Nota Pública sobre a conjuntura em Anapu (PA) e a prisão de padre Amaro

Na CPT

“Desde que ocorreu o assassinato de LUCIANO ALBANO FERNANDES, no último dia 19 de maio em Anapu, fazendeiros, setores da imprensa e da Polícia Civil têm veiculado informações tentando ligar a morte de Luciano Fernandes com a prisão do PADRE AMARO LOPES em consequência dos conflitos agrários naquele município. Dessa forma, buscam colocar a opinião pública contra o PADRE AMARO e em favor dos pecuaristas. Em razão da gravidade das acusações, as Entidades abaixo relacionadas, que acompanham a situação em Anapu, vem a público fazer os seguintes esclarecimentos”: (mais…)

Ler Mais

Por que Pedro Parente já vai tarde

Entrega do Pré-Sal às petroleiras internacionais. Desativação das refinarias, para importar gasolina e diesel. Política de preços que jogou país no caos. Radiografia de um projeto fracassado

Por Paulo Kliass, Outras Palavras

Um dos maiores problemas do casamento contraído entre uma tecnocracia governamental conservadora e determinados pensadores da ortodoxia neoliberal são os estragos sociais e políticos que eles costumam causar aos povos e nações pelo mundo afora. Os personagens isolam-se da realidade concreta, se esquecem da dinâmica social e resolvem “brincar de país”, como se estivessem se divertindo com os amigos à frente de um jogo de tabuleiro. Mas todos sabemos que as consequências tendem a ser graves e desastrosas. (mais…)

Ler Mais

Não basta trocar o nome, é preciso pensar a Petrobras para o povo brasileiro, diz FUP

Depois da greve dos caminhoneiros e de protestos de petroleiros em todo o país, presidente da estatal pede para sair

Leonardo Fernandes, Brasil de Fato

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) comemorou a demissão de Pedro Parente do comando da Petrobras. Essa era uma das principais reivindicações da categoria, que realizou paralisações e protestos nessa semana em diversas cidades do país.  (mais…)

Ler Mais

Largo do Paissandu: Um mês após desabamento, famílias ainda lutam por assistência do Poder Público

Justiça determina que Prefeitura de São Paulo apresente relatório detalhado das ações prestadas às famílias, que contestam números oficiais de beneficiados com auxílio-aluguel

por Redação RBA

Um mês após a tragédia do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou em um incêndio em 1º de maio, as famílias desabrigadas ainda estão acampadas no Largo do Paissandu, e denunciam o descaso por parte do Poder Público. Nesta quinta-feira (31), o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) obteve liminar da Justiça determinando que a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) da Prefeitura de São Paulo apresente relatório detalhado sobre o atendimento prestado às famílias.  (mais…)

Ler Mais

Ministério Público Federal realiza audiência sobre recuperação de área ambiental afetada por mineração

A Audiência será realizada no município de Arraias, em 19 de junho

Procuradoria da República no Tocantins

O Ministério Público Federal (MPF) realizará, em Arraias (TO), no dia 19 de junho, audiência pública com o objetivo de promover debate sobre os principais desafios enfrentados para pôr em prática a efetivação da recuperação da área ambiental degradada no leito do Rio Bezerra, pela empresa Itafós Mineração Ltda. (mais…)

Ler Mais

Comunidade quilombola Aroeira é reconhecida pelo Incra no Rio Grande do Norte

Incra/RN

Portaria publicada pelo Incra reconheceu e declarou como território quilombola 530,8 hectares da Comunidade Aroeira, no município norte-rio-grandense de Pedro Avelino. Reivindicada por 37 famílias, a área está localizado na região Central Potiguar, a cerca de 160 quilômetros de Natal. A Portaria nº 482, datada de 2 de abril deste ano, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do último dia 23. (Clique aqui para acessá-la). (mais…)

Ler Mais

Plenária de mulheres no IV ENA: movimento, memória e força da agroecologia

Por Helena Zelic e Camila Paula, da Marcha Mundial das Mulheres, na ANA

“Como falar da história da Agroecologia sem falar das mulheres?”

É trazendo de suas regiões os rios da vida das mulheres na Agroecologia que, com muita música e força, a plenária das mulheres abre a programação do IV Encontro Nacional da Agroecologia (ENA), neste 31 de maio de 2018.  Na mística de abertura, além de trazer seus rios de luta agroecológica, as mulheres lembram o crime contra o Rio Doce. Elas curaram as águas dos agrotóxicos, agronegócio e machismo. As mais de mil mulheres do campo, das águas, das florestas e dos povos tradicionais de todo o Brasil, também curam o país, defendendo a democracia, a liberdade de Lula, justiça para Marielle e muito, muito feminismo. (mais…)

Ler Mais

Temendo o povo, por Vladimir Safatle

A derrubada do governo por pressão grevista seria um processo civilizatório

Na Folha

Poucos foram os acontecimentos que explicitaram de forma tão cabal a realidade brasileira quanto a atual greve dos caminhoneiros.

Primeiro, saiu de cena a narrativa delirante de que, apesar da degradação política, a economia nacional caminharia a passos seguros rumo à recuperação. Os caminhoneiros explicitaram a dinâmica destrutiva que alimenta a dita racionalidade econômica em vigor no governo. Racionalidade esta capaz de estrangular a atividade produtiva, como ficou evidente na exposição da lógica que atualmente comanda a política de preços da Petrobras, com seu modelo de importação de petróleo refinado enquanto deixa em ociosidade refinarias nacionais. (mais…)

Ler Mais

Entusiasmo e resistência na chegada ao IV ENA

Por Leandro Uchoas e Catarina de Angola, na ANA

Ao longo desta quinta-feira (31/5), delegações de todos os estados do Brasil ocuparam o Parque Municipal e o Plug Minas, em Belo Horizonte (MG). Atravessando milhares de quilômetros, carregando bagagens e saberes, começaram a chegar os participantes para o IV Encontro Nacional de Agroecologia (IV ENA) cujo lema é Agroecologia e Democracia Unindo Campo e Cidade. Mulheres, homens, jovens, agricultores e agricultoras familiares, povos indígenas, povos tradicionais, quilombolas, reunidos em uma grande construção coletiva da agroecologia no Brasil. (mais…)

Ler Mais

Temer tira 625 mil da Funai para pagar acionistas da Petrobras

O Indigenista

Para compensar a queda de 46 centavos no preço do diesel e o congelamento do valor do combustível pelos próximos 60 dias, Michel Temer reduziu benefícios fiscais a setores da economia, mas também cortou recursos em programas de saúde, educação, reforma agrária, ciência, além de cancelar iniciativas para mulheres, jovens e indígenas. Mais de 200 milhões de reais foram retirados apenas das três primeiras áreas. (mais…)

Ler Mais