MPF realiza reunião para debater a situação da Reforma Agrária no Tocantins

A reunião aconteceu em Brasília, na última terça-feira, 26.

Procuradoria da República no Tocantins

No dia 26 de junho foi realizada reunião entre a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Tocantins e a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão como o objetivo de tratar sobre a demora na execução da política da reforma agrária no Estado do Tocantins.

Além da procuradora federal dos direitos do cidadão dra. Déborah Puprat e da procuradora regional dos direitos do cidadão no Tocantins dra. Carolina Rosado, estiveram presentes representantes da Defensoria Pública da União, da Defensoria Pública do Tocantins, do Incra, do Ministério do Desenvolvimento Agrária, da Ouvidoria Agrária Nacional, da Advocacia Geral da União, da Comissão Pastoral da Terra e da Articulação Camponesa de Luta pela Terra.

Após debates sobre as áreas Gleba Tauá, Serrinha, Fazenda Freitas, Gleba Najá Lote 83, Gabriel Filho, Gleba São Bartolomeu/São Felix, Fazenda Santa Maria, Santo Antônio e Bom Sossego, alguns encaminhamentos foram decididos, entre eles o envio de topógrafos ao Tocantins, em agosto, e estudos para o deslocamento de servidores do INCRA de outros estados para o Tocantins a fim de auxiliar e dar maior celeridade para a análise de processos e a realização de trabalho de campo, a fim de atender as demandas em geral.

Imagem: www.istockphoto.com

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

quatro × 5 =