Boaventura de Sousa Santos: “Os trabalhadores estão ficando cada vez com mais trabalho e sem direitos”

Em visita ao RS, Boaventura de Sousa Santos falou com o Brasil de Fato sobre a situação política e social do Brasil

Fabiana Reinholz e Katia Marko; Luiz Muller (Rede Soberania), no Brasil de Fato

Em uma manhã de um leve frio, depois de alguns dias de um “veranico” um tanto quanto atípico para o mês de junho porto-alegrense, o sociólogo e jurista português Boaventura de Souza Santos, das universidades de Coimbra (Portugal), de Wisconsin-Madison e de Warwick (EUA), conversou por mais de uma hora com o Brasil de Fato RS e com a Rede Soberania. 

(mais…)

Ler Mais

Ruralistas do Congresso possuem terras em áreas de conflitos sociais e ambientais

Invasão de terras indígenas, devastação do ambiente e tensão com camponeses e quilombolas são marcas das regiões onde políticos mantêm propriedades; em alguns casos, identificados a partir do Mapa das Terras dos Parlamentares, eles protagonizam as disputas

Por Leonardo Fuhrmann, em De Olho nos Ruralistas

As cidades de Santa Luzia do Pará e Viseu (PA) têm mais em comum além das propriedades da família do deputado Paulo Bengtson (PTB-PA). Ambas estão numa rota de desmatamento e furto de madeira da Terra Indígena Alto Rio Guamá. A Fundação Nacional do Índio (Funai) teve de entrar na Justiça para garantir a desintrusão de brancos do território dos povos originários. Paulo Bengtson declarou no ano passado à Justiça Eleitoral uma propriedade rural em Viseu, cujo tamanho não consta na declaração.

(mais…)

Ler Mais

Bem Querer o Brasil: a importância de preservarmos o acervo de J.R.Ripper para os povos e comunidades tradicionais e para quem aposta na luta

Vamos recuperar e disponibilizar o acervo digital de João Roberto Ripper, um dos maiores fotodocumentaristas do Brasil! É tempo de resgatar nossa memória!

Na Benfeitoria

Com quase 50 anos de documentação, João Roberto Ripper dedicou sua vida a contar as histórias abafadas ou esquecidas do país. As histórias de injustiças contra crianças e adultos em situação de escravidão; as histórias sobre as dificuldades da seca no semi-árido; mas também as histórias de força das lutas dos movimentos sociais e populações tradicionais pelo Brasil. Nosso objetivo com esta campanha é, em seis meses, trabalhar todo o material nativo digital, isto é, as fotografias produzidas por Ripper após sua transição da fotografia analógica para a digital, organizado e catalogado, com cada uma de suas imagens preenchidas por informações e contexto, contando a história por trás de cada uma das imagens. Este material será então doado para a Fundação Biblioteca Nacional para conservação a longo prazo e será disponibilizado para o público para consulta e pesquisa no site do fotógrafo. Cópias deste acervo também serão enviadas para entidades e instituições documentadas para auxiliar em suas lutas e reforçar suas políticas de memória. 

(mais…)

Ler Mais

O lobby é a alma do negócio

A trajetória do dono da CNN Brasil, Rubens Menin, vai do Minha Casa Minha Vida à articulação de empresários para acabar com a lista suja do trabalho escravo; também passa por reuniões palacianas e polpudas doações nas últimas eleições

Por Alice Maciel, Agência Pública

Apontado no meio empresarial como o “embaixador” do programa Minha Casa Minha Vida, o mais novo barão da mídia, fundador e presidente do conselho da MRV Engenharia, Rubens Menin atua intensamente nos bastidores de Brasília em prol dos seus negócios pelo menos desde 2008, quando participou da elaboração do programa que o transformaria em um dos homens mais ricos do país. Seu mais novo negócio é o canal de notícias CNN Brasil, entre outros seis que carregam seu nome no Brasil e nos Estados Unidos: MRV Engenharia, Banco Inter, AHS Development Group, Urbamais Desenvolvimento Urbano, ABC da Construção, Log Comercial.

(mais…)

Ler Mais

Moradores temem barragem da Anglo American e exigem reassentamento

Multinacional tem sido questionada pelas comunidades locais por suas práticas contra trabalhadores e comunidades

Marcos Hermanson, Brasil de Fato

Os moradores das cidades mineiras de Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas – onde se localiza o megaempreendimento de extração de ferro Minas-Rio – se manifestaram nesta quarta-feira (30) pelo imediato reassentamento de aproximadamente 400 pessoas que atualmente vivem no entorno das barragens de contenção de rejeitos. 

(mais…)

Ler Mais

Oito pessoas desaparecem, por hora, no Brasil

Pedro Calvi*, da CDHM

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública fez uma pesquisa para o Comitê internacional da Cruz Vermelha, sobre os boletins de ocorrências registrados por desaparecimentos no Brasil. O resultado impressiona. De 2007 a 2016, foram 693.076 registros de pessoas desaparecidas. Em média, 190 pessoas desapareceram por dia neste período, oito por hora. Já 2017 terminou com 82.684 boletins de ocorrência registrando o desaparecimento de pessoas, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Quando falamos em desaparecimento de crianças e adolescentes, a estatística oficial aponta para 40 mil casos por ano. Entre as causas, está o tráfico, feito por quadrilhas, para venda de órgãos, trabalho escravo, prostituição ou adoção ilegal. (mais…)

Ler Mais

Frei Henri vive! …e recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos

Em meio a uma confusão oportunista de (47!) nomes de entidades e pessoas indicadas às pressas por um governo moribundo, o frei Henri acabou sendo homenageado no último dia 21 de novembro, com o Prêmio Nacional de Direitos Humanos do Governo Federal   

por frei Xavier Plassat, da Campanha Nacional da CPT de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo

O  Henri  não  ficou  sozinho  em  duvidosa  companhia,  numa  lista  que  incluía  também  Déborah  Duprat,  o  senador  Randolfe Rodrigues,  Ronaldo  Fleury,  Raquel  Dodge,  entre  muitas  autoridades,  ao  lado  de  um  irrisório  número  de  agentes  do  movimento  social  (Mapulu  Kamayurá,  do  Xingu;  João  W.  Nery). O nome do Henri foi indicação da coordenação da Conatrae,  Comissão  Nacional  de  Erradicação  do  Trabalho  Escravo,  e  serviu  para  contornar  a  exclusão  da  categoria  “Combate  ao  trabalho  escravo”  na  lista  oficial  das  categorias  de  prêmios  publicada  pelo  Ministério  de  Direitos  Humanos.  (mais…)

Ler Mais

Justiça condena acusado de submeter indígenas Zo’é a trabalho escravo no Pará

O castanheiro Manoel Oliveira foi condenado a mais de três anos de prisão e multa

A Justiça Federal condenou o castanheiro Manoel Ferreira de Oliveira a três anos, um mês e dez dias de prisão por ter submetido indígenas a condições semelhantes às de escravo em Óbidos, no noroeste do Pará. A sentença acata pedidos do Ministério Público Federal (MPF), que divulgou a informação nesta terça-feira (20).

(mais…)

Ler Mais

Chama médico cubano de escravo, mas não se indigna com escravo de verdade. Por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

Do caso da fazenda Vale do Rio Cristalino, no Sul do Pará, que pertencia à Volkswagen, durante a ditadura militar, até os das grandes marcas de vestuário e da construção civil hoje, respeitáveis corporações já foram envolvidas em denúncias relacionadas ao trabalho análogo ao de escravo. Mais de 53 mil pessoas foram libertadas, desde 1995, em operações de fiscalização do governo federal e um número maior do que isso permaneceu nessas condições porque não conseguiu denunciar sua situação. (mais…)

Ler Mais

Chama médico cubano de escravo, mas não se indigna com escravo de verdade. Por Leonardo Sakamoto

no blog do Sakamoto

Do caso da fazenda Vale do Rio Cristalino, no Sul do Pará, que pertencia à Volkswagen, durante a ditadura militar, até os das grandes marcas de vestuário e da construção civil, respeitáveis corporações já foram envolvidas em denúncias relacionadas ao trabalho análogo ao de escravo. Mais de 53 mil pessoas foram libertadas, desde 1995, em operações de fiscalização do governo federal e um número maior do que isso permaneceu nessas condições porque não conseguiu denunciar a situação. (mais…)

Ler Mais