Vaticano condena extermínio de povos, culturas e gerações na Amazônia

Texto com diretrizes católicas para região ataca interesses políticos e econômicos que ameaçam a vida na floresta

Redação Brasil de Fato 

A igreja católica quer ampliar sua atuação na Amazônia com um processo que ela chama de “conversão ecológica”, combinando intensa atuação nas comunidades tradicionais, combate ao “domínio colonialista” e denúncia dos processos de destruição ambiental, social e cultural da região.

(mais…)

Ler Mais

Crédito de bancos permite “fluir a economia” ligada ao trabalho escravo, diz procurador do MPT

Segundo o procurador Rafael de Araújo Gomes, é a primeira vez no mundo que uma ação tenta responsabilizar os bancos pelo financiamento de empresas denunciadas na lista suja

Por Julia Dolce, Agência Pública

O Ministério Público do Trabalho (MPT), no final de maio deste ano, entrou com ações inéditas para responsabilizar os sete maiores bancos do país pela constante concessão de crédito a empresas que comprovadamente fizeram uso de trabalho escravo ou foram denunciadas por sérias violações aos direitos humanos.

(mais…)

Ler Mais

Umbanda e Candomblé: conhecer é o caminho para a quebra do preconceito

No 1º Encontro dos Povos de Terreiro, em Minas Gerais, representantes dos povos de axé comentam o desafio da tolerância

Agatha Azevedo, Brasil de Fato

Com a benção dos mais velhos e dos mais novos, o itan e o oriki — formas de cântico e oração dos povos de axé no idioma yorubá — iniciam os trabalhos, as celebrações e as festividades dessa cultura milenar que resiste nos territórios tradicionais ao redor do mundo. E é sob este manto de ancestralidade espiritual que cada dia do 1º Encontro dos Povos de Terreiro “Ègbé — eu e o outro” se inicia, sempre respeitando os tempos dos orixás e do sagrado. O evento foi organizado pelo Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira, e aconteceu entre 13 e 16 de junho, em Belo Horizonte (MG).

(mais…)

Ler Mais

Polícia é principal responsável por mortes intencionais de crianças e adolescentes em SP

Estudo feito a pedido da Unicef, com base em dados da Secretaria da Segurança Pública, aponta que mortes causadas por policiais superaram os homicídios dolosos (com intenção de matar), com 580 mortes entre 0 e 19 anos na capital de 2014 a 2018

por Arthur Stabile, em Ponte Jornalismo

A principal causa de mortes intencionais de crianças com menos de um ano e adolescentes e jovens de até 19 anos na cidade de São Paulo é a ação das polícias, seja Civil ou Militar. O índice faz parte de um estudo da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que integra a ONU (Organizações das Nações Unidas).

(mais…)

Ler Mais

Raça e as políticas de gestão da morte: sobre mortes silenciosas e silenciadas

Das 65,6 mil pessoas assassinadas em 2017, 75,5% eram negras. O racismo estrutural encontra-se exatamente na constituição de uma população “mais matável”

Por José Clayton Murilo Cavalcanti Gomes, no Justificando

Na quarta-feira, dia 05 de junho de 2019, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgaram o mais recente Atlas da Violência, documento que utiliza dados do Ministério da Saúde para determinar o número de assassinatos por ano no Brasil. O relatório aborda a violência no ano de 2017, além de fazer um comparativo dos dez anos anteriores ao ano objeto da pesquisa e adensar o entendimento do material com informações como cor, idade, gênero e escolaridade da vítima. O documento constatou que em 2017, as cidades brasileiras registraram cerca de 65,6 mil homicídios, o que representa 179 mortes violentas por dia.

(mais…)

Ler Mais

Violência sem culpa: o passeio desavergonhado do mal

Por Cynthia Torres Cristófaro, em Alguém em Nós

Outro dia, numa rua totalmente congestionada nos dois sentidos, eu estava parada com a janela do carro aberta pensando na vida. Levei um susto enorme quando um homem passou de motocicleta entre os carros que tentavam ir e os carros que tentavam vir e, bem na minha janela, gritou bem alto para mim: “vai se f… você também!”. Parece bobo, mas fiquei tão ofendida.

(mais…)

Ler Mais

MPF deve investigar ação de militares que resultou em duas mortes no Rio de Janeiro, defende Câmara de Controle Externo

Posicionamento da 7CCR questiona decisão do CNMP, que determinou arquivamento de investigação do MPF sobre caso dos 80 tiros

O Ministério Público Federal (MPF) tem atribuição para investigar crimes cometidos por militares contra civis, entre eles a ação do Exército que resultou na morte do músico Evaldo Rosa e do catador de materiais recicláveis Luciano de Barros Goes, em abril deste ano no Rio de Janeiro. É o que defende a Câmara de Controle Externo da Atividade Policial e Sistema Prisional do MPF (7CCR), em memorando enviado à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, nesta sexta-feira (14). O documento, assinado pelo coordenador da 7CCR, o subprocurador-geral da República Domingos da Silveira, questiona a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que determinou o arquivamento da investigação do MPF sobre o caso.

(mais…)

Ler Mais

Em Minas Gerais, 1º Encontro Nacional de Povos de Terreiro celebra resistência

Mais de 400 lideranças se unem na construção de diálogos democráticos contra o avanço do autoritarismo

Agatha Azevedo, Brasil de Fato

Com o tema “Égbé – eu e o outro”, o Encontro Nacional de Povos de Terreiro é realizado em Belo Horizonte (MG) desde quinta-feira (13) até o próximo domingo (16). A programação contém análises sobre a situação do Brasil e do mundo, mesas de discussão sobre temas como mulheres negras e saberes ancestrais, racismo religioso, representação simbólica das culturas negras e das religiões de matriz africana, educação e estratégias de defesa dos corpos e da natureza, entre outros.

(mais…)

Ler Mais