Jornalistas são agredidos por bolsonaristas no Centro de Curitiba

Redação Bem Paraná

Além do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional, ao que tudo indica a imprensa paranaense também virou um alvo do bolsonarismo. Durante a manifestação deste domingo (26 de maio), jornalistas de veículos como o jornal Bem Paraná, o jornal Plural e a Gazeta do Povo foram hostilizados e até mesmo agredido na Praça Santos Andrade, além de um estudante de Jornalismo que também cobria o evento para o jornal laboratório do curso de jornalismo da UFPR. 

(mais…)

Ler Mais

“Parem de nos matar”: aumento da violência policial motiva protesto no Rio de Janeiro

Manifestação na orla de Ipanema foi convocada por dezenas de movimentos populares

Redação Brasil de Fato

Em função da onda crescente de mortes decorrentes de ações policiais em favelas do Rio de Janeiro, moradores e movimentos populares organizaram uma manifestação na manhã deste domingo (26) na orla do Ipanema, zona sul da capital. Com o mote “Parem de nos matar!”, o protestou criticou a política de segurança pública adotada pelo governo de Wilson Witzel (PSC) que já resultou em 434 [mortes] apenas no primeiro trimestre de 2019, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Palavras de ordem como “Fora Witzel”, “Fora Bolsonaro”, “Não tem arrego, se mexer com nossos filhos eu tiro seu sossego” foram entoadas pelos manifestantes.

(mais…)

Ler Mais

O quati e os índios remeiros no Arsenal da Marinha do Rio. Por José Ribamar Bessa Freire

No Taqui Pra Ti

Quatipuru, me empresta teu sono para eu fazer meu filho dormir” Canção de ninar em Nheengatu – Rio Negro (AM) – 1873

O quati de focinho preto, ainda bebê, foi doado à corveta francesa  Uranie atracada no porto do Rio de Janeiro. Essa passou a ser sua nova casa. Com medo, o bichinho vivia se escondendo, mas pouco a pouco começou a circular livremente pelo tombadilho, saltitando de proa à popa. Bagunceiro, rolava pelos punhos das redes como uma bola, fazia piruetas no mastro, caçava ratos no porão, abria malas com seu nariz comprido e brincava com o cachorro do navio, mordiscando suas orelhas. Ao meio-dia, o enfermeiro de bordo, que dele se encarinhou, chamava-o com um assovio e ele subia em seu ombro para comer. Era a alegria do barco.

(mais…)

Ler Mais

Minas Gerais teve 622 feminicídios nos últimos quatro anos

Desde que a Lei do Feminicídio entrou em vigor, 1.772 vítimas foram alvo do ódio assassino de companheiros e ex em Minas

Por Guilherme Paranaiba, no EM

O ataque brutal cometido por um homem de 39 anos, que terminou com a ex-namorada dele e outras três pessoas mortas em Paracatu, no Noroeste de Minas, chama novamente a atenção para um tipo de crime que resiste em recuar no estado. A Polícia Civil ainda investiga os motivos que levaram Rudson Aragão Guimarães a matar primeiro Heloísa Vieira Andrade, de 59, com quem já havia se relacionado, antes de assassinar a tiros três pessoas dentro de uma igreja da cidade. Um dos objetivos da investigação é comprovar se o ataque à primeira vítima tem ligação com o relacionamento anterior, o que enquadraria o caso na categoria de feminicídio. Seria um número a mais em um crime que experimenta números aterradores em Minas.

(mais…)

Ler Mais

Casa de candomblé é derrubada pelo governo do DF; ‘Intolerância religiosa’, diz OAB

Construção é filial da Casa do Caboclo, entidade fundada em 1975. Governo afirma que área pública sofria ‘parcelamento irregular’.

Por Marília Marques e Letícia de Oliveira, G1 DF e TV Globo

Após a derrubada da construção de uma filial do terreiro de candomblé Caboclo Boiadeiro – o centro mais antigo do Distrito Federal, fundado em 1975 – a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) decidiu recorrer do caso por entender que a destruição do imóvel pelo governo foi um “ato de intolerância religiosa”.

(mais…)

Ler Mais

Governo quer usar Fundo Amazônia para indenizar desapropriações de terra

Fundo tem cerca de R$ 3,4 bilhões e foi criado em 2008 para receber doações destinadas a medidas de conservação. Para entidade, ação pode aumentar desmatamento.

Por Vladimir Netto, TV Globo

O governo federal quer usar o Fundo Amazônia, criado com doações da Noruega e da Alemanha, para pagar indenizações por desapropriações de terra em áreas protegidas.

(mais…)

Ler Mais

Sinais do risco. Por Janio de Freitas

A democracia começa a ficar fora de controle.

Na Folha

As palavras, a forma, variam um pouco. O motivo é invariável. “A democracia está em risco?” / “resistirá por quatro anos?” / “vão esperar que aconteça o quê?”

As perguntas são também respostas preliminares, como expressões de um sentimento que se espraia e se aprofunda. Indagações inquietas são percebidas até em parlamentares vividos que se apresentaram, no início da legislatura, dispostos a apoiar Bolsonaro.

(mais…)

Ler Mais

Sociólogo diz que milícias são como a Ku Klux Klan: ‘Para matar, assassinar negros, para explorar’

O professor e sociólogo Jessé Souza aborda o papel do racismo na sociedade brasileira, especialmente o que se traduz no apoio popular ao governo de Jair Bolsonaro

Na RBA

São Paulo – Em vídeo divulgado no You Tube na sexta-feira (24), o professor e sociólogo Jessé Souza aborda o papel do racismo na sociedade brasileira, especialmente o que se traduz no apoio popular ao governo de Jair Bolsonaro (PSL). Jessé diz que o racismo, que no caso brasileiro tem a cor da pele como suporte para o sentimento de superioridade branca, é a única coisa que algumas classes têm para ostentar sentimentos de distinção, diante da fragilidade econômica e da precarização do trabalho.

(mais…)

Ler Mais

O recesso da democracia e as disputas em torno da agenda de gênero

“As disputas em torno da agenda de gênero compõem, atualmente, a crise das democracias liberais. São também uma chave na conexão entre conservadorismos, a mobilização de públicos e a ascensão de projetos autoritários por meio do voto.”

Por Flávia Biroli, no blog da Boitempo

A contestação das agendas da igualdade de gênero e da diversidade sexual tem tido um lugar de relevo nos conservadorismos atuais e em sua capacidade de constituir e mobilizar públicos.

(mais…)

Ler Mais