MST lamenta a morte de Marta Harnecker

Psicóloga, escritora e jornalista, Harnecker, foi uma das principais investigadoras e divulgadoras das experiências de transformação social da América Latina

Da Página do MST

Psicóloga, escritora e jornalista, Marta Harnecker, de nacionalidade chilena, foi uma das principais investigadoras e divulgadoras do pensamento e das experiências de transformação social da América Latina. Harnecker morreu aos 82 anos neste sábado (15), em decorrência de tumores no cérebro.

(mais…)

Ler Mais

A luta das mulheres por um feminismo camponês e popular

Rumo ao VII Congresso da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações Camponesas (CLOC – LVC) – de 25 a 30 de junho, em Havana – Cuba

por Francisca Rodríguez Huerta*, em Via Campesina / CPT

O aumento da participação política das mulheres do campo na América Latina está intimamente relacionado com a rebeldia do levante indígena, camponês e popular, e a unidade da luta que é construída para combater a ainda presente ideia colonialista, seus governos, aliados e / ou submissos, e os 500 anos do descobrimento e saque da nossa América.

(mais…)

Ler Mais

Bolsonaro é o primeiro presidente brasileiro a admitir a Operação Condor

“O capitão mais estúpido do planeta, arauto da truculência, se gaba de sua especialidade: matar”

Por Luiz Cláudio Cunha *, Congresso Em Foco

Jair Bolsonaro, o capitão-presidente eleito na democracia, acaba de fazer o que não fez nenhum dos generais-presidentes impostos pela ditadura de 1964: é o primeiro governante brasileiro a reconhecer publicamente a “Operação Condor” — a clandestina, secreta conexão multinacional de repressão montada na sangrenta década de 1970 pelos países do Cone Sul do continente, todos então submetidos a regimes militares que, a ferro e fogo, baniram a democracia da região sob o pretexto da cruzada anticomunista.

(mais…)

Ler Mais

Fiori: Danação da História e disputa pelo futuro

Em tempos acelerados mais uma reviravolta: guinada à direita na América do Sul parece estar se esgotando. Para evitar a maldição do efeito-gangorra, será preciso novo projeto. Ele exige liquidar a submissão aos Estados Unidos

“Depois de 1940, a Argentina entrou num processo entrópico 
de divisão social e crise política crônica, ao não conseguir se unir 
em torno de uma nova estratégia de desenvolvimento, 
adequada ao contexto geopolítico e econômico criado 
pelo fim da Segunda Guerra Mundial, pelo declínio da Inglaterra, 
e pela supremacia mundial dos Estados Unidos.”

José Luís Fiori, História, estratégia e desenvolvimento, em Outras Palavras

(mais…)

Ler Mais

“Educação Ambiental desde el Sur”: Grupo de Estudos da Unirio lança livro para baixar da internet

Por Giuliana Franco Leal (NUPEM/UFRJ)

O livro “Educação Ambiental Desde El Sur” [organizado por Anne Kassiadou, Celso Sánchez, Daniel Renaud Camargo, Marcelo Aranda Stortti e Rafael Nogueira Costa] apresenta-se como produto de um esforço coletivo do Grupo de Estudos de Educação Ambiental Desde El Sur, voltado a pensar e praticar uma educação ambiental crítica.

(mais…)

Ler Mais

A grande caçada aos ativistas sociais

Avanço mundial do conservadorismo está encolhendo espaços de “cidadania ativa”, aponta Fundação alemã. Defensores dos direitos humanos são perseguidos em mais de 60% dos países — o que exige urgente defesa de nossas democracias

Outras Palavras

Atualmente seis em cada dez países do mundo estão reprimindo seriamente direitos civis já conquistados e apenas 4% da população do mundo vive em países onde os governos respeitam de forma apropriada a liberdade de associação, manifestação pacífica e expressão.

(mais…)

Ler Mais

Amenazadas vastas áreas de protección e indígenas de Amazonia

El 68 por ciento de las áreas de protección ambiental y territorios indígenas de la Amazonia están hoy amenazadas por la actividad humana, alerta un estudio realizado por investigadores de seis países, citado por el portal de noticias G1.

Por Prensa Latina / Servindi

6 de junio, 2019.- Actualmente existen 390 millones de hectáreas dedicadas a la conservación ambiental y zonas indígenas, de un total de 847 millones de hectáreas de la llamada Pan-Amazonia.

(mais…)

Ler Mais

Arco Minero puede generar etnocidio de pueblos indígenas

Un grupo de activistas se reunió frente al TSJ para exigir respuesta sobre el recurso de nulidad inconstitucional de este proyecto. A su vez, reafirmaron que la soberanía recae en los venezolanos y que, por tanto, es un derecho realizar una consulta sobre la explotación de la minería.

Por Diana Maitta, en Servindi

Cronica Uno – Cada 5 de junio se celebra el Día Mundial del Ambiente. Es por ello que, por tercer año consecutivo, un grupo de ciudadanos organizados de la Plataforma contra el Arco Minero, Observatorio de Ecología Política y la Plataforma Ciudadana en Defensa de la Constitución, se dirigió al Tribunal Supremo de Justicia (TSJ), para denunciar que no se ha cumplido con la solicitud de amparo en contra del acto administrativo mediante el cual se crea el Arco Minero.

(mais…)

Ler Mais

Consulta Indígena de Piñera es la mayor amenaza a nuestras tierras y territorios

Los cambios que la legislación chilena requiere para una convivencia armónica entre chilenos e indígenas no pasan por una modificación a la ley indígena actual, menos cuando esa modificación apunta única y exclusivamente a la desprotección de las tierras indígenas y busca colocarlas con mayor facilidad como un bien de mercado al mejor postor.

Por Francisco Vera Millaquén*, en Servindi

Mapuexpress – Dice el gobierno de Sebastián Piñera que: “A 25 años de la promulgación de la Ley Indígena, aun cuando ésta ha permitido importantes avances, han quedado al descubierto una serie de falencias que son necesarias de corregir, las cuales han sido levantadas por los propios miembros de los pueblos indígenas. Los conflictos por tierras continúan y las personas pertenecientes a pueblos indígenas del país viven en situación de mayor pobreza y vulnerabilidad que la población no indígena.”

(mais…)

Ler Mais