Carta da 1ª Romaria da Terra e das Águas em Defesa da Agricultura Familiar Agroecológica

A 1ª Romaria da Terra e das Águas pela Agricultura Familiar Agroecológica ocorreu nos municípios de Belterra, Mojuí dos Campos, Alenquer e Santarém, no Pará, nos dias 27 e 28 de julho. “Nossa peregrinação não se encerra nesta romaria, mas segue a cada dia, somando-se a novas pessoas sempre em busca da vitória e da liberdade para viver em paz”, afirmam, em trecho da Carta, os romeiros e as romeiras. Confira o documento final na íntegra:

CPT Santarém

Nos dias 27 e 28 de julho de 2019 realizamos a primeira Romaria da Terra e das Águas pela Agricultura Familiar Agroecológica, que envolveu trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares dos municípios de Belterra, Mojuí dos Campos, Alenquer e Santarém. Foram meses de preparação e construção desta Romaria que teve como objetivo valorizar a agricultura familiar agroecológica, mostrar sua importância histórica nestes municípios para a conservação da vida e da saúde das pessoas do campo e da cidade. Também denunciamos as ameaças pelas quais passa a agricultura familiar agroecológica em nossa região devido ao avanço agressivo do monocultivo da soja para dentro das comunidades na região.

(mais…)

Ler Mais

França cria comissão para avaliar acordo entre UE e Mercosul

Segundo gabinete do primeiro-ministro francês, comissão ‘se dedicará particularmente à avaliação do acordo em termos de emissão de gás de efeito estufa, desmatamento e biodiversidade’

Por RFI, em Opera Mundi

O gabinete do primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, anunciou nesta segunda-feira (29/07) a criação de uma comissão de dez especialistas para avaliar o projeto de acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul. A equipe será liderada pelo economista do Meio Ambiente Stefan Ambec, do Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica (INRA, na sigla em francês).

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro abandona “critério técnico”, demite presidente da Embrapa e aumenta ameaça à agricultura familiar

Representantes do sindicato dos trabalhadores do setor alertam que escolha do novo presidente da empresa, destituído pela ministra da Agricultura, deve atender aos interesses da bancada ruralista

por Redação RBA

Para o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), as mudanças anunciadas pelo governo Bolsonaro na gestão da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) vão atender aos interesses do agronegócio. Em entrevista ao Seu Jornal, da TVT, representantes da entidade alertam sobre riscos ao desenvolvimento da agricultura familiar, apoiada pela Embrapa em seus múltiplos focos de desenvolvimento de pesquisa. Desde 2016 os trabalhadores do órgão denunciam ofensivas pelo desmonte da empresa e agora assistem ao rompimento de uma regra histórica por parte da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que no dia 17 destituiu Sebastião Barbosa da direção da Embrapa, e agora anuncia “um processo de seleção” para a escolha do novo presidente.

(mais…)

Ler Mais

FAO e países lusófonos querem impulsionar agricultura familiar

Da ONU News – Brasil, na Agência Brasil

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) anunciaram nesta quinta-feira (18) a criação de um centro de treinamento para promover a agricultura familiar sustentável. Com sede em São Tomé e Príncipe, a instituição vai promover trocas de conhecimento entre técnicos, professores de escolas agrícolas e pequenos produtores.

(mais…)

Ler Mais

Partido Verde e agricultores alemães querem bloquear acordo UE-Mercosul

Gabriel Bonis, para a BBC News Brasil

Nos moldes atuais, o princípio de acordo de livre comércio entre a União Europeia (UE) e o Mercosul, anunciado na última semana, tem grandes chances de ser rejeitado no continente europeu. Deputados do Partido Verde na Alemanha, no Reino Unido e no Parlamento da UE, além da Associação Alemã de Agricultores, já se mobilizam nos bastidores para impedir a ratificação do documento.

(mais…)

Ler Mais

“A luta pela terra é uma luta coletiva e, diante disso, as conquistas também são”

O cooperativismo como bandeira na luta pela Reforma Agrária Popular

Da Página do MST 

Quando em janeiro de 1984 o MST é fundado, foram estabelecidos alguns objetivos que marcariam a história da luta pela terra no Brasil. Ao conquistador os primeiros assentamentos, o MST viu-se diante do desafio de estabelecer novas relações de produção.

(mais…)

Ler Mais

Argentina: Un impulso a la agroecología desde la huerta escolar

Compartimos una interesante actividad desarrollada por integrantes del Mercado Cooperativo y Solidario que coordina el Colectivo Juana Azurduy, con la huerta familiar de la Escuela Primaria N° 7 en la localidad de Junin, en la zona noroeste de la provincia de Buenos Aires, Argentina.

Servindi

Un impulso a la agroecología

La Verdad, 6 de julio, 2019.- Días atrás, productores hortícolas de nuestra ciudad, integrantes del Mercado Cooperativo que coordina el Colectivo Juana Azurduy, realizaron un aporte muy valioso a una propuesta de huerta familiar que la Escuela Primaria N°7 viene desarrollando como parte de su proyecto institucional.

(mais…)

Ler Mais

MPF firma compromisso com prefeitura de Maués (AM) para combate ao desmatamento e melhorias em saúde e educação

Documento também foi assinado por representantes de outros órgãos durante audiência pública realizada no município no último dia 5

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas firmou termo de compromisso com a Prefeitura do Município de Maués (a 276 quilômetros de Manaus) e outros órgãos para implementação de uma série de medidas de combate ao desmatamento e para melhorias nas áreas de saúde e educação no município.

(mais…)

Ler Mais

Em Jaqueira/PE, comunidades camponesas protestam pela desapropriação das terras da Usina Frei Caneca

Por Equipe Mata Sul – CPT NE2

Cerca de 300 camponeses e camponesas das comunidades de Fervedouro, Barro Branco, Laranjeira, Caixa D’Água e Várzea Velha, localizadas no município de Jaqueira, zona da mata sul de Pernambuco, realizaram um protesto na PE-126, na manhã de ontem (27/05). O objetivo foi reivindicar a desapropriação das terras da Usina Frei Caneca, já desativada. O ato teve início por volta das 6h. Às 10h, as famílias seguiram em caminhada pelas ruas da cidade de Jaqueira, em direção à sede da Prefeitura Municipal.

(mais…)

Ler Mais