CPI da Funai/Incra 2 se afirma como tribunal de exceção para quebrar sigilos de entidades

Por Tiago Miotto e Renato Santana, Cimi

“Esta casa é um parlamento, não um tribunal de exceção”. As palavras da deputada federal Erika Kokay (PT/DF) ecoaram, a partir da primeira sessão de 2017 da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funai e do Incra 2, numa Câmara Federal esvaziada num hiato entre a volta do recesso e o mês do Carnaval. Na manhã desta quarta-feira, 8, o plenário 11 era um dos únicos com alguma atividade no anexo 2 da Câmara. (mais…)

Ler Mais

MPF/MS solicita audiência de conciliação sobre retomada Ofayé-Xavante em Brasilândia

Indígenas ocupam área da Fazenda Santana desde a madrugada de segunda-feira, 6 de fevereiro

MPF/MS

O Ministério Público Federal (MPF) em Três Lagoas pediu à Justiça Federal a realização de audiência de conciliação entre a comunidade Ofayé-Xavante e proprietários da Fazenda Santana, em Brasilândia (MS). Na segunda-feira, 6 de fevereiro, aproximadamente 40 indígenas ocuparam área da fazenda localizada em território já identificado como tradicional pelo Ministério da Justiça e que será objeto de demarcação física pela Funai. (mais…)

Ler Mais

CE – População faz manifestação exigindo redução de vazão do Açude de Orós

Por Rikáryo Mourão, do Instituto Elo Amigo, na ASA Brasil

Na manhã desta terça-feira, 07/02, aconteceu nas margens do Açude de Orós uma manifestação que envolveu mais de 500 populares, estudantes, professores, autoridades locais, membros de sindicatos, das igrejas e de movimentos sociais da região Centro Sul, para pedir rapidez na redução da vazão deste reservatório de água. (mais…)

Ler Mais

Incra/PB entrega títulos provisórios à Comunidade Quilombola do Grilo

Incra

A Comunidade Quilombola do Grilo, no município de Riachão do Bacamarte, na região do Agreste paraibano, comemorou, nesta quarta-feira (8), mais uma vitória no processo de regularização da área de 139 hectares reivindicada por 71 famílias. Os Servidores do Incra/PB foram até a comunidade para entregar os Contratos de Concessão de Direito Real de Uso (CCDRUs) registrados em cartório referentes a dois dos três imóveis incidentes no território da comunidade. Durante o ato, o Incra, por meio do oficial de Justiça Silas Batista de Menezes, da 4ª Vara da Justiça Federal, em Campina Grande (PB), também foi imitido na posse do imóvel Serra Rajada III, o último dos três imóveis que integram o território quilombola, com uma área de aproximadamente 1 hectare. (mais…)

Ler Mais

A Febre Amarela e o crime de Mariana

Riquezas naturais devem ser utilizadas em benefício do povo, mas de uma forma que não prejudique ainda mais a natureza

José Geraldo Martins*, no Brasil de Fato

A Febre Amarela é causada por um vírus, transmitido pela picada de um mosquito. Na Febre Amarela silvestre, os mosquitos podem transmitir o vírus depois de picar um macaco contaminado. Os humanos somente serão contaminados se não tiverem sido vacinados e forem picados por um desses mosquitos ao entrarem na mata. (mais…)

Ler Mais

MPF/SE consegue liminar que obriga fornecimento de água potável a comunidade atingida por salinização do São Francisco

Justiça também determinou multa de R$5 mil a cada caminhão-pipa não enviado para abastecer as famílias quilombolas em Brejão dos Negros

MPF/SE

A Justiça Federal determinou o início do fornecimento de água potável para a comunidade quilombola Brejão dos Negros – povoados Resina, Saramém, Carapitanga e Batateiras – no município de Brejo Grande (SE). A decisão atende a pedido de urgência do Ministério Público Federal em Sergipe e vai beneficiar mais de duas mil pessoas que integram a comunidade quilombola. (mais…)

Ler Mais

Justiça Federal em Volta Redonda determina suspensão de reunião promovida pela CSN no bairro Volta Grande IV

Empresa, em caráter unilateral, iria apresentar estudos que supostamente comprovariam que o bairro é seguro e que a contaminação provocada por resíduos nocivos não apresentaria riscos

MPF/RJ

A Justiça Federal acolheu pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Volta Redonda (RJ) para determinar a suspensão da reunião que seria promovida nessa quinta-feira (9) pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) no bairro Volta Grande IV. A empresa pretendia apresentar estudos que supostamente comprovariam que o bairro é seguro e que a contaminação provocada por depósitos de resíduos nocivos da atividade industrial não provocaria qualquer risco ao meio ambiente e à saúde dos moradores. No convite, havia a frase “Volta Grande IV – Bairro Seguro”. (mais…)

Ler Mais

Mexeu com a Kenarik, mexeu com todas!

Por Soraia da Rosa Mendes, no Justificando

Nesta última quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017, por quinze votos favoráveis e nove contrários, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu aplicar à Desembargadora Kenarik Boujikian pena de censura em razão de decisões monocráticas suas concessivas de liberdade a réus que aguardavam presos preventivamente o julgamento de processos por tempo superior à eventual pena a ser fixada em suas sentenças. (mais…)

Ler Mais

CTNBio: resultados dúbios e agenda oculta

Leonardo Melgarejo* – Brasil de Fato/MST

Nesta quinta-feira (9), a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) se reúne em sua 199ª reunião mensal. Na pauta de 36 páginas, uma missão impossível: em quatro horas, deliberar sobre 19 pedidos de Liberação Comercial (LC), 135 Relatórios de Liberação Planejada no Meio Ambiente (RLPMA), 56 Solicitações de Liberações Planejadas no Meio Ambiente (LPMA), 3 Cancelamentos de Liberação Planejadas no Meio Ambiente (CLPMA), 5 Alterações de Liberação Planejada no Meio Ambiente (ALPMA), além de mais de uma centena de outros processos importantes. Considerando apenas o tempo necessário para avaliar e deliberar sobre cada item, percebe-se que o sistema não funciona. Saberemos os resultados deste desafio na próxima semana.  (mais…)

Ler Mais