ABJD protocola reclamação junto ao CNPM: “corregedor se acovarda diante da gravidade das mensagens envolvendo membros do Ministério Público”

A ABJD – Associação Brasileira de Juristas pela Democracia protocolou nesta segunda-feira (29/07) uma reclamação disciplinar no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) para que o órgão cumpra sua responsabilidade institucional, pare de arquivar sumariamente as solicitações e instaure procedimento administrativo para apurar as condutas dos procuradores Deltan Dallagnol e demais integrantes do Ministério Público Federal envolvidos na #Vazajato.

“O corregedor (Orlando Rochadel) tomou uma decisão antidemocrática e parcial. Ele desvirtua a própria razão de existência do CNMP ao não submeter aos seus pares as representações protocoladas pela ABJD. Dessa forma, o corregedor se acovarda diante da gravidade das mensagens envolvendo membros do Ministério Público”, reforça a Associação de Juristas.

Leia a íntegra da representação da ABJD ao CNMP.

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

19 + 20 =