 150 das mais de 3.500 comunidades quilombolas do Brasil. Deputados estaduais e federais do Amapá fazem pressão por compra de territórios

Joana Oliveira, no El País Brasil

O Brasil olha para a Amazônia, e já associa a região aos indígenas e às comunidades ribeirinhas. “Mas acaba esquecendo e invisibilizando a Amazônia negra. Não há narrativa sobre isso. Dos anos 1990 para cá, estamos brigando para levantar essa pauta”. Quem fala é Isis Tatiane da Silva, historiadora de 39 anos e uma das lideranças do quilombo Criaú, no Amapá. A maior floresta tropical do mundo abriga aproximadamente 150 das mais de 3.500 comunidades quilombolas do Brasil, de acordo com a Fundação Palmares, do extinto Ministério da Cultura.

(mais…)

Ler Mais

Primeiro quilombo titulado no Paraná ainda luta por terra

Justiça manda Incra fazer titulação integral da comunidade Paiol de Telha em 180 dias

Ana Carolina Caldas, Brasil de Fato

Mais de 15 mil comunidades quilombolas espalhadas pelo território brasileiro mantêm-se vivas e atuantes, lutando pelo direito de propriedade de suas terras, consagrado pela Constituição Federal desde 1988. Essa é a luta da Comunidade Quilombola Invernada Paiol de Telha, que, ao longo dos anos de luta, teve inúmeros direitos violados. Atualmente, moradores da comunidade aguardam cumprimento pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), após determinação judicial, da titulação de toda área. 

(mais…)

Ler Mais

Pescadores, marisqueiras e quilombolas de Ilha de Maré: um povo lutador

“As pescadoras denunciaram os impactos econômicos e ambientais do vazamento do óleo que contaminou os mares”, conta.

Djacira Araújo, Brasil de Fato*

No dia 13 de novembro, a nossa brigada do Congresso do povo esteve visitando e dialogando com a comunidade de Ilha de Maré em Salvador (BA). Destaca-se que a grande maioria das pessoas com as quais estabelecemos diálogo foram as mulheres, que deram testemunhos da luta, do abandono e da valentia dos homens e mulheres desta comunidade que resiste e é responsável pelo abastecimento de pescado e mariscos nas mesas do povo e nos restaurantes das cidades em toda a região metropolitana de Salvador.

(mais…)

Ler Mais

Basta de escravidão! Viva as lutas libertárias! Por Gilvander Moreira[1]

Dia 20 de novembro, dia de Zumbi dos Palmares, dia da Consciência Negra. É vital recordar a crueldade da escravidão do passado e as lutas libertárias travadas ao longo da história. No estado de Alagoas, o Quilombo dos Palmares, em 1670, contava com mais de 20 mil pessoas e resistiu por mais de 100 anos ao sistema escravista. Recentemente, 11 Acampamentos do MST, em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais, em homenagem à resistência quilombola no estado de Minas Gerais, batizou o nome da sua luta de “Quilombo Campo Grande”, em que cada Sem Terra é outro Zumbi e outra Dandara.

(mais…)

Ler Mais