Marcha de Belo Horizonte a Brumadinho protesta contra crimes da Vale

Grupo de 350 atingidos vai cumprir jornada na próxima semana, quando a ruptura da barragem Córrego do Feijão completa um ano.

por Rede Brasil Atual – RBA / IHU On-Line

Mais de 350 pessoas atingidas pelo crime ambiental de Brumadinho vão percorrer, a partir de segunda-feira (20), 300 quilômetros de Belo Horizonte até a cidade de Brumadinho. A chegada está prevista para sábado (25). O episódio completa um ano em 25 de janeiro, quando a barragem em Córrego do Feijão se rompeu, deixando 272 mortos.

(mais…)

Ler Mais

Roberto Alvim não é o único “Goebbolsonarista” no governo brasileiro, observa Le Monde

A exoneração de Roberto Alvim da Secretaria Especial da Cultura, após o vídeo no qual parafraseou o ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels, continua tendo repercussão internacional. O jornal Le Monde de sábado (18) refere-se a Alvim como um “Goebbolsonarista”, e ainda diz que ele não é o único personagem controvertido, para não dizer “iluminado”, a ocupar cargos de alto escalão na área da cultura no governo de Jair Bolsonaro.

por Radio France Internacional – RFI / IHU On-Line

“Muita gente suspeitava que o governo de extrema-direita brasileiro tinha simpatia pelo 3° Reich e, agora, tiveram a prova”, escreve o jornal francês. Le Monde aponta outros colaboradores de Bolsonaro dispostos a criar “uma máquina de guerra cultural”, copiada da propaganda nazista, para agradar o chefe.

(mais…)

Ler Mais

MS: sentença inédita determina indenização de R$ 150 mil à comunidade indígena vítima de aplicação irregular de agrotóxico

Indenização por danos morais coletivos deve ser paga solidariamente por proprietário rural, piloto agrícola e Cooperativa condenados.

MPF-MS

A Comunidade Indígena Tey Jusu, localizada em Caarapó (MS), 270 km ao sul da capital Campo Grande, vai ser a primeira do estado a receber indenização por ser vítima de aplicação irregular de agrotóxicos. A Justiça atendeu o Ministério Público Federal e condenou um proprietário rural, um piloto agrícola e a empresa contratante a pagarem, solidariamente, R$ 150 mil à comunidade, a título de danos morais coletivos.

(mais…)

Ler Mais

A morte e as mortes do historiador Pablo Macera. Por José Ribamar Bessa Freire

“Quisiera estar presente el día de mi entierro / para ver si entre la gente están los que yo más quiero”. (Margot Palomino. Huayno El olvido.)

Engana-se quem crê que o historiador peruano Pablo Macera Dall’Orso morreu aos 90 anos e foi sepultado sábado (11) no cemitério Presbítero Maestro em Lima. É que Pablo não era um. Eram vários que viviam brigando entre si: o escritor que nos iluminou com sua extensa obra, o congressista que nos decepcionou ao apoiar Fujimori, o iconoclasta cheio de fúrias e penas, o professor performático e brilhante, o profeta midiático de frases irreverentes. Ele era personagem complexo difícil de rotular.

(mais…)

Ler Mais

Documento confidencial mostra que Cultura vai continuar pregando ideais nazistas mesmo sem Roberto Alvim

Por Amanda Audi , no The Intercept Brasil

ROBERTO ALVIM FOI DEMITIDO da Secretaria Especial da Cultura após copiar um discurso do chefe da propaganda nazista, Joseph Goebbels. Mas isso não quer dizer que os colegas do dramaturgo, que continuam trabalhando e orientando a política cultural do país, pensem diferente dele.

Intercept teve acesso a um e-mail confidencial enviado na última terça-feira a diretores de entidades como a Agência Nacional do Cinema, a Ancine, e a Fundação Nacional das Artes, a Funarte. No texto, Elton Medeiros, assessor do gabinete do secretário de Cultura, expõe detalhadamente os mesmos ideais proclamados por Alvim e que levaram à queda do dramaturgo. O e-mail, enviado em nome do secretário especial de Cultura José Paulo Martins, foi disparado dois dias antes do vídeo que cita frases de Goebbels.

(mais…)

Ler Mais

O mórbido assassinato / suicídio de Goebbels e seus filhos após a morte de Hitler

As crianças foram mantidas no Vorbunker junto de seus pais em 1945 por conta da provável derrota dos nazistas

Por Isabela Barreiros, em Aventuras na História

Helga, Hilde, Helmut, Holde, Hedda e Heide foram os seis filhos de Joseph e Magda Goebbels, o Ministro da Propaganda de Hitler e sua esposa, também filiada ao partido nazista. Eles eram figuras importantes no governo da Alemanha Nazista, e permaneceram com seu Führer até o fim de suas vidas.

(mais…)

Ler Mais

Raoni e 45 povos indígenas lançam manifesto pela vida

 Por Juliana Arini , no Amazônia Real

Aldeia Piaraçu/TI Capoto Jarina, São José do Xingu (MT) – Por quatro dias, a aldeia Piaraçu, na Terra Indígena Capoto Jarina (MT), tornou-se o centro do mundo para 45 povos indígenas. Cerca de 600 lideranças indígenas protagonizaram um evento inédito em todo o país, o Encontro dos Povos Mebengokrê. No final do encontro, após quatro dias e muitos debates, os povos indígenas deram um exemplo a todo Brasil durante a construção do documento “Manifesto do Piaraçu das lideranças indígenas e caciques do Brasil”.

(mais…)

Ler Mais

Teses sobre a história dos militares no Brasil, por Francisco Teixeira

Crise da “Nova República” explicitou papel das Forças Armadas como atores políticos

Por Francisco Carlos Teixeira da Silva*, no Brasil de Fato

A crise política da Nova República, de 2013 em diante, na contramão do pensamento político dominante até então, explicitou o papel dos Militares como atores políticos de primeiro plano no cenário político brasileiro, bem como elemento recursal e de “arbítrio comprometido” no jogo político.

(mais…)

Ler Mais

“Políticas Urbanas e Movimentos Sociais” 2020: IPPUR oferece curso para militantes de organizações e movimentos

As inscrições para o processo seletivo de candidatos ao Curso de Especialização / Extensão Cidades “Políticas Urbanas e Movimentos Sociais” estarão abertas no período de 21 de janeiro a 07 de fevereiro de 2020 e deverão ser feitas através do formulário eletrônico acessado AQUI.

A documentação exigida deverá, obrigatoriamente, ser enviada para o e-mail ettern@ippur.ufrj.br . O edital e todas as informações necessárias para a inscrição estão disponíveis no site do IPPUR/UFRJ, AQUI.

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro insulta jornalistas em vez de dar respostas sobre seu governo. Por Janio de Freitas

Presidente não dá explicação satisfatória às relações comerciais do seu secretário de Comunicação

Na Folha

“Cala a boca!”. “Você tá falando da tua mãe?“. Ainda não foi dessa vez. A repórter e o colega ficaram impassíveis, tal como outros jornalistas profissionais têm suportado as reações de Jair Bolsonaro a perguntas que não pode responder, apesar de legítimas e necessárias. Mas não está eliminada a possibilidade, um dia qualquer, de que um repórter não aceite ver sua mãe em frase de moleques, e reaja à altura. Pode ser outra a frase insultuosa, e sempre será uma situação sem precedente, porém não exótica.

(mais…)

Ler Mais