Polícia Federal deflagra operação para reprimir crimes ambientais e tentativa de homicídio contra servidores do IBAMA em Placas/PA

Santarém/PA – A Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público Federal, Força Nacional, Exército Brasileiro e da Polícia Rodoviária Federal, deflagrou nesta terça-feira (10/09), em Placas/PA, a Operação “Flamma”, para cumprimento de sete mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva, todos expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Santarém/PA.

A ação, realizada no âmbito da Operação VerdeBrasil, visa a repressão de delitos distintos, porém relacionados, como a tentativa de homicídio contra fiscais do IBAMA e crimes ambientais em assentamentos federais.

Dois dos mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva foram expedidos no âmbito de Inquérito Policial no qual é apurada tentativa de homicídio qualificado contra servidores públicos, ocorrida em 15/07/2019, ocasião em que pessoas ligadas ao setor madeireiro impediram, de forma violenta, fiscais do IBAMA de prosseguirem com seu trabalho de repressão a ilícitos ambientais, queimaram pontes de acesso à cidade de Placas/PA, deixando a cidade isolada, e ainda tentaram queimar uma viatura de tal Instituto com dois servidores.

Cinco mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva foram expedidos no âmbito de ação penal que imputa aos réus crimes de desmatamento com uso de fogo e invasão de terras da União, localizadas em assentamentos federais situados em Placas/PA. Está sendo cumprido, ainda, um mandado de prisão preventiva expedido no âmbito de ação penal que imputa ao réu crime de receptação de madeira procedente da Terra Indígena Cachoeira Seca.  

O nome da Operação “Flamma” faz referência ao método utilizado tanto nos desmatamentos detectados quanto na tentativa de homicídio contra os servidores do IBAMA, visto que “Flamma” significa “chama” em latim; sendo que no primeiro caso houve o efetivo uso de fogo e no segundo caso a intenção seria também queimar os servidores e a viatura oficial.

Comunicação Social da Polícia Federal

Queima de pastagem em área desmatada na Amazônia. Foto: Rodrigo Baleia/ Greenpeace

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

16 + quinze =