Alerta para nova fake news bolsonarista contra jovem do MST no PR

A fake news é uma montagem grosseira, que mostra, mais uma vez, a utilização da mentira como uma das principais armas da extrema-direita brasileira. Denuncie o conteúdo falso!

Da Página do MST

Nesta quarta-feira (18), os trabalhadores e trabalhadoras do MST foram surpreendidos com a circulação de mais uma montagem falsa e criminosa, com acusações de que “um jovem do MST” supostamente “teria participado dos atos terroristas do dia 8 de janeiro, em Brasília.”

A fake news é uma montagem grosseira, que mostra, mais uma vez, a utilização da mentira como uma das principais armas da extrema-direita brasileira. Neste caso, a tentativa é de ofuscar a gravidade dos crimes absurdos de invasão e depredação do Palácio da República, da sede do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional.

O jovem Sem Terra que aparece na montagem é militante do MST no Paraná, estudante, e mora com a família em um acampamento. Não divulgaremos seu nome ou local de moradia para evitar uma exposição e um risco ainda maior à sua imagem.

Vamos denunciar mais esse absurdo! Se você encontrar a montagem circulando nas redes sociais, não comente nem compartilhe, para evitar novos engajamentos e crescimento do alcance da fake news. O que devemos fazer é DENUNCIAR O PERFIL OU A PÁGINA, para que seja retirada do ar por disseminação de conteúdo falso.

Por meio do Coletivo de Direitos Humanos do MST, também iremos acionar a justiça e responsabilizar as pessoas que postaram mais esta mentira.

O MST defende a democracia e cobra a responsabilização dos vândalos, dos mandantes e dos financiadores dos atos antidemocráticos do dia 8 de janeiro.

Sem anistia!

Basta de violência!

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Paraná – MST-PR

Montagem grosseira de bolsonaristas espalham fake news e tenta ofuscar gravidade dos crimes absurdos de invasão e depredação dos três poderes em Brasília. Imagem: reprodução

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

dois + onze =