Hydro é flagrada abrindo canal clandestino em Barcarena. Veja o vídeo!

Por Diário do Pará Online, na Amazonia.org

Na tarde desta quinta-feira (14), moradores da comunidade de Barcarena e funcionários da Dema (Delegacia Especializada em Meio Ambiente) flagraram uma escavadeira da empresa Norsk Hydro Brasil abrindo um canal clandestino.

Segundo informações, o canal clandestino escoa os resíduos e, consequentemente, evita que uma das bacias da norueguesa fiquem cheias.

Os reflexos da ação ilegal atingiram o Igarapé do Tauá, cujas águas ficaram com uma tonalidade avermelhada.

Uma equipe da Dema estava próximo ao local quando foi acionada pelos moradores, fazendo o flagrante logo em seguida.

ADVOGADO COMENTA O CASO

O advogado Ismael Moraes, que defende as comunidades atingidas pela Hydro, deu mais detalhes ao DOL na noite de hoje (14) sobre o caso. Ele disse que a norueguesa exigiu que fosse aberto um canal para aliviar o acúmulo de rejeitos de algumas das bacias, que outrora escoavam seus resíduos também por canais clandestinos, mas que, atualmente, estavam fechados à pedido da Justiça:

 

“A partir disso, a Hydro ficou sem alternativa de esvaziamento dos rejeitos de forma legal, então determinou a abertura de um canal sem tubulação, mas perdeu o controle e, com um rompimento das margens dessa vala, acabou se espalhando para os igarapés da comunidade”, disse.

 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

três − um =