PF apreende veículos que retiravam madeira da Terra Indígena Karipuna

Ação é resultado das recorrentes denúncias feitas pelo povo, tanto no Brasil como fora, e explicita a importância do Estado de proteger as terras indígenas

Por Greenpeace Brasil, no Cimi

Um contingente de 50 policiais federais e soldados do Exército cumpriu mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (29) no distrito de União Bandeirantes (RO). Localizado na fronteira oeste da Terra Indígena (TI) Karipuna, este é o principal reduto de madeireiras naquela região.

(mais…)

Ler Mais

Alerta de desmatamento na Amazônia cresce 34% em dezembro

Por Sabrina Rodrigues, ((o))eco

O desmatamento na Amazônia subiu 34% em dezembro de 2018, em comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 184 quilômetros quadrados perdidos para  246 km². Os dados são do Boletim do Desmatamento (SAD), produzidos pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e divulgados na terça-feira (29). O estado do Pará segue a dianteira entre os que mais desmatam, contribuindo com 48% da perda de floresta registrada no período.

(mais…)

Ler Mais

Justiça Federal aceita denúncia do MPF contra envolvidos no transporte ilegal de madeiras no Maranhão

Foram denunciadas 22 pessoas, entre elas, madeireiros e policiais rodoviários federais

Procuradoria da República no Maranhão

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão ofereceu denúncia contra organização criminosa que se especializou em fazer circular madeira ilegal pelas rodovias federais do Maranhão, com a participação direta de policiais rodoviários federais, que foram afastados de suas funções. A Justiça Federal aceitou a denúncia. 

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro divulgou informações falsas sobre meio ambiente em discurso em Davos

Presidente disse que Brasil é quem mais preserva meio ambiente, mas índice internacional situa o país na 69ª posição

Lu Sudré, Brasil de Fato

Além de breve, o discurso de Jair Bolsonaro (PSL) no Fórum Econômico Mundial de Davos, nesta terça-feira (22), foi baseado em informações incorretas. “Somos o país que mais preserva o meio ambiente. Nenhum outro país do mundo tem tantas florestas como nós”, disse o presidente. No entanto, dados do Índice de Desempenho Ambiental (Environmental Performance Index – EPI), ranking bienal feito pelas Universidades de Columbia e Yale, que conta com apoio do próprio Fórum Econômico Mundial, mostrou que, entre 180 países, o Brasil ocupa a 69ª posição. 

(mais…)

Ler Mais

Indígenas denunciam invasão de madeireiros e loteamento na Terra Indígena Arariboia

Guardiões do povo Guajajara já realizaram uma ação de retirada de madeireiros da área, na primeira semana de 2019. Indígenas denunciam que loteamento iniciou no ano passado

Por Tiago Miotto, no Cimi

Na Terra Indígena (TI) Arariboia, no Maranhão, a situação de recorrentes invasões madeireiras vem se agravando “mais a cada dia”, conforme relata Tainaky Tenetehar, um dos coordenadores dos Guardiões da Floresta daquela terra indígena. O grupo foi criado pelos Guajajara para fazer a fiscalização e o monitoramento autônomos do território, em função da insuficiência do Estado em coibir as invasões.

(mais…)

Ler Mais

Rio Gramame: MPF recomenda que usinas preservem nascentes e olhos d’água na bacia que abastece João Pessoa (PB)

Objetivo é que empresas apresentem projetos de recuperação das áreas de preservação permanente de que são proprietárias ou de onde adquiram cana-de-açúcar

Procuradoria da República na Paraíba

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) entregaram recomendações às usinas Tabu, Olho d’Água e Biosev-Giasa (segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo) com vistas à preservação dos recursos ambientais das bacias dos rios Gramame e Abiaí, que abastecem a capital da Paraíba e região metropolitana. As recomendações, entregues na terça-feira (15), foram feitas no âmbito de inquéritos civis que apuram a poluição dos rios e os danos causados ao meio ambiente e a comunidades ribeirinhas. O rio Gramame é responsável por fornecer água para 70% da Região Metropolitana de João Pessoa.

(mais…)

Ler Mais

Suspensão de convênios pelo ministro Ricardo Salles é ilegal

Nota da sociedade civil sobre ofício do ministro do Meio Ambiente

No Observatório do Clima

O Ofício Circular número 5 do Ministério do Meio Ambiente, publicado nesta segunda-feira (14), que “determina o levantamento e suspensão da execução por 90 dias dos convênios e parcerias, incluindo termos de colaboração e termos de fomento com organismos do terceiro setor pactuados pelos Fundos Administrados pelo MMA, Ibama, ICMBio e JBRJ” fere o princípio da legalidade e levanta, sem elementos mínimos de prova, dúvidas sobre a idoneidade da sociedade civil.

(mais…)

Ler Mais

Destruição ecossocial e barbárie. Por Cândido Grzybowski

do Ibase

A onda de calor que nos sufoca é, sem dúvida, um fenômeno climático típico de verão. Mas este, pelas médias históricas, como já é de conhecimento público, está bem acima do normal. O pior é que além do calor imediato, quem acompanha o debate científico em torno à mudança climática tem a cabeça fervendo nestes dias de péssimas notícias. Enquanto aqui no Brasil estávamos em plena disputa do segundo turno eleitoral, o Painel Internacional das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês) divulgou um contundente estudo sobre os riscos de total descontrole climático se a temperatura média subir mais de 1,5°C acima do patamar da era pré-industrial. Apesar disto, a COP-24, em Katowice, Polônia, em dezembro último, não passou de um pobre acordo político de intenções mais do que engajamento efetivo na redução das emissões. Não deixa de ser uma grande ironia na conjuntura mundial que a COP, tendo no centro o mandato de enfrentar a descarbonização da economia e das sociedades, tenha acontecido no coração da indústria do carvão da Polônia. Pior seria ter acontecido nos EUA com o líder da maior economia mundial negando que o clima seja uma ameaça, apesar de estar lidando com a intensificação do número e tamanho dos ciclones, o registro de temperaturas particularmente extremas (inverno e verão) e com os devastadores incêndios.

(mais…)

Ler Mais