Ethel Maciel: “Vai estourar em outros estados” e vacina da Covid-19 é a “melhor estratégia” para diminuir transmissão

Para epidemiologista, o que acontece primeiro em Manaus acontece no resto do Brasil; “A pergunta que não quer calar é: quais os estoques de oxigênio dos outros estados? A gente está preparado?”

Por Anna Beatriz Anjos, Agência Pública

A enfermeira e doutora em epidemiologia Ethel Maciel comentou com tristeza as notícias de que, ontem (14), hospitais inteiros de Manaus se viram sem oxigênio para tratar pacientes de Covid-19: “É uma situação desesperadora”, afirmou em entrevista à Agência Pública

(mais…)

Ler Mais

Escola só chegará ao século XXI se enfrentar desigualdades educacionais e sociais. Entrevista especial com Rodrigo Manoel Dias da Silva

Para o professor, a experiência da pandemia escancara que é preciso educar para promoção de justiça social, hospitalidade e cidadania global e digital

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

Entre todas as áreas drasticamente impactadas pela pandemia, a escola, sem dúvidas, tem lugar de destaque. A suspensão das aulas presenciais e a imposição do ensino remoto escancararam as desigualdades que vivemos e que se refletem no ambiente das escolas. O resultado é uma sombra dos chamados déficits de aprendizagem. O professor Rodrigo Manoel Dias da Silva reconhece o abismo que se abriu entre as realidades de muitos estudantes, mas observa que é preciso serenidade para encarar o tema. “Assumir imperfeições exige uma ética e uma pedagogia. O horizonte ético é reconhecer nossas fragilidades humanas e nossa vulnerabilidade coletiva – traços acentuados pela pandemia”, diz. Assim, compreende que “falar que retomaremos aprendizagens não significa supor que iremos realinhar déficits ou perdas, mas principalmente que devemos seguir novos caminhos”.

(mais…)

Ler Mais

Manutenção do Enem 2020 amplia desigualdades no acesso às universidades públicas

A realização das provas em plena pandemia também pode trazer enormes prejuízos a sociedade brasileira e uma crise de saúde pública sem precedentes

Por Solange Engelmann, na Página do MST

Em 2021 o Brasil comemora o centenário do Patrono da Educação Brasileira. Paulo Freire completaria 100 anos em 19 de setembro. O educador sonhava com uma escola cidadã e defendia uma educação democrática e emancipadora, que fosse capaz de libertar o povo e estimular a luta pela superação das violências, a cidadania e os direitos dos trabalhadores e trabalhadores explorados. Ele também apoiava as lutas pela liberação da classe trabalhadora no campo e cidade.

(mais…)

Ler Mais

A pandemia escancarou os problemas estruturais que marcam a formação histórica do Brasil. Entrevista especial com Yuri Costa

Para o professor, a visibilização de pautas de populações minorizadas reacende a ira de uma elite brasileira que não quer ceder espaço a uma sociedade mais igual. Experiência da pandemia é exemplo disso

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

Já há algum tempo o campo dos Direitos Humanos vem sendo alvo de ataques. Com a subida de uma direita conservadora ao poder, essas reações passaram a ser orquestradas também desde as instituições estatais. É essa a avaliação do professor Yuri Costa, que reflete a partir da realidade brasileira. “O discurso que reduz os Direitos Humanos à defesa de ‘criminosos’ é um discurso raso e claramente voltado à manutenção dos privilégios de uma minoria não comprometida com a expansão de direitos e de garantias sociais”, aponta, em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais

Em Maceió, organizações sociais cobram plano de enfrentamento aos efeitos da pandemia

Protesto exige celeridade na construção do Plano para o Enfrentamento dos Efeitos Econômicos e Sociais da pandemia do Covid-19 entre os mais pobres

Por Gustavo Marinho, da Página do MST

Reunindo uma série de organizações, entidades e movimentos populares, esta quarta-feira (06) é marcada por protestos na porta da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Campus A.C. Simões, em Maceió.

(mais…)

Ler Mais

2021: Perspectivas e horizontes para o Brasil em um mundo pós-pandemia. Entrevista especial com Henrique Cortez, Christina Vital e Roberto Dutra

Ter imaginação política diante de um planeta marcado por profundas desigualdades é um desafio que se lança para o Brasil em 2021. Na entrevista a seguir, apresentamos algumas análises e projeções

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

Até mergulharmos no que foi 2020, não havia projeção para o cenário que acabamos vivendo. Há um mundo antes e pós-pandemia da covid-19. No Brasil, especialmente, formou-se uma tempestade perfeita que, somada à crise sanitária, teve como agravantes o fortalecimento dos setores mais retrógrados da sociedade e um governo inepto.

(mais…)

Ler Mais

O Brasil despertou para o racismo?

Em meio à pandemia, país acordou para crimes raciais. Ainda que em 2020 tenha havido avanços tímidos sobre a causa, tragédias rotineiras conquistaram repercussão inédita, colocando o debate no centro da sociedade.

Por João Pedro Soares, no DW

O Brasil viu dobrar o número de mortos pela pandemia no país em junho deste ano. A gravidade da crise sanitária se fez evidente e deixou pouco espaço para temas menos urgentes no debate público. Nesse delicado cenário, a morte de George Floyd pela polícia nos Estados Unidos fez o Brasil debater seu racismo e colocou o movimento negro em evidência inédita no ano de 2020.

(mais…)

Ler Mais

2020: o ano das verdades inconvenientes. Por Jamil Chade

O ano forçou a suspensão de um cegueira coletiva e deliberada. Poderemos fechar os olhos de novo, mas não há mais como apagar do inconsciente as imagens de um mundo insustentável

No El País

Na Alemanha, quando fronteiras em março e abril foram fechadas para conter o vírus da covid-19, rapidamente se descobriu que a primavera não seria igual às demais. Os dias eram cada vez mais longos e o desabrochar das flores não poderia ser detido. Mas, no campos de legumes da maior economia da Europa, faltava uma peça fundamental: as mãos escuras e ásperas de imigrantes para colher alimentos.

(mais…)

Ler Mais