Geopolítica das próximas Guerras pela Água

Três poderes avançam sobre as fontes, cada vez mais raras e poluídas: as grandes corporações, os exércitos e os privatizadores locais. Mas crescem as lutas sociais para criar o primeiro Comum global. É hora de tomar partido

Por Riccardo Petrella*, no Other News | Tradução: Simone Paz Hernández, em Outras Palavras

Começa a anoitecer. Hoje morreram mais de 21 mil crianças com menos de cinco anos no mundo inteiro — são 7,9 milhões por ano. Entre os principais motivos, estão as doenças causadas pela falta de água potável, por um saneamento inadequado ou por beber água poluída. Há muitos anos, a emergência da saúde relacionada à água vem preocupando a todos, mas os grupos dominantes, aqueles que têm o poder de decidir, não parecem considerar essencial e urgente tomar medidas para mudar a situação.

(mais…)

Ler Mais

Famílias camponesas impedem empresa de cercar fonte de água de comunidade, em Jaqueira (PE)

Mesmo em tempos de comoção social para combater o Coronavírus, a violência e os conflitos fundiários no campo não param de ocorrer em Pernambuco. Nos últimos dias 19 e 20 de março, a empresa Agropecuária Mata Sul S/A enviou funcionários para instalar cerca elétrica no entorno de uma fonte de água que abastece famílias da comunidade camponesa Barro Branco, localizada no município de Jaqueira, Litoral Sul de Pernambuco. A comunidade, indignada com a ação da empresa, decidiu resistir e impedir a instalação da cerca.

por CPT Nordeste 2

Caso fosse instalada, a barreira impediria o acesso de várias famílias à água. A ação, desumana por si só, torna-se ainda mais chocante diante do cenário de pandemia do Coronavírus, quando o acesso coletivo à água é fundamental para prevenir a contaminação em massa. A resposta da comunidade foi imediata. As famílias rapidamente se reuniram no local e, em mutirão, taparam os buracos onde seriam colocadas as cercas.

(mais…)

Ler Mais

Em Jaqueira, famílias camponesas impedem empresa de cercar fonte de água da comunidade

CPT NE2

Mesmo em tempos de comoção social para combater o Coronavírus, a violência e os conflitos fundiários no campo não param de ocorrer em Pernambuco. Nos últimos dias 19 e 20 de março, a empresa Agropecuária Mata Sul S/A enviou funcionários para instalar cerca elétrica no entorno de uma fonte de água que abastece famílias da comunidade camponesa Barro Branco, localizada no município de Jaqueira, Litoral Sul de Pernambuco. A comunidade, indignada com a ação da empresa, decidiu resistir e impedir a instalação da cerca.

(mais…)

Ler Mais

Na surdina, querem privatizar as águas…

Ministro Paulo Guedes aproveita-se de crise sanitária para devastar o saneamento brasileiro. Tenta emplacar projeto que estrangula financiamento e sucateia companhias públicas de água e esgotos, entregando-as ao setor privado

por Observatório Nacional dos Direitos à Água e ao Saneamento

O 22 de março, quando se comemora o Dia Mundial da Água em todo o planeta, ocorrereu em um momento em que o mundo vive a pandemia da Covid-19, declarada em 11 de março último pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

(mais…)

Ler Mais

No dia 14 de março, atingidas e atingidos resistem em defesa da vida

No Mab

Todos os anos, o Movimento dos Atingidos por Barragens organiza uma série de ações relacionadas ao dia 14 de março. A data é bastante importante e simbólica na trajetória dos atingidos por barragens no Brasil. É um dia de luta, em defesa da vida e dos direitos, para que exista uma justa reparação a todas as famílias vítimas de crimes cometidos pelas empresas e pela falta de políticas governamentais adequadas.

(mais…)

Ler Mais

Água: no eixo central nos cenários de conflito no mundo

Por Sucena Shkrada Resk*, do Blog Cidadãos do Mundo

A água, apesar de ser um direito humano, tem sido menosprezada através dos séculos no planeta. Experiências que exemplificam este extremo são vivenciadas diariamente por meio de conflitos contemporâneos com relação aos recursos hídricos, cada vez mais escassos, em nações principalmente da África, do Oriente Médio e na Ásia. As causas mesclam origens climáticas, geográficas, de intervenções de grandes obras que reduzem a capacidade de vazão nas bacias, poluição hídrica, desperdício e dimensão do crescimento populacional. Seja qual for o motivo, a ação humana desencadeia este avanço de tensões.

(mais…)

Ler Mais

Um mês depois, crise da água continua a punir a periferia do Rio

Enquanto nomeados políticos correm para se explicar, preocupações com privatização persistem entre ativistas comunitários.

por Pauline Beaumont e Sofia Bazin, em RioOnWatch

No dia 3 de janeiro sob um sol escaldante de verão, com temperaturas acima de 35°C, moradores da Baixada Fluminense, bem como das Zonas Oeste e Norte do Rio, começam a notar problemas na água da torneira. Mesmo quando tirada dos onipresentes filtros, a água vinha turva e cheirava mal; tinha gosto de terra. A medida em que moradores preocupados corriam para supermercados, o preço da água engarrafada disparava. Em questão de dias, o problema se estendeu por toda a cidade.

(mais…)

Ler Mais

Água potável: a insustentável situação do saneamento no Brasil. Entrevista especial com Iene Christie Figueiredo

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

A cidade do Rio de Janeiro ocupou as manchetes de jornais em todo o Brasil e no mundo nas primeiras semanas de 2020, mas não foi por conta de suas belas paisagens litorâneas, senão pela qualidade da água disponibilizada às pessoas. O problema histórico nas regiões periféricas de todo o Brasil chegou à classe média carioca e ganhou status de calamidade. Essa é só a ponta do iceberg do descaso do saneamento básico no país. “Todos os afluentes ao rio Guandu se encontram em estado avançado de degradação da sua qualidade, uma vez que cortam regiões/municípios com crescente adensamento populacional e sem qualquer serviço de esgotamento sanitário prestado de forma efetiva. Ou seja, todo esgoto doméstico gerado nessa região vai para os cursos d’água sem qualquer tipo de tratamento”, explica a professora doutora Iene Christie Figueiredo, em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais

BA – Itamaraju, um município encurralado pelo plantio de eucalipto das Empresas SUZANO e STORA ENSO

Por Ivonete Gonçalves*

Circundada por mais de um milhão de hectares de eucaliptos plantados, o município de Itamaraju, no extremo sul da Bahia, ainda conta com áreas de remanescentes da Mata Atlantica e uma economia diversificada. A agricultura familiar é o setor econômico mais importante do município, considerado o maior gerador de emprego e renda, acompanhado das atividades como a pecuária, café conilon, cacau, pimenta-do-reino e frutas como maracujá, mamão e banana.

(mais…)

Ler Mais