Fio da Meada, de Silvio Tendler, agora está disponível na internet

Novo documentário dirigido por Silvio Tendler e produzido por Caliban Cinema e Conteúdo

por  Caliban Cinema e Conteúdo

A quem pertencem os bens comuns da natureza? Quem é o dono dos mares, dos rios, das florestas, dos ventos? Quem são os mais prejudicados quando estes bens comuns são apropriados por uma pequena parte da sociedade? Como construir uma nova forma de viver que mescle e atualize os saberes ancestrais com as conquistas da Ciência e da Tecnologia, que sirvam à humanidade e não destruam o planeta? O documentário Fio da Meada discute as conexões entre a crise ecológica contemporânea, o modelo econômico, as desigualdades sociais e as diversas formas de injustiça ambiental geradas pela exploração das pessoas e do meio ambiente.

(mais…)

Ler Mais

Justiça aceita denúncia do MPF contra acusados do assassinato do líder indígena Paulo Paulino Guajajara

Foram denunciadas duas pessoas por homicídios qualificados, ocorridos na Terra Indígena Araribóia (MA), em novembro de 2019.

Procuradoria da República no Maranhão

A Justiça Federal recebeu, no último dia 23 de março, denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) e tornou réus Antônio Wesly Nascimento Coelho e Raimundo Nonato Ferreira de Sousa, acusados pelo homicídio qualificado do líder indígena Paulo Paulino Guajajara e de Márcio Gleik Moreira Pereira e pela tentativa de homicídio do indígena Laércio Sousa Silva. Também foi ofertada proposta de transação penal em relação a Clayton Rodrigues Nascimento, por caça ilegal da fauna silvestre.

(mais…)

Ler Mais

Em Jaqueira, famílias camponesas impedem, mais uma vez, empresa de cercar fonte de água da comunidade

Por Equipe Mata Sul – CPT PE, na CPT NE2

Hoje pela manhã, (03/04/2020), a empresa Agropecuária Mata sul S/A, por meio de quatro de seus funcionários, retornou à comunidade camponesa de Barro Branco para mais uma tentativa de cercamento da fonte de água que abastece famílias do local. A comunidade, que está cumprindo quarentena em decorrência da pandemia do coronavírus, ficou indignada com a postura da empresa e rapidamente se reuniu para impedir, mais uma vez, a construção da barreira. O segurança da empresa chegou ao local com máscara de proteção, mas as famílias, por serem pegas de surpresa, não tiveram tempo de se proteger adequadamente, e agora temem eventual  transmissão do vírus na comunidade.

(mais…)

Ler Mais

Nota de solidariedade do Cimi Regional Maranhão aos familiares de Zezico Guajajara

Esperamos que esse crime não seja como tantos outros que ceifaram a vida de outras lideranças indígenas da TI Arariboia e ficaram impunes

Cimi

Nós, do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) Regional Maranhão, nos solidarizamos com os familiares de Zezico Guajajara, liderança do povo Tentehar/Guajajara, Terra Indígena (TI) Arariboia, região do município de Arame, no estado do Maranhão. Zezico Guajajara foi encontrado morto por volta do meio-dia de hoje, dia 31 de março, na estrada vicinal que liga a MA-006 à aldeia Zutiwa, nas proximidades da região conhecida como Matinha.

(mais…)

Ler Mais

Mais um Guajajara tomba! Até quando?

Em mais um triste caso de assassinato de lideranças indígenas no Maranhão, Zezico Rodrigues, do povo Guajajara, foi morto a tiros nesta terça-feira (31) na Terra Indígena Arariboia

Cimi

É com profunda tristeza e indignação que noticiamos a morte de mais uma liderança indígena que lutava contra invasões e roubo de madeira em seu território. Zezico Rodrigues, do povo Guajajara, foi encontrado morto a tiros nesta terça-feira (31), na Terra Indígena (TI) Arariboia, município de Arame (MA).

(mais…)

Ler Mais

Por coronavírus, Justiça Militar liberta jovens que foram vítimas de tortura em quartel do Exército

Acusados por crimes diferentes na Justiça comum e na Militar, jovens ficaram presos por mais de 500 dias sem condenação

Por Natalia Viana, em Agência Pública

“A gente fica nessa agonia, nessa aflição”, diz a mãe de um dos sete jovens detidos numa operação militar no Complexo da Penha, em 20 de agosto de 2018, durante a intervenção militar no Rio de Janeiro.

(mais…)

Ler Mais

Dom Limacêdo, Bispo das Pastorais Sociais, recebe pescadora que sofreu tortura e ameaça de morte

 CPT NE2

O Bispo das Pastorais Sociais, Dom Limacêdo Antonio da Silva, recebeu na manhã de hoje, 20/03, na Cúria da Arquidiocese de Olinda e Recife, a pescadora Maria Nasareth dos Santos, 47. O Bispo prestou solidariedade à mulher que denunciou ter sido torturada e ameaçada de morte por policiais militares no último dia 12 de março no estuário do Rio Sirinhaém, no Litoral Sul de Pernambuco. Dom Limacêdo expressou indignação e preocupação e convocou imediatamente a Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife para acompanhar o caso. A pescadora é conhecida na região por ser defensora do manguezal e do meio ambiente e por lutar há mais de 15 anos pela criação de uma Reserva Extrativista na área, da qual dependem milhares de pescadores e pescadoras do município.

(mais…)

Ler Mais

MPF inclui novas declarações discriminatórias em ação e reforça pedido de direito de resposta a povos indígenas

Jair Bolsonaro falou em “indústria de demarcação de terras” e tratou indígenas como “manipulados”, desrespeitando o direito dos povos indígenas, em especial do povo Waimiri-Atroari, e favorecendo discursos de ódio; MPF pediu direito de resposta na semana passada

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) requereu à Justiça Federal a inclusão de novas declarações, proferidas em março, ao processo movido contra a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai) em razão dos constantes discursos desumanizantes e discriminatórios proferidos por autoridades do atual governo federal contra os modos de vida dos povos indígenas, com impactos concretos sobre os seus territórios, como no caso do povo Waimiri-Atroari. No novo documento, o MPF traz falas públicas do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), produzidas às vésperas do ajuizamento da ação, ocorrida no último dia 11.

(mais…)

Ler Mais