Musa da velha guarda da Tuiuti, Dona Zilá trabalhou a vida toda como doméstica sem carteira assinada

Fomos até o Morro do Tuiuti, zona norte do Rio de Janeiro, ver de perto como é a realidade de quem constrói a G.R.E.S. Paraíso do Tuiuti.

Por Mídia Ninja

Quem encontramos lá foi Dona Zilá, que aprendeu a sambar na escola quando tinha 5 anos – ainda enquanto “Bloco dos Brotinhos” – e começou a trabalhar de empregada doméstica aos 12, passando a vida inteira sem carteira assinada. Hoje ela é a musa da velha guarda da escola, e afirma “Ainda tem escravidão, não adianta que tem. Vamo ver se de repente esse samba mexe com os deputados, os governadores..”.

Foto: Mídia NINJA

“Nasci em Minas, em Porto Novo do Cunha, registrada no cartório mais próximo, e com 19 dias de nascida viemos pra cá, no Tuiuti, em novembro faço 74. Namorei, me casei, 4 filhos. Sempre trabalhei em casa de família mas não tinha carteira assinada. Fui me aposentar agora com o dinheiro que a Dilma deu pras pessoas que trabalharam muitos anos sem carteira: hoje recebo um salário.”

“Tinha uns 12 anos já tava na cozinha, trabalhando em duas casas grande na Marechal. A luz a gente pagava por bico. Tomava muita carona de bonde. Minha mãe trabalhava no colégio, eu ja fazia comida com 14 anos. Era uma coisa muito triste, muito humilhante. Agora posso falar que tô bem, graças a deus. Fogão de gás, luz, coisas que não tinha. Obrigada por estar viva até hoje.”

Comments (1)

  1. Pobre povo brasileiro que sequer sabe reagir.
    Pobres de nós.

    JÁ RASGARAM A CONSTITUIÇÃO!! NÃO EXISTE MAIS. RASGADA E PISOTEADA!

    O golpe já aconteceu! E assim o farão!

    GOLPE DADO, PODER TOMADO, TUDO NA NORMALIDADE! FOI ASSIM EM 1964 E OS TOGADOS REPETEM SUA CUMPLICIDADE COM O GOLPE!

    Está comprovado que esta quadrilha – políticos corruptos, mídia canalha e corrompida, judiciário covarde e executivo, em boa medida resultado desta promiscuidade para a tal governabilidade – fará o que quiser com nosso pobre país. Apropriou-se do poder, já o fez!

    Nem sei se falta mesmo só a coragem, se seria apenas covardia do STF!

    Nossa ação somente poderá ser assim sutil e permanente. “Nós conhecemos a língua que eles entenderão: Prejuízos, muitos”

    >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/03/29/nos-conhecemos-a-lingua-que-eles-entenderao-prejuizos-muitos/

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

1 × 2 =