Avalista de Bia Kicis na CCJ financiou Salles e foi multado por danificar florestas

Família do empresário bolsonarista Winston Ling, que chamou deputada federal de “cão de guarda contra retrocessos”, tem histórico de crime ambiental e dívida com o INSS; clã doou para campanhas do ministro do Meio Ambiente e de outros candidatos do Novo

Por Mariana Franco Ramos, em De Olho nos Ruralistas

O empresário bolsonarista Winston Ling apareceu nos últimos dias na mídia comercial para enaltecer a posse de Bia Kicis (PSL-DF) na presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Ele pertence a um dos maiores grupos econômicos do Rio Grande do Sul, com histórico de crime ambiental e dívida com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

(mais…)

Ler Mais

Ruralistas tentam avançar na revisão da demarcação de Terras Indígenas na Câmara

ClimaInfo

Com o controle bolsonarista de comissões importantes na Câmara, a bancada ruralista começa a se movimentar para “passar a boiada” no Congresso Nacional. Segundo informou Daniel Biasetti n’O Globo, ao menos três projetos de lei que rediscutem a autonomia dos índios em seus Territórios ganharam força no Legislativo, impulsionados por fazendeiros, mineradores e pelo Palácio do Planalto. O PL que mais avançou foi o que transfere da União para o Congresso a decisão final sobre a demarcação de Terras Indígenas, que pretende também rever áreas já demarcadas e proibir a ampliação das reservas já existentes. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, comandada pela deputada bolsonarista Bia Kicis (DF), deve ler nesta semana o parecer do deputado Arthur Maia (BA), favorável ao projeto. A reportagem destacou também a atuação do deputado Nelson Barbudo (MT), que apresentou dois projetos que propõem alterar o Estatuto do Índio e a “realocação de não-índios ocupantes de terras tradicionalmente ocupadas por índios”, além de garantir indenização e títulos definitivos para os fazendeiros em caso de reversão das demarcações indígenas.

(mais…)

Ler Mais

Bancada ruralista retoma PL do Veneno e vê ‘oportunidade de resolver isso de uma vez’

Ruralistas querem ampliar política de liberação de pesticidas iniciada pelo governo Bolsonaro. Oposição encontra dificuldade para avançar no enfrentamento

Por: Pedro Grigori, em Repórter Brasil

Nos últimos dois anos, pautas como a liberação de agrotóxicos e a manutenção de isenções para insumos agrícolas avançaram estritamente nos poderes Executivo e Judiciário. Agora, com a vitória do Centrão nas eleições para a presidência das duas casas do Congresso Nacional, o debate deve ocorrer também dentro do legislativo federal, onde os ruralistas são maioria e pretendem “resolver de vez”, nas palavras de um parlamentar, as regulações e controles que já vêm sendo derrubados pelo Ministério da Agricultura por meio de decretos e medidas executivas.

(mais…)

Ler Mais

Suzano é elo entre Carla Zambelli e Ricardo Salles, as faces brasileiras da implosão ambiental

Movimentos de rua liderados por eles tiveram apoio da empresa de celulose; deputada indicada para a Comissão do Meio Ambiente integra a bancada ruralista e repete o discurso do ministro contra ONGs e povos tradicionais

Por Luís Indriunas, em De Olho nos Ruralistas

A lista de projetos de lei de autoria da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) é voltada para o que ela chama de combate à corrupção e para o negacionismo em relação à pandemia. No primeiro caso, uma de suas ideias é considerar crimes hediondos as práticas contra a administração pública. Em relação ao ambiente, o mais próximo que ela chegou do tema foi na coautoria de um projeto que aumenta a pena para tráfico de animais.

(mais…)

Ler Mais

Após reportagem, Ceratti rompe com associação que financia bancada ruralista

Pesquisa do observatório, repercutida no Greg News, listou a Associação Brasileira de Proteína Animal entre as financiadoras do Instituto Pensar Agro, fiador da FPA; em nota, a fabricante de embutidos afirmou ter encerrado contrato com a organização

Por Bruno Stankevicius Bassi, em De Olho nos Ruralistas

A ligação umbilical entre o Instituto Pensar Agro (IPA) e a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), braço institucional mais conhecido da bancada ruralista, não é novidade para quem circula nos corredores de Brasília.

(mais…)

Ler Mais

Mecenas de Rodinei já foi acusado de desmatamento, sonegação e trabalho escravo

Elusmar Maggi, que doou R$ 1 milhão para o Internacional escalar o jogador contra o Flamengo, em partida decisiva do Brasileirão, é sócio do Grupo Bom Futuro, gigante do agronegócio em Mato Grosso; irmão e sócio é suspeito de financiar caixa 2

Por Mariana Franco Ramos, em De Olho nos Ruralistas

O sojeiro Elusmar Maggi Scheffer, que ganhou as manchetes nos últimos dias após doar R$ 1 milhão para o Internacional escalar o lateral-direito Rodinei contra o Flamengo, acumula dívidas e processos judiciais, inclusive por desmatamento e trabalho escravo. Apresentado pela imprensa comercial como um mecenas torcedor do clube, ele é sócio-proprietário, ao lado dos irmãos Eraí e Fernando Maggi Scheffer, do Grupo Bom Futuro Agrícola, gigante do agronegócio no Mato Grosso e um dos maiores produtores de commodities do mundo.

(mais…)

Ler Mais

Bayer faz ‘conta de padaria’: lucro com glifosato compensa custo de processos por danos à saúde

Empresa gasta US$ 12 bilhões em indenizações, mas continua fabricando – e vendendo muito – o agrotóxico. “É a prova cabal de que não existe, nem de longe, possibilidade de qualquer tipo de ética no sistema capitalista”, afirma analista

Por Cida de Oliveira, da RBA

A Bayer não fala em lucros com a venda do herbicida glifosato, o mais vendido do mundo. Mas certamente é gigantesco, já que é suficiente para cobrir, com sobra, os acordos bilionários que tem proposto à Justiça nos Estados Unidos para pagar milhares de indenizações a doentes de câncer expostos ao RoundUp, produto a base de glifosato.

(mais…)

Ler Mais

FUNAI ruralista: mais um crime contra os povos indígenas

Por Givanildo M. da Silva (Giva) e Sassá Tupinambá, Coluna Imbaú*/Correio da Cidadania

O ano de 2019 iniciou com a concretização de tudo aquilo que o atual presidente prometia, e também com a agenda que sempre acalentou. Nunca um presidente foi tão caninamente fiel aos interesses do agronegócio e dos latifundiários, não à toa que, desde o primeiro dia, mirou o inimigo número 1 destes setores, os povos indígenas.

(mais…)

Ler Mais

Bancada ruralista vê bom momento para flexibilizar legislação ambiental

O Eco

“Nós estamos no melhor momento para tocar as pautas que são caras ao setor produtivo”, discursou o deputado Sérgio Souza (MDB-PR), ao tomar posse nesta terça-feira (02) como novo presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA). A posse contou com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. 

(mais…)

Ler Mais