MST, MPF e INCRA se reúnem sobre uso da Força Nacional no Extremo Sul baiano

Ministério Público Federal tem como objetivo compreender todo o processo do uso da Força Nacional de Segurança Pública em assentamentos

Por Coletivo de comunicação do MST na Bahia, da Página do MST

No começo desse mês (09), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra foi surpreendido com o decreto baixado pelo Ministério da Agricultura, autorizando a vinda da Força Nacional de Segurança Pública para atuar dentro das áreas de assentamento do Extremo Sul da Bahia.

(mais…)

Ler Mais

Fabricante alemã de armas Sig Sauer quer produzir no Brasil em parceria com a Imbel, ligada ao Exército

Flexibilizações e agenda pró-armas do governo fazem do Brasil um mercado promissor para empresas estrangeiras; observadores alertam para desregulamentação de um setor que implica a vida e a morte da população

Por Alicia Prager, Laís Martins, Agência Pública

O Brasil caminha para registrar um recorde no número de novas armas em circulação em 2020. Até julho, a Polícia Federal (PF) registrou 89,3 mil novas armas. No mesmo período do ano passado, foram 32,7 mil. As ações do governo, que desde a posse do presidente Jair Bolsonaro facilitaram o acesso a elas, incrementaram o consumo de armamentos e tornaram o Brasil mais convidativo aos olhos de fabricantes estrangeiros. 

(mais…)

Ler Mais

Agricultores/as denunciam violência e abuso policial na comunidade de Barro Branco, Jaqueira (PE)

Na CPT NEII

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) recebeu mais um relato de violência e de abuso policial ocorridos na comunidade camponesa de Barro Branco, em Jaqueira, Mata Sul de  Pernambuco. De acordo com a denúncia, três policiais invadiram a casa da agricultura Josefa Dominicia da Silva e vasculharam quartos, cozinha, sala, banheiros e quintal alegando estarem à procura de armas de alto calibre.

(mais…)

Ler Mais

Igreja e Governo firmam compromisso para solucionar conflito de terra em PE

Na CPT NEII

A Comissão Regional Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB NE2 levou ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara, denúncias de ameaças e violação dos direitos contra cerca de 5.000 agricultores residentes em pelo menos nove comunidades, na zona da mata sul do Estado. Em meio à pandemia de coronavírus, os camponeses há meses vêm sofrendo com ações violentas como a destruição de lavouras e até atentados contra a vida, tudo isso sob o comando de empresas dos setores agropecuário e imobiliário.

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro consolida política baseada em mentiras e Apib denuncia ataques do governo à ONU e ao STF

Na Apib

Ao culpabilizar novamente povos indígenas e comunidades tradicionais pelas queimadas na Amazônia, Jair Bolsonaro consolida a mentira como política de governo durante Assembleia Geral da ONU, hoje (22). A Apib protocolou, também nesta terça-feira, no Supremo Tribunal Federal (STF) uma interpelação para que o governo explique na justiça as mentiras que propaga e comunicou à ONU os ataques feitos aos povos indígenas.

(mais…)

Ler Mais

Padre Julio Lancellotti: “Não se humaniza a vida numa sociedade como a nossa sem conflito”

Líder religioso, conhecido por seu trabalho com a população em situação de rua em São Paulo, fala ao EL PAÍS sobre seus 35 anos de sacerdócio. Alvo de críticas da extrema direita, ele voltou a sofrer ameaças durante a pandemia

por Felipe Betim, em El País

São oito horas da manhã de quinta-feira, 17 de setembro, e o padre Julio Lancellotti (São Paulo, 1948) veste jaleco branco, avental laranja, sandálias pretas, luvas de látex e uma máscara respiratória rosa com filtro embutido. Há uma fila de centenas de pessoas para tomar café da manhã no Núcleo de Convivência São Martinho de Lima, da prefeitura da capital paulista, e é o religioso quem aponta um termômetro para a testa de cada uma delas. Aos 71 anos, pertence ao grupo mais propenso a desenvolver complicações da covid-19, mas nem uma pandemia tão longa e mortífera freou sua convivência diária com a população que vive nas ruas de São Paulo.

(mais…)

Ler Mais

Mais de 50 mil assinaturas exigem proteção para o Padre Júlio Lancellotti

As ameaças contra o padre Júlio Lancellotti, denunciadas por ele mesmo no início da semana passada, tem despertado uma onda de solidariedade no Brasil todo. Muitos grupos, pastorais, movimentos sociais, a CNBB Regional Sul 1, o cardeal de São Paulo, Dom Odilo Scherer, tem se pronunciado com mensagens de apoio e solidariedade. O maior apoio em favor do Vigário Episcopal da Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de São Paulo tem vindo do abaixo assinado em Change.org promovido por Toninho Kalunga Sá, em nome do grupo Política e Religião, que neste domingo, 20 de setembro, já tinha ultrapassado os 50 mil apoios.

por Luis Miguel Modino, em IHU On-Line

O abaixo assinado, diz ser uma iniciativa de “engajados em movimentos sociais e populares, defensores do respeito à dignidade humana e, acima de tudo, do respeito à vida”, mostrando no texto sua solidariedade “com o Padre Júlio Lancellotti pelas ameaças que vem sofrendo”. Diante disso, exigem das autoridades competentes “as garantias necessárias à integridade física dele, daqueles que o auxiliam e dos que por ele são assistidos”.

(mais…)

Ler Mais

Livro desmascara as redes de pedofilia na Amazônia

Em Poderosos Pedófilos, fruto de uma investigação de duas décadas, o jornalista Amaury Ribeiro Jr. reúne casos envolvendo pessoas influentes da região (Foto de Alberto Cesar Araújo/2013)

 Por: Eduardo Nunomura, na Amazônia Real

Poderosos Pedófilos, novo livro de Amaury Ribeiro Jr., já é perturbador em seu título, mas se torna ainda pior com os fatos narrados em suas 224 páginas. A obra é sobre uma Amazônia que existia em 1997, quando o jornalista inicia a cobertura da violência sexual contra crianças e adolescentes e pedofilia, e insiste em permanecer cruelmente real em 2020. É como se nada tivesse mudado de lá para cá. A impunidade tem prevalecido nos crimes que roubam a infância no Brasil, porque envolvem homens de poder, com altos e influentes cargos públicos, e famílias pobres que não conseguem sair dessa armadilha.

(mais…)

Ler Mais

Comunidade do Terreiro Caxuté, na Bahia, volta a ser alvo de ameaças por parte de Pastor da Igreja Ministério Restaurar

Comunidade Terreiro Caxuté

O pastor Francisco Pereira Roza, da Igreja Ministério Restaurar, vem realizando de forma reiterada atos de ameaça, racismo e intolerância religiosa contra a Comunidade do Terreiro Bantu-Indígena Caxuté.

Em seus cultos, o Senhor Francisco desrespeita as entidades ancestrais dos cultos de matriz africana (orixás, voduns, minkisis, exus, pomba giras, caboclos) associando-as com entidades negativas no panteão cristão, a exemplo, de diabos ou demônios. Membros da referida igreja já estiveram dentro do espaço do terreiro entregando jornais visando converter integrantes do terreiro à religião evangélica, em clara afronta à fé dos membros da comunidade.

(mais…)

Ler Mais