Mensagem da CNBB aos trabalhadores(as) do Brasil: “Encorajamos a organização democrática e mobilizações pacíficas”

AOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DO BRASIL, MENSAGEM DA CNBB

“Meu Pai trabalha sempre, portanto também eu trabalho” (Jo 5,17)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, reunida, no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida – SP, em sua 55ª Assembleia Geral Ordinária, se une aos trabalhadores e às trabalhadoras, da cidade e do campo, por ocasião do dia 1º de maio. Brota do nosso coração de pastores um grito de solidariedade em defesa de seus direitos, particularmente dos 13 milhões de desempregados. (mais…)

Ler Mais

‘Barreiras Humanitárias’ à importação de commodities agrícolas brasileiras pela União Europeia: necessárias e urgentes

Por Cleber César Buzatto*, Secretário Executivo do Cimi | De Bruxelas, Bélgica

As organizações participantes do “Seminário da Sociedade Civil União Europeia-Brasil em Direitos Humanos”, ocorrido neste dia 26 de abril, em Bruxelas, Bélgica, aprovaram recomendação por meio da qual defendem a adoção de ‘Barreiras Humanitárias’ à importação de commodities agrícolas do Brasil por parte da União Europeia. A proposta, por nós apresentada, foi acolhida e consta nas conclusões do Seminário levadas ao corpo diplomático Europeu e Brasileiro, reunidos neste dia 27 de abril, no Diálogo Oficial bilateral União Europeia-Brasil sobre Direitos Humanos. (mais…)

Ler Mais

Conflitos no campo brasileiro são denunciados na Universidade Nacional de San Martín, no Peru

O Fórum Social Pan Amazônico (FSPA), que tem abertura oficial hoje, é realizado no Campus da Universidade Nacional de San Martín, em Tarapoto, no Peru. E foi neste espaço, em meio aos estudantes, que os conflitos no campo brasileiro foram denunciados, seja através de músicas, palavras de ordem, ou relatos

Por Assessoria de Comunicação da CPT (mais…)

Ler Mais

Movimentos tradicionais, autonomistas e um novo ciclo de lutas no Brasil. Entrevista especial com Alana Moraes

Patricia Fachin – IHU On-Line

A crise petista transformou a esquerda em um “lugar de muita melancolia”, que produz uma “fixação” por “Bolsonaros”, ao invés de criar “afetos mais potentes para continuar caminhando, pensando novas possibilidades, criando brechas”, avalia a socióloga Alana Moraes na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU On-Line. Segundo ela, as tentativas de resposta à crise vêm “clamando por fórmulas que simplificam a questão”, seja no discurso que defende a “unidade das esquerdas”, no grito “Fora Temer” ou no discurso do “pacto pela estabilidade democrática”. (mais…)

Ler Mais