Famílias ocupam terra devoluta em Rio Pardo de Minas

Na CPT

Neste sábado dia 18/02, trinta famílias no município de Rio Pardo de Minas ocuparam a fazenda Santa Bárbara que vem sendo degradada pela empresa monocultora Replasa que se diz proprietária, no entanto, pertence ao Estado. A grilagem de terras no Norte de Minas acontece desde a década de 30 e vem se concretizando através de centenas de fraudes e da expulsão das famílias camponesas que dependem e produzem na terra. (mais…)

Ler Mais

Território quilombola Palmas, em Bagé (RS), tem área reconhecida pelo Incra

Incra/RS

A comunidade quilombola Palmas, em Bagé (RS), teve seu território definitivamente reconhecido pelo Incra, nesta sexta-feira (17) através de Portaria publicada no Diário Oficial da União. São 837,984 hectares compostos pelas áreas: Rincão da Pedreira e Rincão dos Alves (751,57 ha); Campo do Sr. Ourique (41, 929 ha); e Rincão do Inferno (44,485 ha). Com o reconhecimento, o processo de regularização do território – que culmina com a titulação em nome da comunidade – avança, aguardando agora a decretação de áreas a serem desapropriadas. (mais…)

Ler Mais

Sem Terra ocupa Incra em Recife e no sertão do estado

Entre as principais reivindicações estão as desapropriações de terras no estado, além de denunciar o Ministério Público por arbitrariedades com os presos políticos da Reforma Agrária, encarcerados há sete anos

Por Phillyp Mikell
Da Página do MST

Na madrugada desta segunda – feira (20), o trabalhadores rurais sem terra ocupam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em Pernambuco e em Petrolina no sertão do estado. (mais…)

Ler Mais

Acampamento do MST em Pernambuco é incendiado por capangas

Famílias acampadas sofrem ataque na Zona da Mata Pernambucana

Por Vinícius Sobreira, Brasil de Fato

O Acampamento Riacho de Pedra no município de Gameleira, Zona da Mata sul de Pernambuco, foi atacado noite do domingo (12). Camponeses relatam em torno das 22h dois carros se aproximaram do acampamento e dispararam armas de fogo contra os acampados, que fugiram. Em seguida os atiradores atearam fogo em todos os barracos e pertences dos acampados. Os agricultores aguardavam posicionamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que prometera se posicionar em março. (mais…)

Ler Mais

A Rainha da Selva: Soja destrói a Amazônia e “chantageia o país”

Parte 7: Agronegócio representa metade das exportações brasileiras, o que garante poder político ao setor.

Mauricio Torres e Sue Branford – The Intercept Brasil

Em apenas 40 anos, o norte do estado de Mato Grosso sofreu uma transformação profunda: o avanço do agronegócio substituiu o cerrado e a floresta amazônica por extensas monoculturas agrícolas, protagonizadas pela soja. (mais…)

Ler Mais

Após alfabetizar 10 mil pessoas, “Sim, eu posso!” será ampliado para outros municípios

A meta é que mais 19 mil novas pessoas possam ser assistidas pelo programa no Maranhão

Por Reynaldo Costa – Da Página do MST

Depois de resultados importantes na redução dos índices de analfabetismo em municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humanos (IDH) do Maranhão, o Programa de Alfabetização “Sim, eu posso!” terá continuidade e será ampliado para mais regiões. (mais…)

Ler Mais

WhatsApp dinamiza venda de orgânicos de produtoras rurais de Goiás

Iniciativa de venda de produtos orgânicos em Barro Alto (GO) por meio do aplicativo móvel beneficia produtores e consumidores

MDA / CPT

Oito mulheres e uma ideia na cabeça têm mudado a vida dos produtores rurais do assentamento Lagoa Seca, no município de Barro Alto, em Goiás. Mas não só dos agricultores. Dos consumidores também. Há dois anos, o grupo de mulheres tem apostado no uso do WhatsApp para vender produtos orgânicos. Além de ofertar itens de qualidade, sem adubos químicos e livre de venenos, com a ajuda da tecnologia as agricultoras conseguem entregar tudo fresquinho, na porta de casa. (mais…)

Ler Mais

No Maranhão, posseiros têm suas terras ameaçadas por latifundiários

Projeto Matopiba acelera pressão sobre as terras dos pequenos agricultores na região

Mayron Regis – Brasil de Fato

São inúmeros os relatos dos moradores de diversas comunidades da região do Matopiba, sigla que congrega os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que denunciam a sanha do agronegócio sobre suas terras, por apostarem algumas de suas fichas no Plano de Desenvolvimento Agropecuário (PDA-Matopiba), criado em 2015 pela então Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Kátia Abreu, para desenvolver a monocultura na região. (mais…)

Ler Mais

No RJ, Sem Terra são ameaçados por donos de empresa investigada na Lava Jato

As famílias acampadas afirmam que César Farid e Lina Miranda não possuem a documentação da propriedade da fazenda.

Por Mariana Pitasse, do Brasil de Fato, na Página do MST

As mais de 180 famílias que formam a Ocupação Fidel Castro, em Silva Jardim, interior do Rio de Janeiro, tiveram que realocar suas barracas para fugir de um violento despejo. (mais…)

Ler Mais

Camponeses de Canaã dos Carajás ocupam sede do Incra em Marabá

Agricultores acusam a mineradora Vale de comprar terras públicas destinadas a assentamentos rurais

Por Lilian Campelo, no Brasil de Fato

Nesta segunda-feira (6), cerca de 400 famílias camponesas acampadas em Canaã do Carajás, município localizado no sudeste do Pará, ocuparam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na cidade de Marabá para reivindicar uma posição do órgão sobre as terras públicas que foram adquiridas pela empresa Vale S/A na região.   (mais…)

Ler Mais