As águas do Brasil: o que vem por aí?

Nestlé, Coca-Cola e Pepsi se movimentam para garantir privatização e exploração comercial da água no Brasil

Franklin Frederik*, Brasil de Fato

Em julho de 2017, um memorandum of understanding (MOU, “documento de cooperação” em inglês) foi assinado entre a Secretaria de Recursos Hídricos e Saneamento do Estado de São Paulo e o Water Resources Group–WRG (Grupo de Recursos Hídricos, em inglês). (mais…)

Ler Mais

Diagnóstico da Dívida Social dos atingidos por Sobradinho é apresentado em Juazeiro, no Vale do São Francisco

Em momento histórico, aproximadamente 200 atingidos pela Barragem de Sobradinho dos oito municípios afetados, participaram no dia 25 de maio da Audiência Pública do Diagnóstico da Dívida Social, Econômica e Cultural dos Atingidos pela Usina Hidrelétrica de Sobradinho/BA, em Juazeiro-Bahia. 

No MAB

Após mais de dois anos de intensa pesquisa documental e de campo, realizada por cerca de 40 pesquisadores, foram finalmente apresentados os dados resultantes do trabalho. Durante o evento, os pesquisadores agradeceram à população dos municípios pesquisados, às entidades e organizações locais, sem os quais não seria possível a realização dos trabalhos. (mais…)

Ler Mais

Atingidos pelo rompimento da barragem em Mariana exigem direitos em manifestação em Periquito, no Vale do Aço

No MAB

Na manhã de ontem, 05 de junho, 150 atingidos pelo rompimento barragem em Mariana da cidade de Periquito, no Vale do Aço, se manifestaram diante da sede da Copasa com agitação e palavras de ordem.

O grupo se coloca em defesa de todos os munícipes de Periquito, exigindo que sejam reconhecidos como atingidos pelo rompimento da Barragem de Fundão pela questão da água, uma vez que o abastecimento de toda a cidade foi interrompido por mais de um mês após o crime cometido pela Samarco/Vale, gerando prejuízos diversos. (mais…)

Ler Mais

Biólogos acusam Coca-Cola de secar nascentes em Minas Gerais

Associação ambiental afirma que, em três anos, fábrica na Grande Belo Horizonte afetou vazão de nascentes e lençóis freáticos

por Deutsche Welle, na Carta Capital

“Secou tudo, olha só. Que tristeza”, lamenta Sebastião Gomes de Laia enquanto caminha pelo lamaçal coberto de capim às margens da rodovia BR-040, em Minas Gerais. “Tudo o que você está vendo aqui era água, onde o pessoal pescava traíra”, recorda o pintor de 65 anos, um dos primeiros a ocupar os terrenos do bairro Água Limpa, perto de Itabirito, na região metropolitana de Belo Horizonte. (mais…)

Ler Mais

Plenária de mulheres no IV ENA: movimento, memória e força da agroecologia

Por Helena Zelic e Camila Paula, da Marcha Mundial das Mulheres, na ANA

“Como falar da história da Agroecologia sem falar das mulheres?”

É trazendo de suas regiões os rios da vida das mulheres na Agroecologia que, com muita música e força, a plenária das mulheres abre a programação do IV Encontro Nacional da Agroecologia (ENA), neste 31 de maio de 2018.  Na mística de abertura, além de trazer seus rios de luta agroecológica, as mulheres lembram o crime contra o Rio Doce. Elas curaram as águas dos agrotóxicos, agronegócio e machismo. As mais de mil mulheres do campo, das águas, das florestas e dos povos tradicionais de todo o Brasil, também curam o país, defendendo a democracia, a liberdade de Lula, justiça para Marielle e muito, muito feminismo. (mais…)

Ler Mais

O mundo precisa de adultos responsáveis, não de otimismo infantilizado, por Eliane Brum

Como fazer para que as pessoas acordem para a mudança climática na época do entretenimento?

No El País Brasil

São Paulo, a maior cidade do Brasil, pode enfrentar mais uma vez uma crise da água em ano eleitoral. E não em qualquer eleição, mas nesta que se anuncia como uma das mais duras e truculentas da história recente, agravada ainda pelas “fake news”. Na primeira crise da água, em 2014, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) reelegeu-se no primeiro turno afirmando que estava “tudo sob controle”. Apesar das evidências cotidianas de que algo muito grave estava acontecendo, a maioria da população de São Paulo preferiu acreditar que tudo ia ficar bem e a vida poderia ser retomada sem maiores alterações. A descoberta mais importante revelada pela crise foi o nível de desconexão com a realidade a que as pessoas podem chegar para não serem obrigadas a enfrentar as dificuldades, fazer mudanças permanentes na vida e pressionar os governantes e legisladores por políticas públicas. E como estão dispostas a acreditar em qualquer um que pronuncie a expressão “sob controle”. O problema é que qualquer pessoa que diga, em tempos de mudança climática, que algo está “sob controle” ou é mentiroso ou é maluco. Mas de novo estamos voltando a esse tipo de irresponsabilidade alimentada pela incapacidade de se responsabilizar de adultos infantilizados que preferem acreditar em qualquer estupidez a ter que enfrentar o mal-estar que sentem nos ossos. (mais…)

Ler Mais

Experiências territoriais do Semiárido brasileiro são exemplos de resistência na agroecologia

A Chapada do Apodi (RN) e o Polo da Borborema (PB) são dois dos seis territórios agroecológicos da região que serão apresentados no IV Encontro Nacional de Agroecologia (ENA)

Por Gleiceani Nogueira – ASACom

Há anos, o agronegócio vem tentando se instalar no lado potiguar da Chapada do Apodi a partir do projeto de perímetro irrigado. A partir da resistência das famílias e organizações sociais e sindicais que trabalham com agricultura familiar no território, o projeto não foi implementando como previsto, mas as empresas de monocultivos de frutas para exportação estão em ação através da exploração das águas subterrâneas fora da área do perímetro, através da escavação de poços profundos. (mais…)

Ler Mais

MPF em Erechim obtém liminar no TRF4 determinando que a União e a FUNAI forneçam água potável ao Acampamento Indígena São Roque

Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul

O Ministério Público Federal em Erechim obteve vitória no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que concedeu liminar para determinar que a União e a FUNAI adotem todas as providências necessárias para garantir o imediato fornecimento de água potável à comunidade indígena do Acampamento São Roque, que vive às margens da BR-153, na altura do km 42, em Erechim/RS, há quase 40 anos. (mais…)

Ler Mais