Entre a beleza e a revolta, um cântico visual macabro: “O custo humano dos agrotóxicos”

Tania Pacheco

É possível olhar uma foto e sentir, ao mesmo tempo, beleza e revolta, admiração e repulsa? Pablo Ernesto Piovano, fotógrafo argentino, prova que sim.  Num ensaio em preto e branco envolvendo crianças, mulheres, homens, jovens e velhos, ele nos mostra o que a soja transgênica e os agrotóxicos – o glifosato em particular – podem fazer à humanidade.

Seus retratados – cujos nomes são todos citados em agradecimento no final do vídeo “O custo humano dos agrotóxicos” – vivem em diferentes municípios e províncias da Argentina, todos identificados. Alguns ainda estão vivos, carregando terríveis sequelas; outros somos informados de que já se foram. (mais…)

Ler Mais

Moradores de Santa Cruz cobram reparações após venda da TKCSA

No Instituto Pacs 

Foi anunciada na noite desta terça-feira, 21, a venda da ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA) para a empresa Ternium. O preço de compra foi de 1,5 bilhão de euros (R$ 4,9 bilhões) e incorpora na cifra a dívida de 300 milhões de euros que a TK tem com o BNDES. A siderúrgica opera em Santa Cruz desde 2009 e só recebeu a licença de operação definitiva no ano passado. A operação de venda da TKCSA, que ainda precisa ser autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), será concluída entre os meses de julho e setembro deste ano, uma vez que sejam definidos os bancos que financiarão a aquisição. (mais…)

Ler Mais

Populações do campo precisam lidar com os perigos dos projetos de mineração

Por Maria Júlia Gomes Andrade, no Brasil de Fato

O conceito de soberania alimentar foi profundamente desenvolvido pelos movimentos que compõem a Via Campesina, composta por dezenas de organizações em todo mundo e que articula as lutas, saberes e modo de produção camponeses, as populações tradicionais e os conflitos no campo. Diferente do termo “segurança alimentar”, que está mais ligado à disponibilidade e acesso aos alimentos, a soberania alimentar é entendida como um direito e bem essencial dos povos. Soberania é alimentação suficiente, com variedade, livre de venenos e que garanta uma nutrição equilibrada. Está inserida numa proposta maior de projeto de nação. Implica, necessariamente, em uma soberania territorial e uma soberania hídrica, para citar dois eixos fundamentais. E são estes dois eixos que se confrontam diretamente com os grandes projetos mineradores. (mais…)

Ler Mais

Ministério Público pede indenização de R$ 85 milhões contra a empresa Eternit

Redação Bem Paraná com assessoria

O Ministério Público do Trabalho no Paraná ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) contra a empresa Eternit por expor os empregados de sua planta industrial localizada no município de Colombo ao amianto, substância comprovadamente cancerígena. Na ação, o MPT/Paraná apresenta dados coletados em fiscalizações realizadas na empresa que deixam claro os riscos aos quais os trabalhadores estão expostos e pede que a matéria prima amianto seja substituída por fibras alternativas na fabricação de produtos como telhas e caixas d’água. (mais…)

Ler Mais

Justiça proíbe ANP de oferecer a exploração de gás de xisto no PI

MPF/PI

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) obteve na Justiça, na Subseção Judiciária de Floriano, sentença judicial que, confirmando decisão liminar, determinou a anulação do oferecimento -e de todas as consequências dele decorrentes – da exploração de gás de folhelho (gás de xisto) na 12ª rodada de Licitação promovida pela ANP, especificamente quanto ao bloco PN-T-597. (mais…)

Ler Mais

Governo Temer acelera registros e põe novos agrotóxicos nas lavouras e na mesa

Para especialistas, apressar liberações significa afrouxar regras, ignorar evidências e riscos de substâncias comprovadamente causadoras de vários tipos de câncer, malformações e Mal de Parkinson

por Cida de Oliveira, da RBA

São Paulo – Paralelamente ao apoio dado ao chamado “pacote do veneno”, que avança em regime de prioridade na Câmara, o governo de Michel Temer (PMDB) investe em novas ações que praticamente revogam a atual legislação sobre agrotóxicos, colocando assim a saúde da população em risco. (mais…)

Ler Mais

Injustiça ambiental e resistência na rotina dxs pescadorxs da Ilha de Maré

Em respeito e apoio à luta dos pescadorxs da Ilha de Maré (BA) que ocuparam na manhã de ontem (14/02/17), a sede da Companhia das Docas do Estado da Bahia, apresentamos impressões de representantes da Rede Brasileira de Justiça Ambiental que estiveram na Ilha, no final de janeiro, e viram a dramática realidade e os desafios de comunidades pesqueiras.

Por Zoraide Vilasboas, do Movimento Paulo Jackson – Ética, Justiça, Cidadania

De férias no Nordeste, o ativista socioambiental, Sebastião Raulino, não só pôde apreciar, e se deliciar, com as belezas naturais que a Bahia ainda conserva, em meio ao processo crescente de especulação imobiliária e à consequente devastação da Mata Atlântica. Ele usou boa parte do seu tempo “livre” para rever amigxs e falar da campanha que combate a “civilização petroleira”, defende áreas livres de petróleo e ”territórios livres para a vida”!   (mais…)

Ler Mais