Luta pela água ganha força no Ceará

Moradores do município Caucaia estão mobilizados desde o início da manhã para protestar contra projeto que retira água do povo e destina a grandes empresas

No MAB

No Ceará, a guerra pela água se intensifica cada vez mais. Na manhã desta quinta-feira (7), comunidades contrárias ao projeto de uso das águas do Lagamar do Cauípe organizaram mobilizações na comunidade Coqueiro, município de Caucaia (CE), paralisando a Estrada da Pedra e logo em seguida ocupando o trecho do canteiro da obra em curso na comunidade. (mais…)

Ler Mais

Conflito pela água é tema de Audiência Pública em Correntina

Ministério Público e organizações sociais convocam Audiência Pública sobre os conflitos pela água em Correntina, movimentos também realizarão uma marcha na região central da cidade

No MAB

Na próxima sexta-feira (01), o Ministério Público Estadual da Bahia em parceira com organizações sociais convoca Audiência Pública sobre a redução da vazão dos rios, a gestão do uso das águas e os direitos humanos violados na região. (mais…)

Ler Mais

As arrojadas águas de Correntina

Por Patrick Mariano, no Justificando

Ora sucede que os primeiros cafoni de Fontamara que, na manhã de 2 de junho, desceram a colina para ir ao trabalho, encontraram-se com um grupo de cantoneiros, chegados do município, com pás e picaretas, para desviar o riacho (disseram eles), para afastar o riacho das lavouras e das hortas, que sempre irrigara, sempre, desde quando a terra e a água existiam, e para encaminhá-lo em sentido contrário, de forma a obrigá-lo a costear algumas vinhas e a banhar terras que não pertenciam a Fontamara, mas a um rico proprietário do município Dom Carlos Magna.[1] (mais…)

Ler Mais

BA – Após protesto em Correntina, governador amplia fiscalização dos projetos de irrigação

Rui Costa apresentou uma portaria do Inema que define prazo de 60 dias para instalação de medidores de vazão de água consumida pelas empresas do agronegócio

por Maurizan Cruz, Matutar

O governador da Bahia, Rui Costa, apresentou uma portaria do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) que estabelece o prazo de 60 dias para que as empresas do agronegócio instalem um sistema de medição da vazão consumida em todos os pontos de captação (hidrômetro) da Bacia do Rio Arrojado, em Correntina, região Oeste da Bahia. (mais…)

Ler Mais

Nota Pública: Comitê manifesta preocupação sobre abusos policiais contra a população de Correntina (BA) e exige providências do Estado

O Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos (CBDDH), vem a público manifestar extrema preocupação com o atual cenário em Correntina/BA, em especial com a condução das investigações referentes às manifestações ocorridas neste mês, onde a população local questiona o poder público sobre a utilização indiscriminada da água do Rio Arrojado por empresas privadas ligadas ao agronegócio. (mais…)

Ler Mais

Em carta, movimentos sociais questionam utilização da “água como mercadoria que promove carência, doença e morte”

Por Guilherme Cavalli, da assessoria de comunicação – Cimi 

“O povo sabe que precisa de um modo de convivência que promova o Bem Viver e aponte para a Terra Sem Males. Este processo será construído democraticamente desde as comunidades autogestionárias até o nível nacional e além”. (mais…)

Ler Mais

Carta Política: A morte do Velho Chico ameaça a Convivência com o Semiárido

A Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) soma-se às muitas vozes das lideranças, comunidades ribeirinhas, povos tradicionais, movimentos sociais, comitês de bacias, pastorais sociais e especialistas para denunciar a morte do Rio São Francisco e exigir do Estado brasileiro ações imediatas para reverter tal quadro de penúria, abandono, exploração, descaso e privatização de suas águas. (mais…)

Ler Mais

“O governo não é complacente com o agronegócio. O agronegócio está no governo. O agronegócio é o governo.” Entrevista especial com Leonardo Melgarejo

Por Vitor Necchi, no IHU

O Diário Oficial da União publicou no dia 6 de novembro a liberação do Benzoato de Emamectina. A decisão causou estranhamento e protesto, porque este veneno, conforme Leonardo Melgarejo, não tem similares. “É o pior que pode ser oferecido”, resume. “A prioridade à morte das lagartas, a despeito das ameaças à saúde da população, é por demais desrespeitosa para ser aceita.” O especialista sustenta que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa deve ser explicada para a sociedade. (mais…)

Ler Mais

III Encontro Internacional de Revitalização de Rios e o I Encontro das Bacias Hidrográficas de Minas Gerais serão realizados em BH

Em  CBH Velhas

Entre os dias 28 e 30 de novembro, Belo Horizonte será sede do III Encontro Internacional de Revitalização de Rios e do I Encontro das Bacias Hidrográficas de Minas Gerais. Os eventos, que serão realizados simultaneamente no Minascentro, objetivam apresentar as melhores experiências sobre a preservação e revitalização de rios no mundo, dentro da concepção sistêmica de bacia hidrográfica. (mais…)

Ler Mais