TV alemã lança filme sobre a Volkswagen e a ditadura brasileira; assista

Gabriela Beraldo – Núcleo Memória

A TV Pública alemã lançou esta semana o documentário “Cúmplices – A Volkswagen e a ditadura militar no Brasil”. O filme é baseado na história de Lúcio Bellentani, personagem central no inquérito que corre no Ministério Público Federal sobre a participação da empresa no processo repressivo do regime militar.  (mais…)

Ler Mais

Entrevista Ana Segall – Quilombolas ainda enfrentam situação de insegurança alimentar grave

Fian Brasil

Acesso as políticas públicas de financiamento da agricultura familiar, acesso à água e à assistência técnica alcançam apenas 5% das famílias quilombolas. O número alarmante foi constatado em um estudo promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em 2012 e analisado por vários pesquisadores entre eles a conselheira do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Ana Segall. A conselheira tem realizado pesquisas em métodos e indicadores de segurança alimentar, além de estudos sobre a garantia do direito humano à alimentação adequada dos povos e comunidades tradicionais. Neste último caso, a conselheira aponta a exclusão social histórica e o racismo institucional como fatores determinantes para a situação degradante a que a maioria dessas pessoas são submetidas. (mais…)

Ler Mais

Pouco tempo para evitar a grande barbárie

O capitalismo está em crise global, mas os atores que poderiam oferecer uma alternativa parecem enfraquecidos e dispersos. Rosa Luxemburgo e Marcuse serão capazes de insinuar uma saída?

Por Eduardo Mancuso* – Outras Palavras

I.

Há pouco mais de uma década ainda se falava de um mundo unipolar. O colapso da União Soviética e o fim da Guerra Fria, no início dos anos 1990, haviam dado o domínio absoluto da globalização capitalista e da geopolítica mundial aos EUA, como única superpotência existente. A grande preocupação das potências ocidentais era com o acelerado crescimento econômico global da China, já que a Rússia, isolada pelo avanço e cerco da OTAN em sua antiga área de influência do Leste Europeu, ainda se recuperava da transição selvagem ao capitalismo conduzido pelo FMI, e da crise financeira de 1998. (mais…)

Ler Mais

Em Correntina, na Bahia, comunidades debatem identidade e resistência no Cerrado

Encontro tem início nesta sexta-feira, 28, e segue até domingo, 30. São esperados 80 representantes de comunidades do Cerrado e agentes da Comissão Pastoral da Terra (CPT)

Por Elvis Marques – Setor de Comunicação da Secretaria Nacional da CPT

“A identidade das comunidades e a resistência do Cerrado” é o tema do Encontro das Comunidades do Cerrado que acontece entre os dias 28 e 30 de julho na Escola Família Agrícola Padre André (EFA), situada no município de Correntina, na região Oeste da Bahia. Organizado pela Articulação das CPT’s do Cerrado – projeto que reúne os Regionais da CPT presentes no bioma –, o evento deve reunir cerca de 80 pessoas vindas dos estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, e da Bahia. (mais…)

Ler Mais

Temer acolhe pleito dos ruralistas e reedita medidas que afrontam os direitos indígenas. Entrevista especial com Roberto Liebgott

Patricia Fachin – IHU On-Line

O Parecer 001/2017/GAB/CGU/AGU, que sugere a demarcação somente daquelas terras indígenas que estavam sob posse das comunidades em 1988, em ocasião da promulgação da Constituição, recentemente aprovado pelo presidente Michel Temer, “retoma os argumentos anti-indígenas estabelecidos pela Portaria 303/2012 da AGU” e impõe “aos procedimentos de demarcação de terras a tese do marco temporal e as 19 condicionantes relativas ao julgamento da Petição – PET 3338/2009, conhecido como caso Raposa Serra do Sol, no qual se definiu pelos ministros da Suprema Corte que o procedimento de demarcação daquela terra era constitucional, e as condicionantes nele estabelecidas não se vinculariam a outras demarcações de terras”, diz Roberto Liebgott à IHU On-Line. (mais…)

Ler Mais

Suspensa reintegração de posse de fazendas no sul da Bahia (T.I. Comexatibá) ocupadas por índios pataxós

STF

Por decisão da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, está suspensa a ordem de reintegração de posse dos imóveis rurais “Fazenda Porta da Magia” e “Fazenda Aldeia da Lua”, localizadas do distrito de Cumuruxatiba, no Município de Prado (BA). As terras foram ocupadas por índios da etnia Pataxó, envolvidos no processo de demarcação da Terra Indígena Comexatibá (Cahy Pequi). Ao decidir na Suspensão de Liminar (SL) 1111, a ministra constatou que a manutenção do ato questionado representaria risco à ordem e à segurança pública. (mais…)

Ler Mais

Nota Pública: Assassinato de casal de idosos expõe incapacidade do Incra de solucionar conflitos em assentamentos

Na noite da última terça-feira, um casal de idosos foi assassinado em Itupiranga, no Pará. Já são 17 mortes no estado nesse ano. No Brasil inteiro, 51 pessoas já foram assassinadas em conflitos no campo. 

Na noite de terça, 25 de julho, foram brutalmente assassinados no Projeto de Assentamento UXI, localizado no município de Itupiranga, no Pará, o casal de idosos: Manoel Índio Arruda (82 anos) e Maria da Lurdes Fernandes Silva (60 anos). Durante a noite, os vizinhos do casal ouviram inúmeros disparos de armas de fogo na residência das vítimas. Pela manhã, o corpo de Maria de Lurdes foi encontrado na área de entrada da casa, atingido por vários tiros. Ela ainda segurava nas mãos o cadeado da porteira de entrada da casa. Manoel ainda tentou se esconder embaixo de uma cama, mas foi alvejado com vários tiros e morreu no local. O casal estava regularmente assentado pelo INCRA desde 09 de novembro de 2006 no Assentamento UXI. (mais…)

Ler Mais

Sociedade em Debate faz chamada para dossiê “Resistência e ação coletiva em tempos de exceção”

“Resistência e ação coletiva em tempos de exceção” será o tema da edição 2018/1 da revista Sociedade em Debate, da Universidade Católica de Pelotas, UCPEL. A organização é de Élida Lauris, para quem o dossiê “será uma oportunidade privilegiada de reunir a reflexão consolidada e os novos contornos das experiências de resistência em contextos político e jurídicos de aniquilação de direitos”.  (mais…)

Ler Mais

Dez anos após declaração da ONU, indígenas sofrem desmonte de direitos no Brasil

Movimentos Populares e relatora da Nações Unidas têm denunciado violações nos direitos das comunidades tradicionais

Redação Brasil de Fato

Em setembro deste ano, a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas, documento que reúne uma série de reivindicações para indígenas de todo o mundo, completa 10 anos de existência. A situação dos povos indígenas no Brasil, no entanto, vem sendo denunciada por movimentos populares e pela própria ONU, diante do desmonte de direitos imposto pelo governo golpista do presidente Michel Temer. (mais…)

Ler Mais