Dia do Meio Ambiente: 5 pontos que mostram que estamos na contramão

O que há para comemorar na gestão de Ricardo Salles? Spoiler: nada

Por Giovanna Galvani, Carta Capital

Se o Ministério do Meio Ambiente sofreu o risco de não existir – já que o governo considerou exterminar com a pasta conforme a ideia inicial de Jair Bolsonaro -, a escolha de Ricardo Salles para chefiar o cargo é preocupação constante para ambientalistas, que tentam encontrar motivos para celebrar o Dia do Meio Ambiente nesta quarta-feira 5.

(mais…)

Ler Mais

“No mínimo, é prevaricação”, diz deputado sobre desmonte da fiscalização ambiental por Ricardo Salles

Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, Rodrigo Agostinho faz críticas contundentes à política ambiental do governo e diz preferir dialogar com ministra da Agricultura

Por Vasconcelo Quadros, Agência Pública

Ambientalista, advogado, mestre em ciência e tecnologia com ênfase em biologia e especialista em gestão estratégica pela USP, o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara, Rodrigo Agostinho (PSB-SP) é homem certo no lugar certo para enfrentar a criticada política para o meio ambiente do presidente Jair Bolsonaro e de seu ministro Ricardo Salles.

(mais…)

Ler Mais

MPF-SC investiga arquivamento de multas ambientais por presidente do Ibama

Documentos obtidos pela Pública, que constam de dossiê entregue ao MPF, revelam como foi feito o acordo entre produtores e gestão de Eduardo Bim para isentá-los de multas

Por Vasconcelo Quadros, Agência Pública

O Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF-SC) está de posse de um dossiê com uma série de documentos apontando supostas irregularidades nas decisões de anulação de multas pelo atual presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim. Os documentos – parcialmente acessados pela Pública – embasam uma investigação movida pelo MPF a respeito do arquivamento de uma série de multas pelo presidente do Ibama no dia 2 de abril deste ano.

(mais…)

Ler Mais

Governo Bolsonaro ameaça reeditar MP que beneficia ruralistas desmatadores

Para atender reivindicações do agronegócio, a ruralista e ministra da Agricultura Tereza Cristina acena com nova medida provisória em substituição à que perde validade nesta segunda-feira (3)

por Redação RBA

São Paulo – A ruralista e ministra da Agricultura Tereza Cristina (DEM-MS) disse nessa sexta-feira (31) que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) deverá reeditar Medida Provisória (MP) 867/18, que traz diversos benefícios aos agropecuaristas. Entre eles, o prazo até 31 de dezembro de 2020 para cadastrem no Programa de Regularização Ambiental (PRA), o que lhes permite acesso a créditos públicos rurais, e a anistia para aqueles que descumpriram o Código Florestal, desmatando área de aproximadamente cinco milhões de hectares – na qual caberiam duas vezes o estado de Sergipe.

(mais…)

Ler Mais

A grande batalha das mulheres do Xingu

Vendo o desmatamento avançar, mulheres de 16 etnias que vivem em aldeias espalhadas pelo território indígena começam a se organizar para defender sua floresta. A principal ameaça, afirmam: o governo Bolsonaro.

Por  Maria Fernanda Ribeiro e Nádia Pontes*, Deutsche Welle

Quando a informação começa a chegar, elas não conseguem evitar mudanças profundas em seu modo de vida. Direcionadas culturalmente para cuidar da roça e da casa, as mulheres do Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso, começam a se organizar para defender o que consideram mais valioso: o território coberto por florestas.

(mais…)

Ler Mais

Revisão de critérios do Fundo Amazônia desagrada Noruega e Alemanha, dizem fontes

Por Anthony Boadle, na Reuters

O governo do presidente Jair Bolsonaro se deparou com a resistência de Noruega e Alemanha, os dois principais doadores do Fundo Amazônia, em relação aos planos de mudar a gestão do fundo bilionário destinado a reduzir o desmatamento, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

Caso o governo modifique unilateralmente o modelo de gestão do fundo de desenvolvimento sustentável, a medida poderia levar as duas nações europeias a interromper as doações ou até mesmo a resgatar fundos que não foram utilizados, segundo as fontes, que pediram anonimato devido à sensibilidade do assunto.

(mais…)

Ler Mais

Povos tradicionais da Bahia debatem situação do Velho Chico

Por Irpaa

Integrantes de comunidades tradicionais ribeirinhas da Bahia debateram a situação do Velho Chico durante a mesa redonda “A voz e a vez de quem conhece o Rio São Francisco”. O evento, realizado pelo Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas – CRAD, aconteceu na última segunda (27) no Campus de Ciência Agrárias, da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf e reuniu agricultoras/es, pesquisadoras/es, estudantes, professoras/es e membros de organizações da sociedade civil.

(mais…)

Ler Mais

A distopia ambiental a um passo

Novos dados alertam: grandes tragédias naturais podem ser para breve — não para nossos netos. Veja, da epidemia de dengue em Brumadinho ao aumento de casos de depressão e câncer por agrotóxicos, os avisos de perigo iminente

por Roberto Andrés, em Outras Palavras

Há uma tragédia ambiental em curso no planeta e o Brasil está na vanguarda. Os impactos são tremendos, mas não recebem a atenção devida. E não estamos falando de um mundo pior para os netos: os efeitos da destruição acelerada das condições de vida na Terra já estão aí e se intensificarão nos próximos anos.

(mais…)

Ler Mais

Câmara aprova mudanças no Código Florestal e oposição denuncia anistia para desmatamento

Por Rafael Neves, no Congresso em Foco

A Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta terça-feira (29), a Medida Provisória 867, que altera vários pontos do Código Florestal. Para entrar em vigor, a medida precisa ser aprovada no Senado até a próxima segunda-feira (3). Senadores iniciaram a sessão desta tarde discutindo votar o texto na Casa ainda nesta terça, mas até as 18h40 a Câmara ainda votava destaques (pedidos para votação de trechos em separado) na MP.

(mais…)

Ler Mais