Día Internacional de la Lucha Campesina 2017 – ¡Llamado a movilización global!

Día Internacional de las Luchas Campesinas 2017: ¡Derechos de los Campesinos, Derechos Humanos!¡Avancemos hacia una Declaración de las Naciones Unidas sobre los derechos de los campesinos y otras personas que trabajan en zonas rurales!

La Vía Campesina

El movimiento campesino internacional La Vía Campesina llama a todos sus miembros y aliados a movilizarse el 17 de abril, Día Internacional de las Luchas Campesinas. Este año, queremos que el mundo sepa que los campesinos y otras personas que trabajan en las zonas rurales han estado trabajando muy duro por sus derechos. La iniciativa de los derechos de los campesinos, iniciada hace 17 años por La Vía Campesina, es ahora un proceso avanzado dentro de las Naciones Unidas hacia una Declaración de los Derechos de los Campesinos y otras personas que trabajan en las zonas rurales. Esta declaración, si se aprueba, creará un instrumento jurídico internacional para proteger los derechos y llamar la atención sobre las amenazas y la discriminación que sufren los campesinos y otras personas que trabajan en las zonas rurales. (mais…)

Ler Mais

Famílias no Distrito Federal sofrem violento despejo

Terra já foi declarada para uso pela reforma agrária pela Terracap. Policia Militar fez uso de balas de borracha e deteve três militantes

Da Página do MST 

Na tarde desta terça-feira (21), cerca de 60 famílias do Acampamento Zumbi dos Palmares, localizado no Gama-DF, sofreram duplo violento despejo. A Polícia Militar do Distrito Federal fez uso de balas de borracha e deteve quatro integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). (mais…)

Ler Mais

Acampamento do MST é invadido e tem irrigação destruída pela polícia

Em resistência a ação, as famílias fizeram barricadas com galhos de arvores para impedir a passagem das máquinas, o que conteve a destruição total das irrigações

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia

Na manhã dessa terça-feira (21), a Polícia Militar e Federal, acompanhadas por seguranças encapuzados, até então não identificados, invadiram o Acampamento Irani de Souza, localizado as margens do Projeto de Perímetro Irrigado Nilo Coelho, em Casa Nova, no norte baiano, e destruíram parte da irrigação das mais de 500 famílias que residem no acampamento. (mais…)

Ler Mais

MST se solidariza com família de agricultor assassinado no Pará

O MST cobra que as investigações esclareçam o caso e alega que o clima de “recorrente impunidade” com casos de assassinatos de trabalhadores no Pará é um impulsionador de violências deste tipo

Da Página do MST

O MST no estado do Pará emitiu na tarde desta segunda-feira (20) uma nota para se solidarizar com a família do militante Waldomiro Costa Pereira, que foi assassinado esta madrugada no Hospiotal Geral de Parauapebas, no interior do estado. (mais…)

Ler Mais

Homens armados invadem hospital e executam líder do MST Waldomiro Costa Pereira no Pará

Vítima estava internada na UTI de hospital após sofrer ataque há dois dias. Polícia Civil de Parauapebas abriu inquérito para investigar o caso.

Do G1 PA

Um grupo de homens armados invadiu nesta segunda-feira (20) o Hospital Geral de Parauapebas, no sudeste do Pará, e executou a tiros Waldomiro Costa Pereira, assessor do gabinete da Prefeitura do município e um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) na região. (mais…)

Ler Mais

MST celebra arroz orgânico como exemplo de projeto popular para a agricultura brasileira

Por Marco Weissheimer, no Sul 21

“Essa atividade é um símbolo da resistência do povo brasileiro. Vocês que vêm se dedicando, nestes 15 anos, a produzir arroz orgânico são motivo de orgulho do nosso movimento e representam a prova de que é possível outra agricultura, sem usar veneno e transgênicos”. Com essas palavras, João Pedro Stédile, da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), saudou a abertura oficial da 14ª Colheita do Arroz Agroecológico, sexta-feira (17), no Assentamento Capela, em Nova Santa Rita. Além do valor em si de produzir alimento de qualidade, sem agrotóxicos, Stédile destacou ainda um sentido mais amplo da cerimônia de abertura da colheita do arroz orgânico: “Isso aqui representa um grande projeto popular para a agricultura brasileira, baseado na agroecologia, no cooperativismo e no controle da agroindústria pelos trabalhadores. Vocês são uma espécie de vanguarda apontando qual o caminho a ser seguido”. (mais…)

Ler Mais

MST promove 14ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz Agroecológico no RS

Movimento Sem Terra estima colher mais de 27 mil toneladas do alimento na safra 2016-2017

Por Catiana de Medeiros, da Página do MST 

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Rio Grande do Sul realiza, na próxima sexta-feira (17), a 14ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz Agroecológico. O evento será realizado na sede comunitária da Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita, localizada no Assentamento Capela, no município de Nova Santa Rita, a 40 quilômetros de Porto Alegre. (mais…)

Ler Mais

Cinco trabalhadores rurais estão presos em Baianópolis-BA em razão de conflito fundiário

Cinco trabalhadores rurais da comunidade de Porteira de Santa Cruz, zona rural do município de Serra Dourada-BA, que reivindicam a regularização de seu Território de Fecho de Pasto, conhecido na região como Larga, usado também por outras comunidades de Santana, Tabocas do Brejo Velho e Baianópolis, foram presos terça-feira (07/03) pela Polícia Militar da Bahia. E ontem (13/03) tiveram sua prisão preventiva decretada pelo Juiz Lázaro de Souza Sobrinho, titular da comarca de Baianópolis-BA. Os agricultores Sérgio Pereira de Jesus, Antônio de Jesus, José Pereira de Jesus, João José da Silva e Geneildo dos Santos Silva foram apontados de modo irresponsável por prepostos de grileiros de terras como “líderes” de uma ação que resultou no desarmamento de pistoleiros que faziam a “segurança” de indivíduos que iniciavam a perfuração de um poço tubular em área de conflito fundiário. (mais…)

Ler Mais

Mulheres Sem Terra seguem mobilizadas na Bahia

“Precisamos aglutinar forças enquanto classe e avançar na luta”, afirma dirigente nacional do MST

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia

“Vivemos um momento de mudanças e de grandes retrocessos nos direitos de cada trabalhadora e trabalhador. Por isso, precisamos aglutinar forças enquanto classe e avançar na luta”, afirmou João Paulo Rodrigues, da Direção Nacional do MST, nessa segunda-feira (13), durante a ocupação no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), realizada pelas Mulheres Sem Terra desde o dia 06. (mais…)

Ler Mais