Ricardo Gebrim: “O bolsonarismo está unificado em torno do programa ultraneoliberal”

O advogado e dirigente da Consulta Popular fala sobre cortes na educação, Reforma da Previdência e governo Bolsonaro

Rani de Mendonça e Iyalê Tahyrine, Brasil de Fato

Em visita ao Recife, o advogado e membro da direção nacional da Consulta Popular Ricardo Gebrim conversou com o Brasil de Fato Pernambuco sobre as mobilizações populares contra os cortes na educação que tomaram as ruas de todo o Brasil na última semana, além de fazer uma avaliação dos primeiros meses do governo Jair Bolsonaro (PSL) e a luta contra a Reforma da Previdência.

(mais…)

Ler Mais

Disputa de visões e projetos de futuro. Por Cândido Grzybowski

do Ibase

Chegamos a um momento de inflexão estratégica na conjuntura brasileira. Até aqui, no campo ideológico e mais visível, predominaram as bravatas do valentão Capitão Bolsonaro, de seus filhos 01, 02 e 03, e dos obscurantistas ministros inspirados em Olavo de Carvalho. Trata-se do grupo disposto a desencadear uma “guerra cultural” entre nós, com liberdade para matar até, em defesa de costumes e valores conservadores na sociedade brasileira, invocando “Deus, pátria, família e propriedade”.  Estrategicamente camuflada na reforma da previdência, a agenda real é o mais descarado ultraliberalismo, de desconstrução constitucional de direitos de cidadania e das políticas públicas que, com participação, visam à busca de maior igualdade. Trata-se de uma clara agenda de desmonte do Estado democrático de direitos para torná-lo um agente público de subjugação total de tudo e de todos à ganância colonial e predatória das grandes corporações capitalistas, das finanças, do agronegócio e do extrativismo, renunciando à própria soberania.

(mais…)

Ler Mais

Indígenas ocupam sede da Sesai em Roraima contra interferência política em nomeações

Uma das reivindicações dos indígenas é que as nomeações para os órgãos de assistência sejam resultado de consulta a eles

Por J. Rosha, no Cimi

Indígenas das várias regiões de Roraima estão sendo aguardados nesses dias para engrossar a fileira dos que já estão na capital Boa Vista, desde ontem (16), em ocupação à sede da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) contra a interferência de políticos na nomeação do novo coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Leste, que presta atendimento a cerca de 50 mil indígenas de 325 aldeias e 34 polos.

(mais…)

Ler Mais

Movimentos populares lançam manifesto contra a LGBTfobia

Neste Dia Internacional contra a LGBTfobia, organizações rurais e urbanas denunciam crimes de ódio e clamam pela vida

Redação, Brasil de Fato*

O Brasil tem um triste histórico de preconceitos e discriminação. A luta contra as desigualdades sociais e por uma nação mais diversa une os movimentos populares em todos os estados, como demonstra o manifesto lançado nesta sexta-feira (17), Dia Internacional contra a #LGBTfobia.

(mais…)

Ler Mais

MPF realiza audiência pública para debater bloqueio de verbas nos institutos e universidades federais

Evento será realizado no dia 7 de junho, às 14h, em Porto Alegre

Ministério Público Federal na 4ª Região

O Ministério Público Federal realiza na sexta-feira, dia 7 de junho, a partir das 14h, no auditório da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, audiência pública para discutir o bloqueio de verbas nas instituições de ensino superior da região Sul, compreendendo as universidades federais e institutos federais.

(mais…)

Ler Mais

O pesquisador questiona os limites do que está posto

Por Priscila Aurora Landim de Castro, no Justificando

Caminhava para a universidade quando recebi a mensagem de uma amiga filósofa e psicanalista que está realizando o doutorado sanduíche na Sorbonne. O texto motivou que ligasse para ela. Gastamos duas horas falamos sobre as nossas vidas e alguns temas que guardam correspondência nas nossas pesquisas. Compartilhamos o medo do futuro e do atual contexto político brasileiro. Desligamos a chamada afirmando uma para outra que precisávamos trabalhar e assim fizemos. Nesse caso, o termo trabalhar significava estudar e produzir conhecimento, atividade que tem sido especialmente desqualificada atualmente enquanto categoria de trabalho.

(mais…)

Ler Mais

‘Não interessa para o atual governo produzir mentes pensantes’

Michele Schultz, vice-presidenta da Associação dos Docentes da USP (Adusp), destaca a importância do apoio de toda a sociedade contra os cortes na educação feitos pelo governo de Jair Bolsonaro

por Redação RBA

A vice-presidenta da Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo (Adusp), Michele Schultz, reconhece não ter certeza sobre os significados da “bateção de cabeça” e dos discursos conflitantes expostos pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), seus ministros e apoiadores, no que se refere ao corte de gastos anunciados para a educação pública. Porém, de uma coisa ela diz não ter dúvida: os ataques contra a educação, a ciência e o conhecimento revelam muito da atual gestão.  

(mais…)

Ler Mais

Em ação coordenada, MPF promove Dia D em Defesa da Educação

Em ação coordenada, Procuradorias em todo o Brasil acionam instituições de ensino acerca dos impactos do bloqueio orçamentário na área. MEC e Ministério da Economia também são oficiados

Na PFDC

As medidas de bloqueio orçamentário e de extinção de cargos e funções impostas pelo governo federal a estabelecimentos de ensino em todo o país levaram o Ministério Público Federal a promover nesta quarta-feira (15) um Dia D em Defesa da Educação.

(mais…)

Ler Mais

“Bloqueio imposto pelo MEC a instituições de ensino é inconstitucional”, aponta Procuradoria dos Direitos do Cidadão

Segundo o órgão do MPF, além de interferir em atribuição do Legislativo, corte de recursos foi feito de modo desigual e é maior do que o contingenciamento sofrido pela pasta

Na PFDC

O “bloqueio” de 30% dos recursos imposto pelo Ministério da Educação a instituições federais de ensino superior é inconstitucional, pois fere o princípio da separação de Poderes e a autonomia universitária na sua tríplice vertente: didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial.

(mais…)

Ler Mais

Carta de Ipegue: Documento Final da 13º Assembleia Terena

“ […] antigamente, quando puxarará falava, tínhamos que ficar quietinhos, pois quem retruca o trovão? Mas hoje não! Puxarará falou, nós respondemos a altura, seja no Congresso Nacional, no Judiciário e na instância do Executivo”.

O Conselho do Povo Terena, organização tradicional base da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), reunido na aldeia Ipegue, por ocasião da 13º Hanaiti Hó`únevo Têrenoe, entre os dias 08 a 11 de maio de 2019, juntamente com representantes dos povos Guarani Kaiowá, Kadiwéu, Kinikinau, Guató, Guajajara, Xukuru, Kaigang e Xakriabá, vem expressar o compromisso de luta pelo bem viver da humanidade e oferecer a sociedade envolvente a oportunidade de construirmos juntos, um mundo baseado no respeito aos modos de vida de cada um e à Mãe Terra. Nos últimos anos, nós lideranças indígenas temos feito o enfrentamento necessário para defender as nossas vidas e o direito de viver em nossos territórios tradicionais, de acordo com nossas cosmovisões e modo próprio de ver e entender o mundo.

(mais…)

Ler Mais