Militares do bolsonarismo não favorecem o conceito das Forças Armadas. Por Janio de Freitas

A posição de mais confiável em pesquisa Datafolha, ocupada pela instituição militar, é enganosa

Na Folha

As Forças Armadas e a imprensa estão em situações equivalentes na opinião pública percebida pelo Datafolha: estão mal em seus respectivos papéis. A posição de mais confiável, ocupada pela instituição militar, é enganosa, porque seu destaque é influído pelo descrédito das demais instituições e categorias.

(mais…)

Ler Mais

Nota Pública da Associação dos Diplomatas Brasileiros

“A Associação dos Diplomatas Brasileiros (ADB) recorda que, atualmente, mais de 1.500 diplomatas representam o País e defendem os interesses nacionais nas embaixadas, consulados e delegações junto a organismos internacionais, além de trabalharem em diversos órgãos do governo federal — inclusive na Presidência da República -, nos quais se encontram, hoje, mais de sessenta diplomatas cedidos.

(mais…)

Ler Mais

NYT: Uma operação contra a corrupção na política brasileira, mas nem tanto

Uma das principais figuras na luta do Brasil contra a corrupção, atual ministro da Justiça, Sérgio Moro,  foi desmascarado como corrupto em série de reportagens do The Intercept Brasil

Por Vanessa Barbara, The New York Times /Estadão

SÃO PAULO – Na superfície, a Operação Lava Jato é uma virtuosa cruzada contra a corrupção na política brasileira. Nos cinco anos mais recentes, essa investigação federal revelou vastos esquemas de suborno envolvendo os mais importantes políticos e empresários do Brasil, levando ao indiciamento criminal de 429 indivíduos e à condenação de 159 deles. Os veículos de notícias cobriram entusiasmados cada passo da investigação, pressionando pelo fim de uma cultura de corrupção na política do país. Em tese, a investigação deveria ser uma fonte de orgulho para nossa jovem democracia – mas a história não termina aí.

(mais…)

Ler Mais

MPF ajuíza ação civil pública para evitar extinção de cargos e funções de confiança de Universidades e Institutos Federais no RS

Efeitos concretos do Decreto 9.725/2019 serão sentidos a partir de 31 de julho

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Sulajuizou Ação Civil Pública (ACP) para suspender os efeitos concretos do Decreto 9.725/2019, que extingue cargos em comissão e funções de confiança em universidades e institutos federais.

(mais…)

Ler Mais

Nota da Associação Nacional dos Servidores Ambientais: “O que está acontecendo com a Política Ambiental brasileira?”

Ascema

“No dia 28/06/19 foi divulgada a informação (1) de que o atual Diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Marcos Aurélio Venâncio, solicitou a comandantes de batalhões militares ambientais a indicação de policiais militares inativos para gerir as unidades de conservação federais. Essa solicitação se justificaria na opinião do Capitão de que policiais militares têm “caráter técnico-pragmático”, o que, além de ao menos dois anos de experiência em atividades ambientais, os habilitaria à função. Mas é bom lembrar que as atribuições dos servidores da carreira de especialista em meio ambiente vão muito além do exercício do poder de polícia, função precípua das forças policiais.

(mais…)

Ler Mais

Uma “potência acorrentada”

Está em marcha o “Projeto Dominium”: Bolsonaro & Guedes minam liderança regional do Brasil para transformá-lo em protetorado dos EUA. Superar esse destino exigirá um projeto de longo prazo de país — e que a sociedade volte a caminhar por si

por José Luís Fiori, Outras Palavras

Em qualquer momento da história é possível acovardar-se e submeter-se, mas, atenção, porque o preço das humilhações será cada vez maior e insuportável para a sociedade brasileira. 
J.L.F. História, estratégia e desenvolvimento. São Paulo: Editora Boitempo, 2014, p. 277.

Fatos são fatos: na segunda década do século XXI, o Brasil ainda é o país mais industrializado da América Latina e é a oitava maior economia do mundo; possui um Estado centralizado, uma sociedade altamente urbanizada e é o principal player internacional do continente sul-americano. E apesar de sua situação atual, absolutamente desastrosa, segue sendo um dos países com maior potencial pela frente, se tomarmos em conta seu território, sua população e sua dotação de recursos estratégicos.

(mais…)

Ler Mais

Žižek: Uma comédia grega do absurdo

No Blog da Boitempo

O triste destino do Syriza é emblemático da nova situação da esquerda europeia.

No capitalismo, tal como o conhecíamos, quando uma crise econômica severa impossibilitava a reprodução normal do sistema, algum tipo de domínio autoritário (geralmente uma ditadura militar) era imposto por cerca de uma década até que a situação econômica fosse re-normalizada o bastante para que um retorno à democracia pudesse novamente ser tolerado – lembre dos casos do Chile, da Argentina, da Coreia do Sul… O papel único do Syriza é que lhe foi permitido desempenhar esse papel geralmente reservado à ditadura de direita: ele assumiu o poder em um momento de profundo descontentamento social e crise, cumpriu sua tarefa de implementar medidas duras de austeridade, e agora deixa o palco para ser substituído por um partido chamado Nova Democracia – o mesmo que conduziu a Grécia à crise em primeiro lugar.

(mais…)

Ler Mais

Nota Pública da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais denuncia esvaziamento e inviabilização da DPU

Tania Pacheco

“Vale lembrar que a DPU, a despeito do corpo exíguo de servidores e do número insuficiente de 625 Defensores Públicos Federais em atividade, prestou quase dois milhões de atendimentos à população em 2018, exercendo a defesa judicial e extrajudicial, em todas as matérias de competência federal, sempre em favor dos mais necessitados, idosos, crianças, adolescentes, consumidores, militares, famílias, povos tradicionais, pessoas em situação de rua, presos e grupos vulneráveis em geral’, diz a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais, em Nota em defesa da instituição.

(mais…)

Ler Mais

O bolsonarismo trava uma guerra perdida: as novas gerações não engolem a agenda moralista

Rosana Pinheiro-Machado, The Intercept Brasil

EXISTEM DUAS MANEIRAS de narrar e interpretar a reação e os desdobramentos da conferência que ministrei em São Borja, município de grande importância para o imaginário gaúcho, onde estão enterrados Getúlio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola, no início de julho. Elas são também duas maneiras de interpretar o Brasil de hoje.

(mais…)

Ler Mais

Crianças fardadas exibem réplicas de armas em desfile oficial de 9 de julho em SP

PM diz que armas não são verdadeiras e pais foram orientados a não deixar seus filhos portarem armas de brinquedo em futuros desfiles. Polícia disse ainda que ‘valoriza as crianças que têm orgulho em vestir a farda’.

Por G1 SP

Crianças fardadas e com réplicas de armas participaram do desfile em comemoração do 87° aniversário do início da Revolução Constitucionalista de 1932, realizado nesta terça-feira (9) na região do Parque Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo.

(mais…)

Ler Mais