Nesta sexta (23), Justiça Global homenageia defensoras de direitos humanos de todo o país

por Justiça Global

Esta é a quarta vez que a Justiça Global entrega a Homenagem Maria do Espírito Santo Silva, nome escolhido para lembrar a defensora de direitos humanos que morreu por lutar pelo direito à terra no estado do Pará. 

Nesse momento de tanta dor e luto com o assassinato da nossa companheira defensora Marielle Franco, esta cerimônia ganha ainda mais sentido, ressaltando a necessidade de valorizar as defensoras de direitos humanos de todo o país que se colocam na linha de frente. Mulheres negras, LGBTs, faveladas, feministas, que lutam por terra e por tantos outros direitos.

Para a Justiça Global, é uma honra poder homenagear tantas delas em nome de tantas outras, como Maria do Espírito Santo e Marielle, cujas vidas foram interrompidas por buscarem um mundo mais igualitário.

CONFIRME PRESENÇA»

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.