Manifesto de Juristas em Defesa da Universidade Pública e da Constituição

“Não surpreende que ganhe centralidade nas diretrizes que orientam as iniciativas do governo ultraneoliberal implantado no País, a partir de 1º de janeiro deste ano, as investidas prepotentes contra a cultura e a educação. Em toda ação política autoritária logo se instala o horror à crítica e à reflexão, exatamente na afronta ao campo cultural e à educação. Foi assim na Alemanha nazista, valendo lembrar a expressão bisonha de Goebbels sobre seu desejo de “empunhar a pistola toda vez que ouvia a palavra cultura”, nessa mesma Alemanha onde ocorreu, em 1933, a queima de livros de Filosofia, de Sociologia e de Literatura.

(mais…)

Ler Mais

Ministro da Educação diz que cortará verba de universidade por ‘balbúrdia’ e enquadra UnB, UFF e UFBA

Sem detalhar critérios, o ministro Weintraub disse ao ‘Estado’ que a medida considera o desempenho acadêmico aquém do esperado ou promoção de ‘bagunça, evento ridículo’; governo definiu contingenciamento de R$ 5,8 bilhões para Educação

Por Renata Agostini, em O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – O Ministério da Educação (MEC) vai cortar recursos de universidades que não apresentarem desempenho acadêmico esperado e, ao mesmo tempo, estiverem promovendo “balbúrdia” em seus câmpus, afirmou o ministro Abraham Weintraub ao Estado. Três universidades já foram enquadradas nesses critérios e tiveram repasses reduzidos: a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), disse. Segundo ele, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em Minas Gerais, está sob avaliação.

(mais…)

Ler Mais

Em prática fascista, Bolsonaro exibe vídeo gravado por estudante em sala de aula

No Brasil 247

Na manhã deste domingo (28), Jair Bolsonaro publicou no Twitter vídeo em que aluna de cursinho filma professora criticando o astrólogo Olavo de Carvalho em sala de aula. “Professor tem que ensinar e não doutrinar”, escreveu Bolsonaro. O jornalista Luis Nassif rebateu dizendo que esse tipo de exposição é prática do fascismo: “presidente tem que ensinar que dedo-duro em sala de aula é fascismo”, escreveu.

(mais…)

Ler Mais

A entrevista de Lula a El País e à Folha de S. Paulo

Nota de Combate: depois de meses de idas e voltas, marcados ontem inclusive pela tentativa feita pela Polícia Federal de introduzir outros jornalistas na entrevista, este é sem dúvida um dos principais (senão o principal) assuntos do dia. Abrimos espaço aqui para as matérias de abertura dos dois jornais, assim como os primeiros minutos de vídeo liberados. Com eles, vão também os links para a leitura das reportagens completas, assinadas por Florestan Fernandes Junior e Carla Jiménez, no El País, e por Mônica Bergamo, para a Folha. (TP)

***

(mais…)

Ler Mais

Sociedade civil, MPF e oposição reagem a portaria que unifica TV Brasil e TV NBR

Editada pela EBC no último dia 9, nova medida estaria em desacordo com a legislação

Por Cristiane Sampaio, no Brasil de Fato

A saga em torno do futuro da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) vem ganhando novos desdobramentos em Brasília. Desde a última terça-feira (16) tramita, na Câmara dos Deputados, um projeto pedindo a suspensão da Portaria nº 216/2019, que estabeleceu a unificação da programação da TV Brasil, canal ligado à EBC, com a da TV NBR, de atuação estatal. A transação fez com que as duas emissoras passassem a operar por meio de um único canal.

(mais…)

Ler Mais

A imprensa não pode ser asilo para discursos de ódio e destruição da democracia. Por Eugênio Aragão

No Diario do Centro do Mundo

Um país desmoralizado no cenário mundial, confuso, paralisado. Este é o quadro político que se instalou no Brasil depois do golpe parlamentar de 2016, que destituiu a presidenta legitimamente eleita. Uma Nação desnorteada por lideranças que não se preocupam em liderar, mas em instalar um verdadeiro vale tudo.

Muitos insistem em querer se impor no grito. E, na gritaria geral, parece ganhar quem grita mais alto. Danem-se os bons modos e a missão de informar dos meios de comunicação. Ninguém se preocupa mais em convencer ninguém. Os que gritam querem intimidar pelo medo ou pelo susto, querem calar quem deles discorda.

(mais…)

Ler Mais

Agência Brasil agora veicula anúncio disfarçado de financeira de bolsas de estudo?

Tania Pacheco

A Agência Brasil publicou ontem matéria teoricamente relativa ao ‘Dia do Índio’, com o título “Ingresso de indígenas em faculdades é nove vezes maior do que em 2010”.

O texto começa falando de uma indígena do povo Tuxá, que desejava fazer um curso superior, assim como seus primos, mas eram impedidos pela “falta de recursos”. Finalmente, aos 35 anos, ela consegue realizar seu sonho: estudar engenharia civil “com uma bolsa de 50% na Faculdade Zacarias de Goés, em Valença (BA)”.

(mais…)

Ler Mais

Liberdades de expressão. Por Janio de Freitas

Postagens de investigados pelo STF são pregações contra o Estado de Direito

Na Folha

Irrestrita? E essa ausência de limitação é que caracteriza a democracia plena? Ou tem limites? Quais? E qualquer deles é suficiente para comprometer as liberdades democráticas, logo, negar o Estado de Direito?

O tema da liberdade de expressão tem antiguidade grega e nem por isso se aproximou, alguma vez, do consenso. É agora a questão essencial na divergência aguda suscitada pela investigação, toda por conta do Supremo Tribunal Federal, das postagens de internet que o atacam e aos seus ministros. Esse centro da questão, porém, está invadido em parte por outro tema, que mais complica a confrontação problemática, apesar de pouco polêmico.

(mais…)

Ler Mais

Moro autoriza uso da Força Nacional às vésperas do Abril Indígena

Portaria assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autoriza o emprego da Força Nacional de Segurança Pública para conter manifestações na Praça dos Três Poderes e na Esplanada dos Ministérios, como garantia de preservação da integridade física das pessoas, do patrimônio público e dos prédios da União. O prazo para validade da medida é de 33 dias a contar desta quarta-feira (17).

Por Christiane Peres, no Vermelho

Na portaria, publicada no Diário Oficial da União, Moro registra que o pedido partiu do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, comandado pelo general Augusto Heleno, que dará apoio logístico à operação. Segundo Heleno, a medida é para “desencorajar violência em atos”.

(mais…)

Ler Mais

Todos os dias, assassinando a verdade

por Elaine Tavares, em Palavras Insurgentes

Sempre foi difícil para as pessoas saber onde se esconde a verdade. Durante muito tempo ela aparecia como revelada por deus. Desde um livro, escrito por sacerdotes de uma igreja, deus falava e estava dito. Poucos eram os que questionavam. E assim, os homens do poder, usando deus como escudo, iam definindo a verdade em seu benefício. Depois, com o teatro mambembe, as companhias de atores que circulavam pelos caminhos apresentavam novas versões dos fatos e a verdade assomava, ainda que em pequenas golfadas, nem sempre assimiladas. Mais tarde veio o jornalismo, como um fazer específico de divulgação de notícias que, por origem, deveria estar comprometido com a verdade dos fatos.  Mas, não tem sido assim. O jornalismo é profissão exercida por pessoas que trabalham para grandes companhias e a estas empresas não interessa a verdade. O que vale é que seja veiculada a versão mais lucrativa para os empresários ou a mentira que sustenta o mundo capitalista, no qual para que um viva outro tenha de morrer. Por isso, tanto o jornal, quanto o rádio, a televisão e a internet não são veículos confiáveis. Porque são controlados por empresas comprometidas com o capital e não com as gentes.

(mais…)

Ler Mais