“Procuradoria-geral do Bolsonaro”: Placa no prédio da PGR em Brasília amanhece pichada

Durante a semana, procurador-geral Augusto Aras assumiu a defesa de Bolsonaro ao pedir para o STF a suspensão do inquérito das fake news; presidente, por sua vez, condecorou o chefe do MPF e prometeu vaga no Supremo

Na Fórum

A placa em frente ao prédio da Procuradoria-Geral da República em Brasília amanheceu, neste sábado (30), com a pichação “Procuradoria-Geral do Bolsonaro”. O registro foi feito pelo jornalista Guga Noblat.

O protesto gráfico vem em meio a inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF) que pesam contra o presidente, sua família e pessoas próximas e em meio a tentativa do capitão da reserva de trazer o procurador-geral da República, Augusto Aras, para o seu lado.

Um desses inquéritos é o que apura a máquina de fake news em favor de Bolsonaro. Durante a semana, o PGR Augusto Aras já saiu em defesa do presidente ao solicitar para o STF a suspensão da investigação, que atinge pessoas próximas do capitão da reserva, incluindo seus filhos, e que pode chegar até o próprio presidente. O Supremo, por sua vez, levará a solicitação de Aras a plenário, mas já há entendimento de que a maioria dos ministros é contra suspender as investigações.

Já Bolsonaro tem flertado com Aras, em um claro sinal de que clama por proteção. Em live na última quinta-feira (28), o presidente disse que, caso abrisse uma terceira vaga no STF, indicaria o PGR para o posto. Não satisfeito, na sexta-feira (29) Bolsonaro condecorou Aras com uma honraria militar.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

6 + 7 =