“Globalizar la lucha es también globalizar la solidaridad, y la esperanza de los pueblos del mundo”

La Via Campesina recibió el Premio Navarra de Solidaridad Internacional, la integrante del Comité Coordinador Internacional,  Maria Canil, viajó al País Vasco desde Guatemala para aceptar el reconocimiento, el pasado 21 de noviembre 2017. Lea a continuación el discurso de La Vía Campesina – XV Premio Internacional Navarra a la Solidaridad: (mais…)

Ler Mais

Fórum por Direitos e Combate à Violência no Campo discute estratégias para o enfrentamento dos conflitos

Casos relacionados a reintegração de posse, despejos forçados, abusos na condução de investigações e ameaças a defensores e defensoras de direitos humanos foram discutidos no encontro

PFDC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), participou nessa quinta-feira (23) de reunião do Fórum por Direitos e Combate à Violência no Campo. Ao todo, mais de 30 participantes, entre representantes de organizações sociais e do poder público, debateram o atual cenário e propuseram estratégias articuladas.  (mais…)

Ler Mais

“O governo não é complacente com o agronegócio. O agronegócio está no governo. O agronegócio é o governo.” Entrevista especial com Leonardo Melgarejo

Por Vitor Necchi, no IHU

O Diário Oficial da União publicou no dia 6 de novembro a liberação do Benzoato de Emamectina. A decisão causou estranhamento e protesto, porque este veneno, conforme Leonardo Melgarejo, não tem similares. “É o pior que pode ser oferecido”, resume. “A prioridade à morte das lagartas, a despeito das ameaças à saúde da população, é por demais desrespeitosa para ser aceita.” O especialista sustenta que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa deve ser explicada para a sociedade. (mais…)

Ler Mais

Movimento camponês popular realiza seminário nacional em Aracaju

VIII Seminário Nacional de Agrobiodiversidade e Sementes Crioulas acontecerá entre 21 e 24 de novembro

Por Expressão Sergipana

Entre os dias 21 e 24 de novembro, acontecerá em Aracaju (SE), o VIII Seminário Nacional de Agrobiodiversidade e Sementes Crioulas. O evento é organizado pelo Movimento Camponês Popular (MCP), em parceria com movimentos populares e organizações parceiras, e será aberto para a participação de todos e todas. (mais…)

Ler Mais

BA – Trabalhadores e gestores discutem sobre a Bacia do Rio Paraguaçu

Por Tiago Aragão, CPT Bahia

Na última terça-feira (07), trabalhadores rurais se reuniram com Jõao Lúcio, Prefeito de Andaraí e presidente do Consórcio Chapada Forte, representantes dos municípios baianos de Wagner, Lajedinho e Lençóis, e da Secretaria de Relações Institucionais do Estado da Bahia – SERIN, assim como alguns vereadores, para discutir a crise hídrica do Rio Utinga que faz parte da Bacia do Rio Paraguaçu. A reunião aconteceu no Assentamento São José, em Lençóis, na Chapada Diamantina. (mais…)

Ler Mais

Estrutura fundiária iníqua e luta pela terra, por frei Gilvander Moreira[1]

“A população do território hoje conhecido como Brasil em 1500 era, calcula-se, de mais de cinco milhões[2] de pessoas distribuídas por centenas de povos, com línguas, religiões, organizações sociais e jurídicas diferentes” (MARÉS, 2003, p. 49). Há mais de cinco séculos o latifúndio continua sendo a estrutura básica fundiária no Brasil e, ultimamente, sob a hegemonia do agronegócio, a luta pela terra necessita de crítica permanente, isso para diminuir, no mínimo, os riscos de perdurar e repetir ad infinitum a estrutura latifundiária, um dos fundamentos da sociedade do capital, “estruturalmente incapaz de dar solução às suas contradições” (MÉSZÁROS, 2007, p. 116). (mais…)

Ler Mais

III Conferência Triangular dos Povos: Em declaração, povos afirmam Não ao ProSavana

Reuniram-se na Cidade de Maputo, na III Conferência Triangular dos Povos, organizada pela campanha Não ao ProSavana, nos dias 24 e 25 de Outubro de 2017, cerca de 200 pessoas dentre as quais camponeses, camponesas, representantes de movimentos sociais, organizações não-governamentais, organizações de fé, acadêmicos, estudantes, ativistas, pessoas de boa-fé e membros da Campanha Não ao ProSavana dos três países (Moçambique, Brasil e Japão) com objetivo de refletir de forma profunda e democrática o modelo de desenvolvimento de Moçambique.

Por MPA Brasil, na CPT

A conferência decorre num contexto em que o governo de Moçambique tem priorizado o modelo de desenvolvimento assente no sector privado particularmente “parcerias público-privadas” que, consequentemente, tem suscitado a entrada e implementação de grandes investimentos, nacionais e estrangeiros nos sectores de agricultura com foco para o agronegócio, mineração e hidrocarbonetos nos principais corredores de desenvolvimento. (mais…)

Ler Mais

Articulação Camponesa desocupa Ferrovia Norte-Sul no Tocantins

Nós, famílias camponesas e remanescentes de quilombo, unidos na Articulação Camponesa de Luta pela Terra e Defesa dos Territórios do Tocantins, juntamente com a Via Campesina, comunicamos o fim da paralisação da Ferrovia Norte-Sul, no trecho de Palmeirante (TO), após cerca de 36 horas de mobilização.

Na CPT

A desocupação se deu na noite desta terça-feira (10), mediante deliberação coletiva das famílias. A decisão foi tomada após a Ouvidoria Agrária Nacional (OAN) garantir a realização de uma reunião nos dias 18 e 19 de outubro, em Palmas, envolvendo representantes nacionais do Incra e do Programa Terra Legal e o presidente do Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), além da presença do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública Agrária. (mais…)

Ler Mais

Nota de esclarecimento da Articulação Camponesa à sociedade tocantinense: Por que paralisamos trecho da Ferrovia Norte-Sul?

Na CPT

Nós, famílias camponesas e remanescentes de quilombo, unidos na Articulação Camponesa de Luta pela Terra e Defesa dos Territórios do Tocantins, que representa comunidades de Araguaína, Babaçulândia, Bandeirantes, Barra do Ouro, Campos Lindos, Darcinópolis, Goiatins, Palmeirante e São Bento, juntamente com a Via Campesina, vimos a público para denunciar a inoperância e omissão dos órgãos de âmbito federal (Incra, Programa Terra Legal, Ibama) e estadual (Instituto de Terras do Tocantins e Naturatins). (mais…)

Ler Mais