2 anos da Páscoa de Dom Pedro Casaldáliga

CPT

Hoje [ontem] completam-se dois anos da Páscoa do bispo Pedro Casaldáliga. Figura profética, um dos fundadores do CIMI e da CPT. Antônio Canuto, seu amigo e também membro fundador da CPT, nos lembra como mesmo em “outra dimensão Pedro continua a expandir sua espiritualidade carregada de sensibilidade para com os excluídos e marginalizados deste mundo”. Confira o texto na íntegra:

Hoje, 08/08/2022, completam-se dois anos em que o bispo Pedro passou para outra dimensão da vida, incorporando-se totalmente ao universo.

Nesta outra dimensão Pedro continua a expandir sua espiritualidade carregada de sensibilidade para com os excluídos e marginalizados deste mundo. Suas energias, suas palavras, seus poemas continuam a ecoar mundo afora e suscitam gritos de profecia, abraços de fraternidade, e afagos de ternura. Pela sua coerência em tudo o que fazia, “Na vida e na morte, Pedro sacode a Igreja”, escrevi num texto após sua morte e sepultamento naquele primeiro cemitério de São Félix do Araguaia (MT).

Após a morte, nesta nova dimensão da vida, onde “não há mais choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” (Apoc 21, 4), ele ainda sacode consciências não só na igreja, mas nos setores da sociedade, crentes ou não, que buscam e lutam por um mundo mais fraterno e justo, no qual todos e todas tenham sua dignidade respeitada e sua vida valorizada.

Nestes dias está se realizando, em São Félix e em diversas partes do Brasil e em outros países a Segunda Semana Pedro Casaldáliga, buscando tonar mais viva sua presença entre nós.

A elas podemos nos incorporar.

Antônio Canuto (membro fundador da CPT e amigo de Pedro)

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

20 − 18 =