Operação elogiada por Bolsonaro na ONU despeja venezuelanos de Boa Vista (RR)

Comunidade formada por 850 indígenas e crioulos recebeu prazo do Exército para deixaram o local até dia 28 de outubro

Por Martha Raquel e Jeisse Carvalho, no Brasil de Fato

Em meio a uma pandemia que já matou mais de um milhão de pessoas no mundo todo, a Operação Acolhida do Exército Brasileiro anunciou no último dia 17 de setembro o despejo de 850 pessoas da comunidade Ka’Ubanoko de imigrantes venezuelanos indígenas e crioulos.

“Desde que soubemos que teremos que sair, estamos vivendo muita pressão psicológica e social. Estamos vendo mulheres que não bebiam e começaram a beber, mulheres que têm chorado, crianças com medo”, relata Leannys Torres, indígena Warao e liderança da coordenação indígena da Ka’Ubanoko.

(mais…)

Ler Mais

Aumento da fome e pobreza: até onde irá o estrago?

Dados do IBGE evidenciam tragédia anunciada e deixam claros os retrocessos nos direitos sociais. Mas não surpreendem: desmonte de políticas públicas explodiu em 2016, na esteira do golpe e seguindo tendência clara na América Latina

Por José Álvaro de Lima Cardoso*, em Outras Palavras

Segundo dados do IBGE, divulgados em 17 de setembro, o número de brasileiros que enfrentam insegurança alimentar grave subiu 43,7% em cinco anos. Em 2018 havia no Brasil 10,3 milhões de pessoas nessa situação, contra 7,2 milhões em 2013. Conforme a pesquisa, entre a população de 207,1 milhões, 122,2 milhões eram moradores em domicílios com segurança alimentar, enquanto 84,9 milhões viviam com algum nível de insegurança
alimentar. Deste último conjunto, 56 milhões estavam em domicílios com
insegurança alimentar leve, 18,6 milhões, insegurança alimentar moderada, e 10,3 milhões de pessoas em domicílios com insegurança alimentar grave.

(mais…)

Ler Mais

Atlas de conflitos Pan-Amazônico será lançado nesta quarta-feira

Cobrindo 85% da área da pan-Amazônia, a publicação traz dados referentes aos anos de 2017 e 2018. Lançamento será transmitido por meio de live, dentro das programações do Fospa em Movimento

por Mário Manzi, em CPT

Resultado do trabalho em conjunto de organizações de quatro países, a publicação “Atlas de Conflitos Socioterritoriais Pan-Amazônico” será lançada nesta quarta-feira (23), às 16 horas de Brasília. Cobrindo 85% da área da Pan-Amazônia, que reúne nove países, o documento é composto também por textos analíticos sobre a conjuntura dos países, bem como casos emblemáticos de violação de direitos dos povos da região pan-amazônia.

(mais…)

Ler Mais

Países da Pan-Amazônia lançam, dia 23 de setembro, o Atlas de Conflitos Socioterritoriais na Pan Amazônia

A publicação reúne dados de conflitos no campo referentes aos anos de 2017 e 2018 e foi organizada pela Articulação das Comissões Pastorais da Terra (CPT’s) da Amazônia. O lançamento ocorre dentro das programações do IX Fórum Social Pan-Amazônico, o Fospa em Movimento, e compõe a Iniciativa de Ação denominada Documentação e mapeamento dos conflitos e da violência na Pan-Amazônia.

(mais…)

Ler Mais

Presidência da CDHM pede apuração sobre o assassinato de 4 indígenas bolivianos na fronteira com o Brasil

Por Pedro Calvi / CDHM

A presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM) recebeu denúncia sobre o assassinato de quatro indígenas do povo Chiquitano, na cidade de Cáceres (MT), na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Eles teriam sido mortos, no dia 11 de agosto, pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron) durante um suposto confronto com traficantes.

(mais…)

Ler Mais

Chacina de indígenas chiquitanos segue impune e mobiliza organizações sociais do Brasil e Bolívia

Caso completa um mês esta semana; Polícia brasileira que atua na fronteira do Mato Grosso é acusada de atuação criminosa

por Nanda Barreto, em Cimi

Quatro chiquitanos foram assassinados no dia 11 de agosto, em território brasileiro, próximo à comunidade de San José de la Frontera, na Bolívia. Os indígenas estavam caçando quando foram surpreendidos por agentes do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) – núcleo da polícia do Mato Grosso que faz a segurança da região. Após denúncias sobre o caso, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e outras organizações de defesa dos direitos humanos enviaram, na semana passada, um grupo de trabalho para investigar os fatos in loco.

(mais…)

Ler Mais

Las mujeres Mapuche y la lucha por nuestra autonomía territorial

En plena crisis del COVID-19, las mujeres originarias de Chile siguen luchando por sus derechos al interior de sus comunidades y dentro del Estado nación. En el marco de la pandemia sufren por no poder vender sus artesanías y verduras, y la violencia policial. La crisis ambiental y sanitaria ha sido una oportunidad para fortalecer las organizaciones, capacitarse y tejer redes con los movimientos feministas de las ciudades. No se olvidan de la lucha de octubre de 2019 y se suman al pedido de pensiones dignas y una nueva Constitución plurinacional y paritaria.

Por Millaray Painemal Morales*, en Debates Indígenas / Servindi

Los sectores más excluidos y marginados que viven las grandes ciudades y los pueblos originarios que habitan en las zonas rurales son quienes más sufren los efectos de la pandemia del coronavirus. 

(mais…)

Ler Mais

Mortos pela polícia brasileira, quatro indígenas da Bolívia foram encontrados com sinais de tortura

Chacina ocorreu em agosto, enquanto os jovens caçavam; eles estavam com braços e pernas quebrados e um deles teve a orelha cortada; organizações pró-direitos humanos vão protocolar denúncia contra grupo de fronteira da PM do Mato Grosso

Por Sarah Fernandes, no De Olho nos Ruralistas

Indígenas Chiquitano da terra de San José de la Frontera, entre a Bolívia e o Brasil, denunciam que PMs do Mato Grosso assassinaram quatro jovens da comunidade enquanto caçavam em território brasileiro. Os corpos foram encontrados com braços e pernas quebrados, orelha cortada e machucados profundos. Membros do Fórum de Direitos Humanos e da Terra estiveram na quinta-feira (03) no local e vão protocolar denúncias junto a órgãos estaduais, federais e em organizações internacionais para cobrar apuração do caso e punição dos envolvidos.

(mais…)

Ler Mais

ONU pide ayuda urente para indígenas amazónicos frente al COVID

A pesar de los esfuerzos desplegados por los tres gobiernos para responder a la crisis, a las Naciones Unidas cada vez les preocupa más la capacidad de las instituciones de salud para hacer frente a la situación y salvar las vidas de cientos de miles de campesinos e indígenas que enfrentan una grave situación debido a la pandemia, que se ha sumado a su vulnerabilidad previa.

Noticias ONU / Servindi

Las oficinas de Naciones Unidas en Colombia, Brasil y Perú hicieron un llamado urgente a la “solidaridad internacional” para conseguir más fondos para la respuesta a la pandemia en la región del Amazonas, donde preocupa especialmente la vida de 170.000 personas que viven en áreas remotas a lo largo del río.

(mais…)

Ler Mais

Famílias desesperadas passam horas em busca de oxigênio em mercado paralelo no Peru

Marcia Carmo, na BBC News Brasil

A pandemia do novo coronavírus revelou que os hospitais públicos peruanos não possuem armazenamento suficiente de um produto básico para a vida: oxigênio.

A escassez do insumo mostra que, apesar de anos seguidos de crescimento econômico e queda nos seus índices de pobreza, o país andino vizinho ao Brasil não investiu no seu setor de saúde. Com o incremento de casos de covid-19, os familiares dos pacientes da doença passaram a ter que encarar horas nas filas nas ruas da capital Lima, de Arequipa, terra natal do escritor Mario Vargas Llosa, e de Huancayo, na região de montanhas, entre outros lugares, para conseguir o elemento químico vital.

(mais…)

Ler Mais