Fiocruz lança documentário sobre tradições de indígenas

Nathállia Gameiro, Fiocruz Brasília

O dia 13 de setembro marca os 12 anos da aprovação da Declaração Universal dos Direitos dos Povos Indígenas pela Organização das Nações Unidas (ONU). O documento garante a eles o direito de dizer e determinar como querem viver, ter seus sistemas próprios de educação, saúde, financiamento e resolução de conflitos; o direito de que sejam consultados antes de qualquer medida legislativa e administrativa que lhes afete; o direito à reparação quando suas terras forem ocupadas indevidamente, ou se alguma propriedade cultural, intelectual ou religiosa foi utilizada sem consentimento; e o direito de manter seus próprios meios de comunicação em suas línguas. 

(mais…)

Ler Mais

Carta Política IX Encontro e Feira dos Povos do Cerrado

Por Rede Cerrado, na CPT

A Rede Cerrado, articulação entre entidades sem fins lucrativos, fundada em 1992 durante o Fórum Global 92, como resultado da assinatura do “Tratado dos Cerrados”, realizadora do IX Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, suas entidades filiadas e organizações de base comunitária que compõem seu alicerce de atuação, povos indígenas, comunidades quilombolas, geraizeiros/as, raizeiras/os, veredeiros/as, quebradeiras de coco babaçu, vazanteiros/as, retireiros/as do Araguaia, agroextrativistas, agricultores/as familiares, reunidos em Brasília-DF, entre os dia 11 a 14 de setembro de 2019, reafirmamos nosso compromisso na defesa do Cerrado e de seus povos.

(mais…)

Ler Mais

É preciso resistir para existir: 1ª Carta de João. Por Gilvander Moreira[1]

Estamos em setembro, mês da Bíblia. Em 2019, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e as Pastorais Sociais – Igreja que faz Opção pelos Pobres – nos convidam para refletirmos a partir da 1ª Carta de João, no Segundo Testamento Bíblico. Vamos focalizar aqui alguns dos muitos raios de luz da 1ª Carta de João. Por exemplo, a 1ª Carta de João afirma de forma altaneira: “Quem ama o irmão e a irmã não morre” (1 Jo 3,14-15), passa pela morte, mas ressuscita e vive para sempre. Ao contrário, quem não ama o próximo e não pratica a justiça já está morto. Aqui percebemos que era presente nas Comunidades do Discípulo Amado a fina flor da teologia política refletida no livro da Sabedoria, o último livro do Primeiro Testamento bíblico a ser escrito, por volta dos anos 50 a 30 antes da era cristã.

(mais…)

Ler Mais

Exclusivo: as empresas que servem de ‘“barriga de aluguel” dos agrotóxicos

Levantamento inédito revela que 75 empresas transferiram permissões de venda de 326 produtos agrotóxicos; processo é legal mas pode servir para “especulação”

Por Pedro Grigori, Agência Pública/Repórter Brasil

No intrincado caminho para se aprovar um novo produto agrotóxico no Brasil, uma prática crescente vem chamando a atenção de quem estuda o setor. Perante a lei, ela é chamada de transferência de titularidade mas, na prática, funciona como uma manobra para guardar lugar na fila de obtenção da licença. Uma manobra que pode colocar em risco a segurança de todo o processo pelo qual um pesticida passa até sua aplicação nas lavouras.

(mais…)

Ler Mais

Em parceria com a UnB, MPF promove seminário internacional sobre genocídio indígena

Realizado pela Câmara de Povos Indígenas com o Departamento de Antropologia da UnB, o evento debaterá o genocídio indígena com vistas à sua prevenção e reparação

Procuradoria-Geral da República

Em parceria com o Ministério Público Federal (MPF), o Laboratório de Indigenismo e Etnologia do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília (Linde/UnB) realizará o “Seminário Internacional Genocídio Indígena” nos dias 25 e 26 deste mês, na capital federal. Com objetivo de promover o debate sobre situações passadas e atuais acerca do tema na América Latina, o evento acontecerá no auditório do Instituto de Ciências Sociais da UnB e será aberto para o público.

(mais…)

Ler Mais

Encruzilhada do Sul: campesinato evidencia sementes crioulas e soberania alimentar

2ª edição da Feira das Sementes Crioulas atraiu grande público de diversas regiões, firmando-se como referência estadual

Marcos Corbari, Brasil de Fato

Por muito pouco o CTG Sinuelo da liberdade não foi pequeno para acolher as cerca de 800 pessoas que estiveram presentes nas atividades da II Feira das Sementes Crioulas, realizada pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Cooperativa Mista dos Fumicultores do Brasil (Cooperfumos), contando com mais uma dezena de entidades e organizações apoiadoras. A programação se estendeu desde o início da manhã do dia 11 de setembro até o final da tarde, contemplando atos públicos, seminário, oficinas, feira de sementes, exposições, relatos de experiências e comercialização de produtos agroecológicos e artesanato. Nos espaços de exposição estiveram representadas 27 experiências – sejam individuais ou coletivas – e, pelo palco, manifestaram-se mais de uma dezena de painelistas.

(mais…)

Ler Mais

Enquanto Câmara debate menos veneno na comida, governo libera mais 63 agrotóxicos

Entidades e parlamentares pressionam pela aprovação da política nacional para redução do uso de pesticidas no Brasil

Cristiane Sampaio*, Brasil de Fato

O Ministério da Agricultura liberou, nesta terça-feira (17), mais 63 agrotóxicos para serem usados no Brasil. Do total, 56 são genéricos de pesticidas existentes no mercado, cinco são produtos novos e dois são princípios ativos para produção de venenos ainda inéditos.

(mais…)

Ler Mais

Divergente bom é divergente morto?

Por Bruno Antonio Barros Santos, no Justificando

Comemorar ou debochar da morte de Marielle Franco? Aplaudir a morte de policiais? Festejar a morte do neto de Lula, uma criança de 7 anos de idade? Culpabilizar as próprias vítimas no desabamento de um prédio em São Paulo, por, supostamente, pertencerem a movimentos sociais de luta pela moradia? Celebrar a facada de que Bolsonaro foi vítima antes das eleições de 2018? Comemorar a saída de Jean Wyllys, Debora Diniz e Marcia Tiburi, ou de quem quer seja, do próprio país, por ameaças sofridas? Ter indiferença ou repúdio às minorias e grupos vulneráveis? Celebrar a morte de “bandidos”? Praticar linchamentos virtuais por causa de uma saudável divergência ideológica? Divergente bom é divergente morto?

(mais…)

Ler Mais

Il Capitano Bolsonaro e mais de mil palhaços (sem graça) no salão

A Commedia dell’Arte, com sua verve popularesca e seu repertório medieval, vem em socorro do Brasil

Por Nirlando Beirão, na Carta Capital

Em determinado momento da campanha presidencial dos Estados Unidos em 2016, quando Donald Trump começou a soltar seus demônios, o jornal The New York Times houve por bem alocar nas páginas de “Entretenimento” a tentativa do milionário dono de cassino de se firmar como improvável candidato do Partido Republicano. Parecia uma piada de mau gosto. O Times, um veículo cioso de sua responsabilidade, teve mais tarde (de todo modo, bem mais rápido do que os 50 anos que a imprensa brasileira requer para se penitenciar de suas velhacarias) de refletir se agiu certo ao subestimar a arlequinada que acabou por enfeitiçar a América e contagiar o mundo.

(mais…)

Ler Mais

Polícia Federal, ICMBio e Exército deflagram Operação com prisões em combate a crimes ambientais em Rondônia

A Operação Terra Protegida conta com apoio ICMBio e do Exército Brasileiro e faz parte da Operação VerdeBrasil

PF RO

Porto Velho/RO – A Polícia Federal, em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade – ICMBio e Exército Brasileiro, deflagrou, na manhã desta terça-feira (17), a Operação Terra Protegida, ação que faz parte da Operação VerdeBrasil, para combater o desmatamento, queimadas, ameaças aos servidores públicos e invasão de áreas da União no Parque Nacional do Pacaás Novos e Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, região de Nova Mamoré e Campo Novo de Rondônia.

(mais…)

Ler Mais