Maior legado de Temer, certeza da impunidade faz suas vítimas pelo país, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

– Uma professora foi hostilizada na Universidade Estadual do Rio de Janeiro após uma conferência sobre o centenário da Revolução Russa. Um jovem levantou-se e começou, aos gritos, a ofendê-la, dizendo que nunca houve ditadura no Brasil. Os pedidos dos demais presentes para que ele e seus colegas se acalmassem e dialogassem educadamente não surtiram efeito e a segurança foi chamada. O grupo dizia que estava filmando tudo e enviaria para o Exército. (mais…)

Ler Mais

Regularização fundiária é concedida a comunidades tradicionais de três reservas extrativistas do interior do AM

Comunidades assinaram os termos de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU), em processos de regularização mediados pelo MPF

MPF/AM

Na sexta edição do fórum Diálogo Amazonas, o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM) acompanhou a assinatura dos termos de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU), destinados à regularização fundiária de três reservas extrativistas situadas no interior do Amazonas. O evento foi realizado ontem (26), no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifam), Centro de Manaus, com participação de líderes comunitários e de representantes dos órgãos públicos participantes do fórum. (mais…)

Ler Mais

O fim das sociedades democráticas na América Latina

Por Raúl Zibechi, do La Jornadano Correio da Cidadania

Cena 1: semanas atrás em um centro cultural na localidade de Munro, na zona norte de Buenos Aires, se apresentou a Orquestra Típica Fernández Fierro, uma das mais potentes bandas de tango da atualidade argentina. Em certo momento, perto do final do concerto, um dos 13 músicos tomou o microfone para dizer: “queremos que apareça Santiago Maldonado”.

A metade do público, de umas 500 pessoas, se retirou do local com gritos e insultos contra os músicos. Saíram a galope, como se houvesse espinhos nas poltronas, segundo um dos membros da banda. Entre os impropérios chegaram a escutar algo que os deixou perplexos: “vocês destruíram tudo e nós temos de pagar” (goo.gl/A1gu6b). Essa brutal reação foi tomada porque os músicos pediram pela vida de um jovem solidário com o povo Mapuche desaparecido pela Gendarmería (algo parecido a polícia militar brasileira). (mais…)

Ler Mais

Operação policial quer enquadrar anarquistas e coletivos culturais como ‘organização criminosa’, no RS

Por Marco Weissheimer, no Sul 21

Orlando Vitor foi acordado às seis horas da manhã, no dia 25 de outubro, com a Polícia Civil batendo à porta de sua casa, na Travessa dos Venezianos, bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. Em um primeiro momento, pensou que era um pesadelo, mas logo se deu conta de que era uma situação real. Ele contou três viaturas da polícia, mais um carro da RBS, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul. Um tempo depois de terem entrado na estreita casa de dois pisos, relata Orlando, os policiais apresentaram um papel que seria um mandado de busca e apreensão. “Não consegui ler direito na hora porque estava sem os meus óculos. Os advogados confirmaram hoje (dia 26) que estava escrito FAG/Parrhesia”. (mais…)

Ler Mais

MPF quer responsabilizar criminalmente autores de incêndios em Humaitá

No Rondônia Agora

O Ministério Público Federal (MPF) investigará os incêndios em órgãos públicos no município de Humaitá, ocorridos na sexta-feira, para identificar os autores e responsabilizá-los criminalmente. A sede do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), carros e balsas foram incendiados na tarde dessa sexta-feira, 27, por supostos garimpeiros que tiveram materiais apreendidos na Operação Ouro Fino. (mais…)

Ler Mais

Grupo fascista invade aula sobre Revolução Russa na Uerj e pede volta de ditadura militar

No Jornal do Brasil

Um grupo invadiu, na última quarta-feira (25), um evento acadêmico sobre os 100 anos da Revolução Russa, que estava sendo realizado na Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) pelo Programa de Pós-Graduação em História, no Maracanã, para fazer ameaça a professores e alunos e pedir a volta da ditadura militar no Brasil.

Em nota divulgada nas redes sociais, a comissão organizadora do evento afirma que o grupo estava à paisana, vestindo camisas em alusão ao militarismo, com bonés e escondendo os rostos nas fotos, ao mesmo tempo em que eles mesmos filmavam as pessoas presentes na aula e tiravam fotos. (mais…)

Ler Mais

Garimpeiros queimam escritórios do Ibama, ICMBio e Incra em Humaitá, sul do AM

Por Fabiano Maisonnave, na Folha

Em retaliação a uma operação contra garimpo, homens armados invadiram e queimaram os escritórios do Ibama, do Incra e do ICMBio em Humaitá, no sul do Amazonas, segundo relatos de servidores. O Ministério do Meio Ambiente já acionou o Ministério da Defesa.

Fotos da tarde desta sexta-feira (27) mostram os escritórios do três órgãos federais em chamas, assim como duas camionetes do Ibama. Ameaçados, os servidores fugiram de suas casas para se abrigar no quartel do Exército, segundo relatos obtidos pela Folha. (mais…)

Ler Mais

Presidente da Funai e ministro da Justiça são intimados a justificar paralisação de demarcação de terras indígenas no PR

Decisão judicial atende pedido do MPF, que constatou paralisação das atividades de grupo de trabalho criado pela União

MPF PR

A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Guaíra (PR), a Justiça Federal intimou o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai) e o ministro da Justiça para que, no prazo de 15 dias contados da notificação, justifiquem a suspensão do processo de demarcação da Terra Indígena Guassu Guavirá nos municípios de Guaíra e Terra Roxa, e apresentem data para reinício das atividades. (mais…)

Ler Mais

Índios Kanela apreendem trator e toras de madeira e denunciam crime ambiental em área da União em MT

Indígenas da etnia Kanela do Araguaia vivem na Gleba São Pedro, em Luciara. MPF solicitou à PF que investigue o caso e cita risco de conflito entre índios e fazendeiros na região.

Por Lislaine dos Anjos, G1 MT

Índios da etnia Kanela do Araguaia, que vivem na Aldeia Nova Pukanu, na Gleba São Pedro, em Luciara, a 1.180 km de Cuiabá, denunciaram dois fazendeiros que estariam cometendo crimes ambientais, ameaças e portando ilegalmente arma de fogo na região. Os indígenas apreenderam as ferramentas e maquinários usados pelos fazendeiros, registraram um boletim de ocorrência na Polícia Civil e informaram a situação ao Ministério Público Federal (MPF).

(mais…)

Ler Mais