MST doa alimentos para vítimas da crise humanitária na Faixa de Gaza

As primeiras doações foram enviadas nesta segunda-feira (30), pelo avião da Força Aérea Brasileira (FAB), com cerca de 2 toneladas de arroz, farinha de milho e leite

Da Página do MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) doou cerca de duas toneladas de alimentos para as vítimas da crise humanitária na Faixa de Gaza. O carregamento com arroz, farinha de milho e leite em pó será levado por avião da Força Aérea Brasileira (FAB), em voo marcado para esta segunda-feira (30).

A ação visa atender parcela das cerca de 2,2 milhões de pessoas que vivem na Faixa de Gaza, que sofrem uma grave crise humanitária causada pelos bombardeiros de Israel e pelo cerco imposto ao enclave palestino, em meio à escassez de água, gás de cozinha e alimentos.

Após a primeira remessa de alimentos produzidos pelas famílias do Movimento Sem Terra em todo o Brasil, o Movimento pretende enviar 100 toneladas de alimentos para a Palestina, em ação viabilizada pelo apoio do Ministério das Relações Exteriores, a partir do governo federal, em novas contribuições para os esforços internacionais de assistência humanitária.

A dirigente nacional do MST, Cassia Bechara, ressalta a importância da solidariedade ao povo palestino: “As pessoas que não estão morrendo dos bombardeios, estão sob profundo risco de morrer de fome, de falta de água potável, de falta de alimentação,” explicando a urgência das ações.

Desde o dia 21 de outubro, começou a entrar ajuda humanitária pela fronteira com o Egito, mas as organizações que atuam em Gaza defendem que o volume é insuficiente para atender a população local.

“Então, agora, nesse momento central para todo o povo brasileiro, é exigir o cessar-fogo e garantir a solidariedade à população de Gaza” afirma Bechara.

*Editado por Solange Engelmann

A ação visa atender parcela das cerca de 2,2 milhões de pessoas que vivem na Faixa de Gaza, que sofrem uma grave crise humanitária. Foto: @yurigringo

Deixe um comentário

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

5 − dois =