Adversários se aproximam em campo anti-Bolsonaro

Protestos nas ruas e divulgação de manifestos no fim de semana mostram incipiente sintonia entre diferentes grupos em oposição ao governo e em defesa da democracia.

por Bruno Lupion, em Deutsche Welle / IHU On-Line

Há alguns meses, um roteiro dominical vinha se repetindo no Brasil: pequenas manifestações de apoio a Jair Bolsonaro saíam às ruas, em meio à pandemia, vociferando contra o Supremo e o Congresso e pedindo intervenção militar, com a participação eventual do próprio presidente. No último fim de semana, algo diferente ocorreu: atos contra Bolsonaro eclodiram nas ruas de algumas cidades, e manifestos reunindo sob o mesmo objetivo pessoas de linhas políticas variadas ganharam milhares de assinaturas.

(mais…)

Ler Mais

A Frente Ampla contra o Brasil

É justo somar forças para afastar Bolsonaro e seu governo de devastação. Mas para isso, será preciso desfazer uma aliança que já existe. Ela une o extremismo do capitão, o fundamentalismo religioso e o ultracapitalismo do poder econômico

por Edemilson Paraná*, em Outras Palavras

O desenvolvimento da longa crise política brasileira, que remete a 2013, se instaura em 2014 e se intensifica a partir de 2016, entrou, não é difícil perceber, em uma nova fase. O conjunto inominável, em atos e palavras, de ações criminosas, vindas particularmente da Presidência da República, não bastasse todos os absurdos pregressos de uma realidade cuja estrutura não só tem, como ultrapassa, aquela da ficção, nos põe, agora, diante do horror. A enorme perplexidade que enseja, dentro e fora do país, é compreensível: atualmente, nos encontramos, a maioria da população, dentro das fronteiras de um dos piores países do mundo para se viver e estar em meio ao combo diabólico de crise sanitária e econômica que tomou conta do planeta.

(mais…)

Ler Mais

Na ausência dos movimentos tradicionais, torcidas de futebol e coletivos antifascistas tomam as ruas contra o governo Bolsonaro

“A novidade desse domingo não estava em Brasília, mas nas ruas de várias capitais brasileiras. Na ausência dos movimentos tradicionais, torcidas de futebol e coletivos antifascistas tomaram as ruas contra governo Bolsonaro. Mas há um risco”, escreve Cesar Sanson, professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

IHU On-Line

Nem Frente Brasil Popular, nem Frente Povo Sem Medo, tampouco a Central Única dos Trabalhadores – CUT e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST. A primeira reação ao governo Bolsonaro nas ruas depois de muito tempo veio de quem menos se esperava, de grupos organizados de torcidas de futebol, dos coletivos intitulados ‘torcida antifascista’ que se organizam internamente nas torcidas dos maiores times do futebol brasileiro. 

(mais…)

Ler Mais

Helenice Rocha: “E daí?”

Em sua página

Exatamente há 100 anos, Freud publicou aquele que talvez seria o texto mais denso e mais controverso de toda sua produção teórica.

Com o título “além do princípio do prazer” o pai da psicanálise deu nome e consistência a uma força que diferentemente de Eros, ou pulsão de vida, visava o retorno ao inorgânico, ao zero, ao nirvana. A essa força ele chamou “pulsão de morte”.

(mais…)

Ler Mais

Panelaço mostra resistência e força de luta em mais de 300 cidades brasileiras

Diante do Coronavírus a solidariedade entre o povo brasileiro volta a ganhar força para derrotar o (des)governo de Jair Bolsonaro

Por Solange Engelmann e Wesley Lima, na Página do MST

Na noite desta quarta-feira (18), os moradores de mais de 300 cidades se mobilizaram contra o governo Bolsonaro no #Panelaço18M. As ações acontecem em meio a pandemia do coronavírus (COVID-19) no mundo, que tem atingido o Brasil nos últimos dias com um número crescente de pessoas infectadas e o registro de quatro mortes até o momento.

(mais…)

Ler Mais

De Olho na História (II) — Elizabeth Teixeira, 95 anos, uma camponesa marcada pela resistência

Protagonista do documentário “Cabra Marcado para Morrer” foi líder nos anos 50, ao lado do marido João Pedro, das Ligas Camponesas; após o assassinato do marido por latifundiários, com onze filhos, não se curvou a ameaças, na luta pelo trabalho digno e pela reforma agrária

Por Maria Lígia Pagenotto, em De Olho nos Ruralistas

No ano do golpe militar, 1964, foi procurada pelo cineasta Eduardo Coutinho (1933-2014) para que sua vida e a do companheiro fossem registradas em um documentário. Com a chegada da ditadura, as filmagens foram interrompidas, sendo retomadas em 1981. O filme que conta a trajetória do casal, e no qual ela é protagonista, “Cabra Marcado para Morrer”, foi lançado em 1984, com muita repercussão — em 2015 foi reconhecido como um dos melhores documentários brasileiros por críticos de cinema. Para muitos, o melhor.

(mais…)

Ler Mais

Maria Alyokhina: “Não temos armas. Temos corações, somos honestos e queremos continuar resistindo”

Integrante do coletivo punk Pussy Riot falou com a Pública sobre seu novo livro, religião e política, as semelhanças entre os governos de Putin e Bolsonaro e sobre resistência

Por Andrea DiP, em Agência Pública

“A gente subiu rápido as escadas, deixou as mochilas perto dos portões reais que separam o altar. Eles simbolizam os portões do Paraíso. Uma mulher só pode estar no trajeto de tapete verde, a chamada solea, se estiver ali para limpá-la. Ou se for uma noiva no dia do casamento. Na Rússia, não existem sacerdotes mulheres. Na Rússia, existe o Pussy Riot”.

(mais…)

Ler Mais

ENFF: 15 anos plantando o sonho de justiça social, trabalho, mística e valores humanistas para a classe trabalhadora

Inaugurada em 23 de janeiro de 2005, a ENFF foi construída pela classe trabalhadora para possibilitar a formação política de organizações populares de todo o mundo

Por Iris Pacheco, em MST

Uma escola em construção, este é o lema da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), construída há 15 anos pelo MST. Uma escola de terra e gente, uma espécie de casa comum da classe trabalhadora para cultivar conhecimentos, valores, ideias e sementes, que germinarão no campo e na cidade, assim os frutos hão de matar a fome de justiça social dos povos do mundo.

(mais…)

Ler Mais

Formandos da USP fazem intervenção contra ministra da Agricultura Tereza Cristina

Tereza Cristina foi escolhida pela direção da ESALQ para ser paraninfa das turmas de formandos de 2019

por Mariana Lemos, em Brasil de Fato

Na manhã desta terça-feira (14), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, esteve no campus da Universidade de São Paulo (USP), em Piracicaba (SP), onde funciona a Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (ESALQ), voltada aos cursos de ciências agrárias, sociais aplicadas e ambientais. 

(mais…)

Ler Mais