Os olhos verdes do Xingu e o silêncio dos cegos, por Guta Assirati

“Sim estou feliz, mas antigamente gente realizava essas festas com multidões, então olhei para a multidão e lembrei dos mentum, os antigos, quando ficávamos nessa região, porque éramos um povo que andava: vi a rere mej tchoba, a grande festa, e tinha muitas pessoas, mas hoje não somos tantos e isso me entristeceu.” (Raoni Metuktire sobre o desfile na Imperatriz Leopoldinense para Rádio Yandê).

No Indigenista

Quem assistiu Cacique Raoni Metuktire em cima de um carro alegórico em plena Sapucaí pode, descuidadamente, ter interpretado seus olhos alheios ao cenário em torno das lideranças Xinguanas em destaque no desfile da Imperatriz Leopoldinense no Rio de Janeiro. Quem conhece um pouco da história das lutas indígenas sabe, entretanto, que aqueles olhos enxergam mais longe do que se pode imaginar… Lideranças dos Povos Kamaiurá, Yawalapiti, Kaiapó e Kalapalo, sabiam muito bem o que faziam ali. (mais…)

Ler Mais

O psicanalista das massas: Guilherme Boulos

A maior liderança dos movimentos sociais é um filósofo, psicanalista e militante que vive nas ocupações desde os 15 anos. Conheça Guilherme Boulos, 34 anos, e entenda por que o MTST dobrou de tamanho em quatro anos

Por Andrea Dip, da Agência Pública

Pouco a pouco, as lonas pretas vão se abrindo sobre as estruturas de bambu e ferro, formando as tendas que passam a abrigar colchões, cadeiras e um fogão. Pessoas que saem do trabalho reduzem a velocidade dos passos, curiosas para saber o que interrompe o trânsito na movimentada esquina da avenida Paulista com a rua Augusta – no coração de São Paulo – naquele fim de tarde de 15 de fevereiro. (mais…)

Ler Mais

Malcolm X foi assassinado há 52 anos

A 21 de fevereiro fez 52 anos que foi assassinado Malcolm X, dirigente revolucionário afro-americano que expôs o racismo, a supremacia branca e a opressão a que estava e está sujeita a população negra

Por Jorge Branco, no Esquerda.net

O dia 21 de fevereiro de 2017 marcou o 52º aniversário do assassinato de Malik el-Shabazz, mais conhecido por Malcolm X, dirigente revolucionário afro-americano que expôs o racismo, a supremacia branca e a opressão a que estava e está sujeita a população negra, não só nos EUA como em todo o mundo. (mais…)

Ler Mais

Após ser atacado por capangas, MST consegue acordo com Incra

Movimento ocupa Incra e consegue avanços nas pautas da reforma agrária em Pernambuco

Por Vinícius Sobreira, no Brasil de Fato

Na terça-feira (21) o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) de Pernambuco realizaram uma reunião com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Em torno de dois mil sem-terras passaram dois dias acampados na sede regional do Incra no Recife, apresentando demandas referentes a 30 áreas no estado de Pernambuco. Parte das reivindicações foram acatadas. Pautas em aberto serão discutidas novamente no dia 10 de março, quando o presidente nacional do Incra vem ao Recife se reunir com o movimento. (mais…)

Ler Mais

Sem-Teto são recebidos a tiros no Recife

Polícia militar atacou com balas de borracha; entre 15 e 20 militantes estão presos

Da Redação Brasil de Fato

Na última terça-feira (21) centenas de militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), em Pernambuco realizaram ato em frente à Companhia Estadual de Habitação e Obras (CEHAB), no cruzamento da avenida Agamenon Magalhães com a rua Odorico Mendes, nas proximidades do Shopping Tacaruna. O MTST teria uma reunião com o Secretário Estadual de Habitação, Bruno Lisboa, mas que foi desmarcada em cima da hora. O movimento tentou ocupar o prédio estadual. Alguns militantes entraram e centenas ficaram do lado de fora. (mais…)

Ler Mais

No discurso, governo quer “pacificar” o país. Mas está em guerra com o povo, por Leonardo Sakamoto

No Blog do Sakamoto

Michel Temer tem repetido, exaustivamente, que sua função é trazer paz ao país. Por exemplo, no dia 12 de maio de 2016, quando discursou pela primeira vez como presidente interino afirmou que ”é urgente pacificar a nação e unificar o Brasil”. E, em 31 de agosto, ao tomar posse após consumada a cassação do mandato de Dilma Rousseff, afirmou à imprensa que ”é hora de tentar pacificar o Brasil”. (mais…)

Ler Mais

No Pará, atingidos por Belo Monte acampam em frente a Norte Energia

No MAB

Atingidos por Belo Monte organizados no MAB montaram acampamento em frente à Norte Energia, concessionária da hidrelétrica na manhã desta quarta-feira (15). Eles exigem que a Norte Energia inicie imediatamente o cadastro socioeconômico das 500 famílias da Lagoa do Independente 1, em Altamira. O Ibama já determinou que a empresa cadastre as famílias. (mais…)

Ler Mais

Criminalização de protestos no Brasil é tema de relatório da Artigo 19

Documento da ONG questiona ações das diferentes esferas políticas na repressão a manifestações populares

Mayara Paixão, Brasil de Fato

As violações ao direito de protesto que têm ocorrido no Brasil são tema do novo relatório da ONG Artigo 19, lançado nesta quinta-feira (9). Intitulado “Nas Ruas, nas Leis, nos Tribunais — violações ao direito de protestos no Brasil 2015-2016”, o documento traz o saldo do contexto brasileiro no período pós manifestações de 2013, avaliando o cenário de direito ao protesto no país. (mais…)

Ler Mais

Especial Vigilância: Caçando infiltrados

Leia a entrevista com a jornalista investigativa Eveline Lubbers, cuja profissão é descobrir e expor policiais infiltrados em organizações civis. Graças ao seu trabalho, dezenas de casos vieram à tona na Europa. Ouça suas dicas

Por Natalia Viana, da Agência Pública

A repórter investigativa Eveline Lubbers é especializada em caçar policiais infiltrados no meio de organizações civis. Isso mesmo: desde 1980, essa holandesa se dedica a desmascarar policiais infiltrados, P2, paisanos, ou como você quiser chamar os elementos de forças de segurança que fingem ser civis para obter informações sobre grupos de pessoas que se unem para fazer alguma reivindicação social. Fundadora do Undercover Research Group, na Inglaterra, ela acompanhou de perto o famigerado caso de um policial que foi infiltrado durante setes anos no movimento ambientalista londrino. “Depois dele, muitos outros casos surgiram e percebemos que teríamos que ter uma organização para dar conta”, explica. Nessa entrevista, ela revela como é ser caça-P2 e dá dicas para os ativistas brasileiros. (mais…)

Ler Mais

Especial Vigilância: Um espião contra Eloísa Samy

Como um espião infiltrado da Força Nacional se entranhou em um grupo de manifestantes cariocas e depois tornou-se a principal testemunha de acusação contra eles

Por Natalia Viana da Agência Pública

Eloísa Samy é dessas mulheres que aparentam não ter medo de nada. Orgulhosa advogada há 20 anos, fala alto e com uma convicção que impressiona. Nas redes sociais, é constantemente vista em disputas fervorosas com outros ativistas. Da mesma maneira aguerrida, defende seus clientes. Foi ela a advogada que defendeu a menina de 16 anos vítima de estupro coletivo no morro da Barão, na zona oeste do Rio de Janeiro, no ano passado. Depois de ter denunciado a maneira como sua cliente foi tratada pelo titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que culpou a própria vítima, conseguiu afastá-lo do caso – e da delegacia. (mais…)

Ler Mais